Forum Base Militar Web Magazine

Bem-vindo: Sex Nov 15, 2019 4:08 pm

Todos os horários são




Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Próximo
Autor Mensagem
 Título: Re: Protótipo de turbina nacional
MensagemEnviado: Qua Abr 17, 2013 4:03 pm 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Ter Dez 08, 2009 6:00 pm
Mensagens: 964
carvalho2008 escreveu:
Então em uma fragata, quando acaba o GAS ela opera a turbina somente com o Diesel, reduzindo o tempo de vida da turbina...? somente reabastece o GAS na base ou porto?

É isto?


Nos navios normalmente não se usa gás natural (necessita de um vaso de pressão de grande volume e nem sempre existe gás natural nos portos mundo afora), somente diesel ou outro combustível líquido...Mas eu nunca entrei em uma fragata ou corveta.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Protótipo de turbina nacional
MensagemEnviado: Qua Abr 17, 2013 7:22 pm 
Offline
Avançado
Avançado
 Perfil

Registrado em: Qui Jun 07, 2007 11:45 am
Mensagens: 776
Localização: Rio de janeiro
Prezados,

A turbina a gás é assim chamada porque os gases pós combustão do combustível fazem girar as palhetas da turbina.

Uma turbina é composta basicamente de 3 partes:
- o compressor (parte fria) que fica na frente e sua função é comprimir o ar para dentro das câmaras de combustão;
- as câmaras de combustão onde o ar em altíssima pressão mistura-se com o combustível atomizado realizando a queima. A queima produz um volume muito maior de gases quentes, os quais são direcionadas para as palhetas da turbina propriamente dita;
-a turbina (parte quente) por ação dos gases em altíssima velocidade sobre as palhetas é girada e transmite a movimentação a todo o conjunto.

O que cria o empuxo da turbina que é transmitido ao avião a jato são os gases saindo pela tubeira.

No caso de navios, veículos, geradores de energia elétrica e aviões a hélice e helicópteros, é o eixo da turbina que transmite potencia às caixas de transmissão.

Os combustíveis são hidrocarbonetos líquidos ou gasosos.

No caso de aviões o combustível é o querosene de padrão de qualidade para aviação.

No caso de navios é o diesel marítimo sem adição de fuel oil.

No caso de veículos (tanque Abraham e um russo que não me lembro o nome) é querosene e diesel na emergência.

Para geração de energia elétrica com a turbina girando um gerador, o combustível é gás natural. Pode-se usar diesel mas fica muito caro e aumenta a manutenção da turbina.

Em rápidas e simples palavras é isto aí.

Imagem

1 abraço


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Protótipo de turbina nacional
MensagemEnviado: Qui Jun 20, 2013 3:14 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Fev 18, 2010 6:44 pm
Mensagens: 958
Turbina aeronáutica nacional inicia nova fase de testes
Imagem

O projeto TAPP (Turbina Aeronáutica de Pequena Potência) é um desenvolvimento totalmente nacional de turbina a gás conduzido pelo DCTA, IAE, ITA e pela empresa TGM Turbinas Indústria e Comércio Ltda. O projeto, que conta com financiamento da FINEP e da empresa TGM Turbinas, trata-se de um motor turbojato, da classe de 5.000 N de empuxo, para emprego em veículos aéreos não tripulados com peso máximo de decolagem entre 900 Kg e 1.200 Kg.
Dando início a uma nova fase de testes no seu processo de desenvolvimento, no dia 6 de junho de 2013, a TAPP partiu a quente com QAV-1 (querosene de aviação). O acendimento do motor se deu a 2.000 rpm, estabilizando-se em seguida a 3.800 rpm, permanecendo nesta condição por quatro minutos até o corte do mesmo. As próximas etapas da campanha de testes compreendem a determinação de parâmetros de operação do motor desde o seu acendimento, estabilização da rotação em idle e posterior aceleração à condição de máximo empuxo.
COMENTÁRIO :
Citação:
O projeto, que conta com financiamento da FINEP e da empresa TGM Turbinas, trata-se de um motor turbojato, da classe de 5.000 N de empuxo, para emprego em veículos aéreos não tripulados com peso máximo de decolagem entre 900 Kg e 1.200 Kg.

Podemos tirar várias conclusões dessa citação , friso algumas .
- Aos que defendem o comprometimento da Embraer ( APÓS PRIVATIZAÇÃO ) com o desenvolvimento nacional.
Notem que há aportes de valores da TGM TURBINAS no projeto , assim como houve das empresas VALE DO RIO DOCE , PETROBRÁS no projeto da TR-3500.
Não creio que os diretores internacionais da Embraer , queiram capacitar um futuro " concorrente " nessa e em outras áreas tão estratégicas para o país.
Ai se nota a diferença entre empresa de capital majoritário nacional & capital majoritário estrangeiro .
-
Citação:
para emprego em veículos aéreos não tripulados com peso máximo de decolagem entre 900 Kg e 1.200 Kg.

Será que estão desenvolvendo uma versão de vant de classe maior que o FALCÃO ?
Pois o peso de decolagem do Falcão é de 150 kg , e duas TAPP-5000 podem suportar um objeto de 2,400 kg máximo .
- Mais um desenvolvimento tecnológico amparado com dinheiro da FINEP ( PORTANTO , DINHEIRO PÚBLICO ; DO POVO )
Só espero que dessa vez , incluam uma cláusula de segurança ; mantendo os projetos etc.. em mãos nacionais !


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Protótipo de turbina nacional
MensagemEnviado: Dom Jun 23, 2013 10:24 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Mar 20, 2011 5:35 pm
Mensagens: 1122
foxtrot escreveu:
-
Citação:
para emprego em veículos aéreos não tripulados com peso máximo de decolagem entre 900 Kg e 1.200 Kg.

Será que estão desenvolvendo uma versão de vant de classe maior que o FALCÃO ?
Pois o peso de decolagem do Falcão é de 150 kg , e duas TAPP-5000 podem suportar um objeto de 2,400 kg máximo .

Se a coisa continuar crescendo como está, em breve teremos motores substitutos para os nossos F-5! :lol:
Vale lembrar, o J85 também foi designado para um tipo de VANT à época.

_________________
“Para saber quem domina o mundo, você deve saber qual grupo não se pode criticar” - Kevin Alfred Strom
"Somente os ingênuos ou ignorantes acham que o Brasil não possui inimigos" - Batman


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Protótipo de turbina nacional
MensagemEnviado: Ter Jun 25, 2013 11:04 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Fev 18, 2010 6:44 pm
Mensagens: 958
Sério camarada Snowmeow ?
Não tinha conhecimento dessa informação , para qual vant seria ?
Qual o peso máximo de decolagem de um F-5 ?
Mas acho mais interessante , adotar a TAPP-5000 em um projeto de CAÇA BOMBARDEIO leve . ( AMX-MK2 ; PROJETO RAPINEIRO )
Na minha concepção , seria adotado melhorias no projeto AMX , tais como ( 2 TAPP-5000 MK-2 ( MAIOR CAPACIDADE ) ; 2 ESTABILIZADORES VERTICAIS ; AVIÔNICOS NO ESTADO DA ARTE ; RADAR SPC-02 ( MELHORIAS COMO SOFTWARE DE PROCESSAMENTO MAIS MODERNO ; HARDWARE MELHORADOS etc.. ).
Seria um projeto estratégico nacional , tocado por um conglomerado de empresas nacionais ; tais como ( AVIBRÁS , IACIT ; MECTRON; AEROELETRÔNICA ; AKAER ; FLIGHT TÉCNOLOGIES ; INBRA AEROSPACE ; AVIÔNIC,s BRASIL ; CONSORCIO T2 ; HTA ; AXIS TECNOLOGIAS ; TGM TURBINAS ; POLARIS ( FABRICANTE DA TR-3500 ) etc.. ).
Temos capacidade e verbas para esse projeto ; bastando apenas coragem política e Militar para tal façanha .
Deixando de lada a " TODA PODEROSA " & Menininha dos Olhos dos políticos e militares Embraer .
Basta saber ,se os mesmos querem isso né !


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Protótipo de turbina nacional
MensagemEnviado: Ter Jun 25, 2013 6:44 pm 
Offline
Intermediário
Intermediário
 Perfil

Registrado em: Sáb Abr 18, 2009 8:29 am
Mensagens: 210
Não se preocupe Foxtrot...

Caso seja desenvolvido um caça nacional ela o será pela sua querida Embraer....

E eu vou adorar isso...

Sds,
Cassio


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Protótipo de turbina nacional
MensagemEnviado: Qua Jun 26, 2013 1:25 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Mar 20, 2011 5:35 pm
Mensagens: 1122
foxtrot escreveu:
Sério camarada Snowmeow ?
Não tinha conhecimento dessa informação , para qual vant seria ?

Era pro ADM-20 Quail, um tipo de drone, pra ser lançado dos B-52 e ser confundido com eles. Assim, as baterias antiaéreas russas atacariam os drones, enquanto isso os bombardeiros se dirigiam a seus alvos.

http://pt.wikipedia.org/wiki/ADM-20_Quail
Imagem Wikipedia

_________________
“Para saber quem domina o mundo, você deve saber qual grupo não se pode criticar” - Kevin Alfred Strom
"Somente os ingênuos ou ignorantes acham que o Brasil não possui inimigos" - Batman


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Protótipo de turbina nacional
MensagemEnviado: Qua Jun 26, 2013 1:37 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Jan 01, 2010 9:52 pm
Mensagens: 9235
Cassio escreveu:
Não se preocupe Foxtrot...

Caso seja desenvolvido um caça nacional ela o será pela sua querida Embraer....

E eu vou adorar isso...

Sds,
Cassio

Se a Odebrecht ou a OAS resolverem abrir uma fábrica de caças em parceria com algum fabricante, pode ter certeza que passam a perna na Embraer.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Protótipo de turbina nacional
MensagemEnviado: Qui Jun 27, 2013 1:15 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Mar 20, 2011 5:35 pm
Mensagens: 1122
wstrobel escreveu:
Cassio escreveu:
Não se preocupe Foxtrot...

Caso seja desenvolvido um caça nacional ela o será pela sua querida Embraer....

E eu vou adorar isso...

Sds,
Cassio

Se a Odebrecht ou a OAS resolverem abrir uma fábrica de caças em parceria com algum fabricante, pode ter certeza que passam a perna na Embraer.

Se a Odebrecht ou a OAS conversarem com uma fábrica chinesa, com certeza vão abrir. E antes da KAI, ainda por cima!

_________________
“Para saber quem domina o mundo, você deve saber qual grupo não se pode criticar” - Kevin Alfred Strom
"Somente os ingênuos ou ignorantes acham que o Brasil não possui inimigos" - Batman


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Protótipo de turbina nacional
MensagemEnviado: Qui Jun 27, 2013 8:03 pm 
Offline
Intermediário
Intermediário
 Perfil

Registrado em: Sáb Abr 18, 2009 8:29 am
Mensagens: 210
Se, se, se...

Depois de um "Se..." pode vir qualquer coisa.

Cassio


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Protótipo de turbina nacional
MensagemEnviado: Ter Nov 19, 2013 3:52 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
Citação:
Primeira turbina fabricada na América Latina é brasileira

Guilherme Wiltgen
19/11/2013


Empresa Brasileira entra no seleto clube de fabricantes de turbinas e testa com sucesso novo turbojato com compressor inovador

Imagem

A equipe de técnicos e engenheiros da Polaris, iniciou nesse ano os testes de um novo motor turbojato aeronáutico (o TJ1000), de 1200 lbf de empuxo, incorporando uma inovação tecnológica, com aplicação de novos conceitos do conhecimento: um compressor axial de alto desempenho, que opera em regime transônico.

Esse compressor de apenas dois estágios é capaz de gerar taxa de compressão da ordem de 2.2/1, por estágio – considerada elevada para modelos axiais.

“O TJ1000 é destinado a um mercado em crescimento no Brasil para turbojatos para mísseis de cruzeiro de energia , drones alvo e veículos aéreos não tripulados”.

Na visão dos engenheiros da Polaris muito se pode avançar, caso se concretizem interesses de investidores pela nova tecnologia.

Com os resultados conclusivos, pode-se estar diante de um novo paradigma na fabricação de turbinas a gás no mundo, pois seus fundamentos apresentam muitas vantagens competitivas em relação ao velho conceito:

a) Maior taxa de compressão por estágio, o que implica em menor peso e menor custo de fabricação;
b) Maior eficiência, possibilitando ao turbomotor maior potência útil;
c) Fabricação mais facilitada, menor custo, portanto;
d) Menos estágio para uma dada taxa de compressão no turbomotor, com isso, motores com 16 estágios teriam apenas 6 estágios para a mesma taxa de compressão, com maior eficiência, usando o novo conceito;
e) Manutenção mais simples, devido ao menor número de estágios de compressão;
f) Consequentemente, motores mais simples, mais leves e mais baratos devido ao novo componente.

Nas próprias palavras do coordenador do projeto, o engenheiro aeronáutico Alberto Pereira Filho: “No mundo tecnológico e competitivo, os resultados nem sempre são rápidos e gloriosos, mas apostar no futuro, com novas tecnologias, perseverando, deve ser uma meta, pois os objetivos quando alcançados, os lucros são extraordinários”.

A Polaris é uma empresa de base tecnologica que concebe, calcula e projeta turbinas a gás – uma tecnologia estratégica dominada por poucos países. A sua equipe já desenvolveu um turbojato de 1.000 lbf de empuxo, com compressor axial transônico, de 4 estágios para um cliente e atualmente está concebendo um novo modelo de turbojato, a partir de uma dada especificação, solicitado por cliente internacional.

http://www.defesaaereanaval.com.br/?p=32990


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Protótipo de turbina nacional
MensagemEnviado: Qua Nov 20, 2013 12:12 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Estou rezando para esta promissora empresa não ser vendida a outra gigante estrangeira....

Sds.

Citação:
Do Cavok

Apresentado na LAAD o primeiro Turbojato brasileiro

Uma pequena empresa brasileira revelou o que pode ser o primeiro turbo jato projetado e fabricado no país, preenchendo uma lacuna crítica na base da indústria aeroespacial da nação.

A Polaris espera iniciar os voos de teste do TJ1000, capaz de gerar um empuxo de 4.45kN (453,77kg) a bordo de um míssil de cruzeiro AVMT-300 da Avibras, nos próximos três ou quatro meses, diz o diretor da empresa, Malrum Medici.

“É um avanço tecnológico para o Brasil”, diz ele.

Fabricantes brasileiros oferecem uma ampla gama de aeronaves comerciais e militares, bem como aviônicos, sensores aerotransportados e armas ar-superfície, mas ao país sempre fez falta um fornecedor local de motores a jato.

A Polaris nasceu em São José dos Campos em 1999, fundada por ex engenheiros da Embraer, com o objetivo de resolver justamente essa deficiência.

O motor TJ1000 é destinado a um mercado crescente no Brasil, na propulsão de mísseis de cruzeiro, drones alvo e veículos aéreos não tripulados.

O turbojato pesa cerca de 70 kg e dispõe de um compressor de quatro estágios axial, que compreende uma única peça de alumínio.

Imagem
Imagem

Imagens/Fotos: Poder Aéreo.

A Polaris já está olhando para aplicações futuras além do AVMT-300. No longo prazo, a Polaris espera oferecer uma versão certificada do motor turbo hélice para substituir o Canadá Pratt & Whitney PT6 do T-26 Tucano. A Polaris está considerando um projeto de fluxo de ar reverso, que é semelhante à arquitetura PT6, diz Médici.

“Tal projeto seria necessário o apoio do governo, para que a Polaris possa arcar com os custos da certificação”, acrescenta.

FONTE: flightglobal

NOTA DO EDITOR: Pela definição de kgf, o peso correspondente a uma massa de 1 kg é de 9,8 N. Portanto, 1 kN = 101,97 kgf



Voltar ao topo
 
 Título: Re: Protótipo de turbina nacional
MensagemEnviado: Qua Nov 20, 2013 1:20 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
Mas pra isso acontecer dela não ser comprada por uma estrangeira, algumas coisas precisam está funcionando, tipo aquela lei que limita a participação estrangeira em empresas de interesse estratégico, será que ela já está vigorando? A outra alternativa é que ela seja comprada por algum desses grandes conglomerados que estão adentrando no setor, tipo Odebrescht, Camargo Correa, Synergy e por vai. Talvez a própria Avibras.

Tenho pra mim que o caminho natural pra ela, nessa questão de oferecer produtos ao mercado alternativo de motores, é para turbo-hélices de pequeno porte, quem sabe pequenos helicópteros também. Em todo caso ficamos na torcida!!! :)

Até mais!!! ;)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Protótipo de turbina nacional
MensagemEnviado: Qua Nov 20, 2013 8:26 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Jan 01, 2010 9:52 pm
Mensagens: 9235
Wellington Góes escreveu:
Mas pra isso acontecer dela não ser comprada por uma estrangeira, algumas coisas precisam está funcionando, tipo aquela lei que limita a participação estrangeira em empresas de interesse estratégico, será que ela já está vigorando? A outra alternativa é que ela seja comprada por algum desses grandes conglomerados que estão adentrando no setor, tipo Odebrescht, Camargo Correa, Synergy e por vai. Talvez a própria Avibras.

Tenho pra mim que o caminho natural pra ela, nessa questão de oferecer produtos ao mercado alternativo de motores, é para turbo-hélices de pequeno porte, quem sabe pequenos helicópteros também. Em todo caso ficamos na torcida!!! :)

Até mais!!! ;)

É difícil se sustentar se não arrumar um parceiro internacional, vejam o caso da Walter da República Tcheca, depois da abertura do ex-bloco soviético as P&W e Garrett não conseguiram se sustentar, apesar da qualidade, e hoje foram comprados pela GE.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Protótipo de turbina nacional
MensagemEnviado: Qua Nov 20, 2013 6:10 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Fev 18, 2010 6:44 pm
Mensagens: 958
Para evitar a ganância das multi estrangeiras sobre essa empresa , o Des-governo Nacional ; deveria " sugerir " a aquisição e fusão de várias empresas do ramo ; tais como
( TGM TURBINAS ; POLARIS ; AVIBRÁS ( POR TAMBÉM FABRICAR A TURBINA QUE SERÁ USADO NO MATADOR MT-300 ) ).
Essas empresas deveriam receber aportes substanciais do GF + MD+ MCTI; além de uma quem sabe fusão de empresas de alta tecnologia nacional ( SEMELHANTE AO GRUPO SYNERGY NACIONAL ).
Outra opção, é certificar algum produto dessa empresa e usa-ló em grande quantidade ( QUEM SABE PARA MODERNIZAR OS TUCANOS E SUBSTITUIR OS T-25 POR ESSES TUCANOS MODERNIZADOS ).
Á me esqueci , estamos doando esses aviões as nações amigas rsrsr , eita Brasil viu .
Mas estamos falando de Brasil né, e não estranharei muito se daqui a algum tempo ler notícia sobre aquisição dessa importante empresa estratégica nacional ; assim como aconteceu com muitas outras ( ÓPTOVAC ; ARES ENGENHARIA ; PERFESCÓPIO etc.. ).
Link da TGM Turbinas ( http://www.grupotgm.com.br/home.php )

Citação:
Etapa do Projeto de Turbina Aeronáutica de Pequena Potência de 5000 N (TAPP 5000) é concluída
Imagem
Uma importante etapa de implantação da infraestrutura de ensaios do projeto TAPP 5000 (Turbina Aeronáutica de Pequena Potência de 5.000 N de empuxo) foi concluída com sucesso, no dia 21 de julho de 2009, através da especificação, da fabricação e da montagem do duto de escapamento de gases de combustão (figura 1) do banco de ensaios da Divisão de Propulsão Aeronáutica (APA) do IAE. A idealização do banco de ensaios completo é apresentada na figura 2, onde se pode identificar o posicionamento do duto de escapamento.

Entenda o Projeto TAPP 5000
O projeto TAPP 5000 tem como objetivo desenvolver e fabricar um modelo de engenharia de um turborreator para utilização em aeronaves não-tripuladas que pesem até 1,5 toneladas. Atualmente, a TAPP encontrando-se em fase de fabricação do primeiro motor pela empresa TGM Turbinas, parceira do projeto por meio da FINEP.
Iniciado formalmente em novembro de 2005, está previsto no cronograma do projeto TAPP 5000 a conclusão da montagem e a instalação do primeiro protótipo no banco de ensaios (figura 2) até o final de 2009, quando se iniciarão os ensaios de desenvolvimento. Até a conclusão do projeto, previsto para dezembro de 2010, serão construídos dois dos protótipos da TAPP.
Imagem
A TAPP é composta por um compressor axial com cinco estágios, uma câmara de combustão anular de fluxo direto e uma turbina axial de um único estágio, conforme a ilustração da figura 3.
Imagem

De Olho na História
O projeto TAPP é a terceira turbina aeronáutica desenvolvida pela APA. Historicamente, o Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), por meio da Divisão de Propulsão Aeronáutica, tem conduzido um programa de turbomotores desde a década de 1970. Tal programa permite o domínio da tecnologia de concepção, desenvolvimento, fabricação, ensaios, operação e utilização destes motores.
Dentro do programa de turbomotores (ou turbinas a gás), destacam-se os projetos aeronáuticos: 1) Projeto Parayba I: projeto, fabricação e homologação de unidade aerotransportável para partida da aeronave AT-26 Xavante (1976); 2) Projeto TJ-2: concepção, projeto e construção de modelos experimentais de um turbojato de 320 N de empuxo (1983), financiado pela CBT – Companhia Brasileira de Tratores e pelo COMAER; e 3) Projeto TPP 1000 (TJ-10): concepção e projeto de modelos experimentais de um turbojato de 1000 N de empuxo (1984), financiado pela FINEP-FNDCT. Estas duas últimas turbinas aeronáuticas mereceram a publicação de artigo em revista internacional da American Society of Mechanical Engineers (ASME 90GT196).
A TJ-2 foi, portanto, a primeira turbina a gás aeronáutica concebida e fabricada no Brasil. A TJ-2 funcionou com querosene de aviação (QAV-1), álcool hidratado, GLP, GNV e fez os primeiros ensaios com os combustíveis experimentais Prozene e Prodiesel. Após sua fabricação, a TJ-2 foi instalada no Veículo Aéreo Não-Tripulado (VANT) da CBT (figura 4) onde executou corrida em pista na cidade de São Carlos – S.P.
Imagem


Postei essa matéria antiga porque me surgiu algumas dúvidas .
1°-
Então nenhum desses turbojatos apresentados ( TR-3500; TJ-1000 & ESSE QUE É FABRICADO PELA AVIBRÁS ) é a TAPP-5000 ?
Caso não seja , seria mais interessantes ( ATÉ MESMO PARA POUPAR RECURSOS FINANCEIROS E HUMANOS ) a união de todos esse estudos e projetos em um só , ou mesmo a aquisição da POLÁRIS pela TGM Turbinas ; já que a mesma é multi nacional Brasileira ( COMO DIZ NO SITE ).
2°- Seria mais interessante adotar apenas um modelo de Turbina nacional para as funções descritas acima ( TURBINA PARA MÍSSEIS DE CRUZEIRO ; DRONES ALVOS ; TURBO HÉLICES etc.. ) , sendo que esse produto pode ter partes fabricadas polas empresas que possuem a tecnologia ( AVIBRÁS; POLARIS & TGM ).
3° - Será que nosso primeiro drone será esse modelo da antiga CBT ?
Acredito que ele sofrerá modificações em seu desenho aerodinâmico , tornando o mais moderno !
É esperar para ver ...


Voltar ao topo
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Próximo

Todos os horários são


Quem está online


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
cron
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group  
Design By Poker Bandits  
Traduzido por: Suporte phpBB Brasil