Mais uma apreensão pelas Forças Armadas no Pará

Tem sido constante, durante a operação Verde Brasil 2, o êxito em apreender e coibir crimes ambientais. Constante, também tem sido o fato de a grande imprensa não noticiar estes êxitos. Segue o relato do Ministério da Defesa:

Santarem-PA, 28/12/2020 – Os militares da Capitania Fluvial de Santarém (CFS) abordaram, no fim da tarde dessa segunda-feira (28), outro comboio que transportava toras de madeira extraídas da região. Uma equipe de Inspeção Naval da CFS desconfiou de uma embarcação que estava abarrancada na comunidade de São José, no Rio Arapiuns, em Santarém-PA, e constatou o excesso de carga.

A ação foi coordenada pelo Comando Conjunto Norte (CMN), dentro da Operação Verde Brasil 2, que visa prevenir e combater crimes ambientais na Amazônia legal e conta com a colaboração de 11 órgãos governamentais.

O comboio abordado, composto por duas balsas com toras de madeira, foi apreendido por infrigir à Lei n 9.537/1997, que dispõe sobre a segurança do tráfego aquaviário, entre elas, excesso de carga e falta de tripulantes.

O caso foi informado aos órgãos ambientais e à Polícia Federal que devem proceder a verificação quanto à regularidade da carga de madeira das embarcações e do seu transporte.

Na última sexta-feira (25), as Forças Armadas haviam realizado apreensões de embarcações transportando madeiras e ocuparam uma madeireira, respectivamente, em Santarém e Itaituba, em plena noite de Natal.

Na quinta-feira passada (24), os militares apreenderam uma carga de 40 toneladas, equivalente a 2 milhões de maços de cigarros, na maior apreensão do gênero já efetuada em Sergipe e uma das maiores realizadas no Brasil.

Com informações do Comando Conjunto Norte

Leonardo Dias
Sobre Leonardo Dias 4 Artigos
Empresário, Jornalista, Engenheiro, Especialista em Telecomunicações e Redes de Dados.