Forum Base Militar Web Magazine

Bem-vindo: Qui Nov 14, 2019 6:35 pm

Todos os horários são




Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 11  Próximo
Autor Mensagem
 Título: Notícias dos novos armamentos brasileiros?
MensagemEnviado: Sex Dez 26, 2008 12:04 pm 
Offline
Avançado
Avançado
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Nov 03, 2008 12:14 pm
Mensagens: 546
Bom dia a todos

- A aviação militar brasileira está sendo modernizada (F-5M, A-1M, (A-4M previsto)), o F-X2 em andamento, P-3AM.

- A estratégia nacional de defesa – END foi anunciada com ênfase na indústria nacional.

- Então quais são as notícias, informações, etc. que possam dar um quadro de como está o desenvolvimento dos “armamentos inteligentes” no Brasil que possam ser utilizadas pela aviação das forças armadas brasileiras.

- Exemplo: Míssel ar-terra AV-TM150/300 e a “JDAM brasileiras” BFLs do CTA/AVIBRÁS, míssel anti-navio (MAN-1), MAA-1B, MSS 1.2, MAR-1 da MECTRON. Outros?

- As forças armadas brasileiras vão adquiri-las?


Um abraço a todos.

_________________
Não sabendo que era impossível ela foi lá e fez


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Notícias dos novos armamentos brasileiros?
MensagemEnviado: Sex Dez 26, 2008 1:44 pm 
Offline
Intermediário
Intermediário
 Perfil

Registrado em: Sex Dez 12, 2008 3:17 pm
Mensagens: 150
Acho que para saber se serão adquiridos precisa-se saber qual o vetor vai ser voado e se há possibilidade de se compatibilizar o armamento. Isto depende de softwares, portanto principalmente da boa vontade dos fornecedores.

Infelizmente não tenho nenhuma notícia.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Notícias dos novos armamentos brasileiros?
MensagemEnviado: Sex Dez 26, 2008 4:31 pm 
Offline
Novato
Novato
 Perfil

Registrado em: Sex Dez 26, 2008 4:05 pm
Mensagens: 4
Excessivamente preocupados com a crise financeira, os órgãos de informação brasileiros não informaram o sucesso do lançamento do míssil espacial VLS-1, feito com sucesso no dia 20 de outubro de 2008, partindo da base de São José dos Campos, e não de Alcântara, como era costume.

A última experiência foi desastrosa. Com problemas de pré-ignição, o lançamento fracassou dando causa a incêndio que destruiu grande parte da base maranhense, além de matar 21 pessoas. Grande lástima, sem dúvida. O sucesso é auspicioso. Vai permitir o lançamento de satélite geoestacionário, proporcionando ao país facilidade nas comunicações, principalmente.


O lançamento foi assistido pelo Ministro da Defesa, Nelson Jobim e pelo Comandante da Aeronáutica, brigadeiro Juni Saito. Não se entende a causa da notícia não ter sido divulgada na imprensa. Pode acreditar-se que para muitos países não interessava o Brasil ser capaz de colocar satélites em órbita, o que significa também o seu notável desenvolvimento bélico, pois mísseis de muito longo alcance não são bem vistos pelas nações que não os possui. Mesmo as poderosas potências, que além do vetor têm a ogiva nuclear, não ficam muito satisfeitas quando um fato desta natureza é atingido.


É sabido pela comunidade mundial que o Brasil não desenvolve corrida armamentícia, e não possui artefatos nucleares agressivos, mas pode construir em pouco tempo, já que a tecnologia permite com folga que eles sejam construídos em pouco tempo.


Talvez tenha sido esta a razão do fato não ter sido divulgado com alardes. Vizinho nossos podem interpretar o sucesso como uma ameaça, quando na realidade o fato não é este. Quem acompanha o lançamento dos "Sacis", sempre com fracasso, sabe disto.


Foi um feito respeitável, sem dúvida. São muito poucos países capazes de operações de tamanha envergadura, e é uma consolidação dos velhos so nhos dos cientistas brasileiros, que estão de parabéns.


O Brasil, apesar dos pesares do mundo e dele mesmo, caminha fácil para um futuro de brilho. Todo este trabalho vem sendo desenvolvido com auxilio da tecnologia russa, de acordo com um protocolo firmado entre Brasil e Rússia. Segundo este acordo, os russos auxiliam na transferência de tecnologia de ponta, e o governo brasileiro compromete-se a emprestar a base de Alcântara, para o lançamento de mísseis russos. A base está próxima a linha do equador, o que facilita os lançamentos e diminui os gastos.

transcrito jornal pravda 23/12/08


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Notícias dos novos armamentos brasileiros?
MensagemEnviado: Sex Dez 26, 2008 10:50 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Opinião minha.
Este tópico não deveria estar aqui, mas em Industria de Aviação e Defesa, por exemplo !!

Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Notícias dos novos armamentos brasileiros?
MensagemEnviado: Dom Dez 28, 2008 11:30 am 
Offline
Avançado
Avançado
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Nov 03, 2008 12:14 pm
Mensagens: 546
Baschera escreveu:
Opinião minha.
Este tópico não deveria estar aqui, mas em Industria de Aviação e Defesa, por exemplo !!

Sds.

Tudo bem. Se tiver algum meio de transferir, os responsáveis pela gestão do fórum pode fazê-lo.

_________________
Não sabendo que era impossível ela foi lá e fez


Voltar ao topo
 
 Título: Durandal/BAPI
MensagemEnviado: Qui Jan 15, 2009 2:01 pm 
Offline
Intermediário
Intermediário
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sáb Dez 27, 2008 5:22 am
Mensagens: 191
Alguem tem noticias da Bomba Anti-pista (BAPI)? Foi testada? Foi comprada?

Ou ja esta obsoleta pois o lancamento a baixa altura expoe os avioes as defesas de ponto/curta distancia?

_________________
Pugio in averso belli


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Notícias dos novos armamentos brasileiros?
MensagemEnviado: Qui Jan 15, 2009 2:13 pm 
Offline
Recente
Recente
 Perfil

Registrado em: Dom Fev 11, 2007 6:27 am
Mensagens: 62
Imagem



abraços]


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Notícias dos novos armamentos brasileiros?
MensagemEnviado: Qui Jan 15, 2009 2:32 pm 
Offline
Moderador
Moderador
Avatar do usuário
 Visitar website do usuário  Perfil

Registrado em: Dom Dez 31, 2006 12:17 pm
Mensagens: 4813
Localização: Rio de Janeiro, Brasil
Interessantíssimo este slide! Vejam aí, explicitamente, o problema da falta de sequencia nos programas de aquisição de meios militares do Brasil.

Resta a perguna: O MAR e o MAN estão sendo feito para equipar a MB e para a FAB? Os kits Acauan vao ser usados pelas duas forças? A-Darter? Etc, etc.

Espero que tendo em vista a END a resposta seja "SIM".

[]s Hammer

_________________
There are 10 kinds of people in this world, those who understand binary, and those who don't.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Durandal/BAPI
MensagemEnviado: Qui Jan 15, 2009 7:30 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Hammerhead escreveu:
Alguem tem noticias da Bomba Anti-pista (BAPI)? Foi testada? Foi comprada?

Ou ja esta obsoleta pois o lancamento a baixa altura expoe os avioes as defesas de ponto/curta distancia?


A notícia abaixo que posto (parte dela) já é meio velhinha, mas creio eu que a BAPi foi substituída ou redesignada como BPEN (Bomba de Penetração). São dois tipos : BPEN 500 e BPEN 1000.

"As novas bombas de penetração de 500kg e de 1000kg a serem utilizadas pela FAB para missões contra alvos reforçados, tais como instalações de Comando e Controle subterrâneas, abrigos reforçados, casamatas, entre outros alvos “duros”. Estas armas possuem um corpo em aço temperado de alta resistência, além de um detonador com retardo, capaz de resistir ao impacto cinético inicial, detonando os explosivos após a bomba ter penetrado uma grande porção de solo e estruturas reforçadas. Serão utilizadas em conjunto com um sistema de guiamento por laser."
(Fonte: http://www.defesanet.com.br/laad07/3_cta_mectron.htm)

Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Notícias dos novos armamentos brasileiros?
MensagemEnviado: Dom Jan 18, 2009 7:25 pm 
Offline
Intermediário
Intermediário
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sáb Jan 17, 2009 1:58 pm
Mensagens: 127
Hammer escreveu:
Interessantíssimo este slide! Vejam aí, explicitamente, o problema da falta de sequencia nos programas de aquisição de meios militares do Brasil.

Resta a perguna: O MAR e o MAN estão sendo feito para equipar a MB e para a FAB? Os kits Acauan vao ser usados pelas duas forças? A-Darter? Etc, etc.

Espero que tendo em vista a END a resposta seja "SIM".

[]s Hammer




O Paquistão comprou 100 MAR. Isto deve dar uma ajudinha no P&D dos outros.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Notícias dos novos armamentos brasileiros?
MensagemEnviado: Seg Abr 20, 2009 9:02 am 
Offline
Avançado
Avançado
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Nov 03, 2008 12:14 pm
Mensagens: 546
Texto com um pouco mais de detalhes da nossa bomba guiada nacional.

Fonte: http://defesabrasil.com/laad2009/index. ... &Itemid=78

Mectron e Britanite apresentam primeira bomba guiada nacional
Escrito por Leonardo Jones
Sex, 17 de Abril de 2009 21:11

Kit pode utilizar sistema GPS, Glonass e INS

A Mectron e a Britanite apresentaram na LAAD 2009 o primeiro kit brasileiro de guiamento para bombas de queda livre. Desenvolvido em parceria com a Força Aérea Brasileira, através do Comando-Geral de Tecnologia Aeroespacial (CTA), o kit pode utilizar um sistema de navegação inercial (INS) ou as redes de satélites GPS (EUA) e Glonass (Rússia). De baixo custo, o kit pode ser instalado em bombas não guiadas ("bombas burras") Mk 82 (500lbs) e Mk 83 (1.000lbs), permitindo seu uso em distâncias maiores e/ou em condições climáticas adversas, em uma variedade de alvos de alto valor estratégico. As bombas com os kits são denominadas SMKB-82 e SMKB-83.

O sistema brasileiro possui algumas peculiaridades como, por exemplo, o método de comunicação entre a aeronave e a bomba, que ocorre através de uma conexão wireless. Isso permite o uso da arma em uma gama enorme de aeronaves e com baixíssimo custo de integração, já que não existem conexões físicas entre a plataforma e a arma, como cabos e fios.

As empresas encontraram dificuldades para desenvolver essa tecnologia devido às interferências causadas pelos sistemas normais da aeronave e pelas turbinas, mas conseguiram superar esses obstáculos e garantir a operação do armamento de maneira segura.

Outra novidade é em relação à geração de energia para o computador da bomba, que será feita através de uma pequena hélice instalada na frente da cabeça de guiagem. Tudo isso garantirá total independência da bomba em relação à aeronave, o que significa a possibilidade de instalação em um cabide sem nenhum preparo para armas inteligentes.

A cabeça do kit guarda a unidade de controle e o sistema de guiagem. Sua precisão é garantida pelo sistema INS (Inertial Navigation System) com auxílio de um receptor de GPS, que pode usar tanto o GPS americano quanto o Glonass russo. Isso garante uma precisão que, dependendo da conexão cabeça/satélites, pode chegar a cerca de um metro. Ainda assim, independente dessa conexão, a bomba tem um CEP (Circular Error Probable) de menos de seis metros.

O kit está sendo desenvolvido para as bombas MK-82 e MK-83. A Britanite informou que não tem interesse em desenvolver um kit para a MK-84 (2.000lbs) por considerar uma bomba grande demais para ser usada em “ataques cirúrgicos”.

Um abraço

_________________
Não sabendo que era impossível ela foi lá e fez


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Notícias dos novos armamentos brasileiros?
MensagemEnviado: Seg Abr 20, 2009 9:04 am 
Offline
Avançado
Avançado
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Nov 03, 2008 12:14 pm
Mensagens: 546
Desculpem o fora de tópico.

As imagens da máteria acima não consegui reproduzir, alguém poderia fazê-lo e me explicar por favor.

Antecipadamente obrigado.

Um abraço

_________________
Não sabendo que era impossível ela foi lá e fez


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Notícias dos novos armamentos brasileiros?
MensagemEnviado: Seg Abr 20, 2009 11:36 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Visitar website do usuário  Perfil

Registrado em: Qui Out 02, 2008 9:21 am
Mensagens: 1244
Localização: Porto Alegre-RS
Imagem

Imagem

Imagem

As duas últimas eu não consegui Colega, mas ai estão algumas!

Legal essa iniciativa de produzir elas de forma a não necessitar de integração com as aeronaves.
Quase que "Plug and Play"
Isso tbm ja foi adotado no MAR-1

A designação Acauan foi abandonada ou será mantida?

_________________
JEDICENTER - Seu Centro de Informações Star Wars.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Notícias dos novos armamentos brasileiros?
MensagemEnviado: Seg Abr 20, 2009 5:13 pm 
Offline
Intermediário
Intermediário
 Perfil

Registrado em: Seg Nov 26, 2007 12:49 pm
Mensagens: 202
Alguem saberia me explicar o que é este "Rocket Guide" neste folder da Britanite(la naquele caminhão tipo o Astros)????

Imagem


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Notícias dos novos armamentos brasileiros?
MensagemEnviado: Seg Abr 20, 2009 9:12 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Sim, veja abaixo......

Sds.

Parceria Britanite-Mectron desenvolve novo míssil nacional
Escrito por Leonardo Jones e Vinicius Pimenta - Defesa Brasil.
Seg, 20 de Abril de 2009 18:27

Projeto ousado para as Forças Armadas brasileiras pode chegar a 150Km de alcance

Imagem
Maquete 'sem compromisso' do híbrido. Foto: Leonardo Jones/DB

Além de apresentar durante a LAAD 2009 o projeto SMKB, o primeiro kit nacional de guiagem para bombas de queda livre, a parceria entre as empresas brasileiras Britanite e Mectron está desenvolvendo um novo produto, cuja “maquete sem compromisso”, nas palavras dos seus representantes, estava exposta sem maiores alardes no estande da Britanite durante toda feira.

O projeto ainda sem nome é chamado internamente de “híbrido de míssil com foguete” e trata-se de um artefato do tipo superfície-superfície. Com aplicações de caráter terrestre e naval, o novo produto deve ser oferecido ao Exército Brasileiro e à Marinha do Brasil.

O “híbrido” é, na realidade, um foguete nos primeiros estágios. No último, se transforma em uma cabeça de guerra guiada, o que causa essa dúvida quanto a nomenclatura da arma.

O projeto vem sendo desenvolvido há alguns anos. Atualmente, a parte de propulsão já está pronta, enquanto a cabeça de guiagem vem sendo desenvolvida há cerca de seis meses e deve estar concluída daqui a outros dez. A bomba guiada SMKB, aliás, é uma conseqüência direta do desenvolvimento deste híbrido. Boa parte do que foi desenvolvido para o híbrido foi aproveitado no projeto do kit de guiagem nacional.

A princípio o foguete/míssil será guiado por GPS, Glonass ou Galileo, mas outra alternativa de guiagem também está sendo desenvolvida para garantir a precisão da arma mesmo se o acesso a esses sistemas for negado pelos países de origem na ocasião de algum conflito. Os detalhes desse sistema alternativo, porém, ainda não foram divulgados.

O foguete funcionaria da seguinte maneira: um veículo leve ou um navio lançaria o foguete, que contaria apenas com aletas estabilizadoras retráteis na parte de trás. Então, por volta de 3/4 da trajetória do artefato, o corpo com o sistema de propulsão é descartado, sobrando apenas a cabeça do foguete que segue em trajetória balística. Logo depois, ela se abre de forma idêntica ao invólucro de uma bomba de fragmentação e então um projétil parecido com um míssil é revelado. Ele abre aletas pelo corpo e aciona o sistema de guiagem. Nesse ponto, a arma que agora se reduz a uma cabeça de guerra, um sistema de guiagem e aletas de controle, segue em direção ao alvo determinado e causa o impacto.

A precisão do “híbrido” é estimada dependendo da qualidade do link com os satélites de posicionamento. Se esse link for bom, a precisão chega a menos de 1 metro. Alguns cálculos e testes estão sendo feitos para determinar e aperfeiçoar o alcance. A última e maior estimativa está por volta dos 150km.

Imagem
Híbrido seria lançado de veículo leve. Imagem: Britanite

Uma vantagem apontada por um representante da Britanite está na plataforma de lançamento desta arma, que diferente, por exemplo, da necessária para o sistema ASTROS. Essa não precisaria de um veículo de grande porte com sistema de patolagem, já que a precisão da arma se daria na área do alvo e não no momento do lançamento.

Uma plataforma estabilizada para o lançamento deste foguete a partir de navios também está em desenvolvimento. Ela levaria em conta os movimentos da embarcação, produziria um padrão e assim estabilizaria em dois eixos a plataforma para o lançamento ideal do híbrido.

A Britanite acredita que testes reais com a arma completa comecem a ser feitos em cerca de um ano.


Voltar ao topo
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 11  Próximo

Todos os horários são


Quem está online


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
cron
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group  
Design By Poker Bandits  
Traduzido por: Suporte phpBB Brasil