Forum Base Militar Web Magazine

Bem-vindo: Qui Nov 14, 2019 6:08 pm

Todos os horários são




Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página Anterior  1 ... 38, 39, 40, 41, 42
Autor Mensagem
 Título: Re: Indústria de Defesa Nacional
MensagemEnviado: Qua Mai 25, 2016 12:29 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
Imagem

Comissão inclui mais seis empresas na Base Industrial de Defesa

Por Tecnodefesa - abr 27, 2016

Imagem

A Base Industrial de Defesa (BID) passa a contar com mais seis indústrias brasileiras que foram classificadas como Estratégicas (EED) e de Defesa (ED) pela Comissão Mista da Indústria de Defesa (CMID) durante reunião ocorrida na última segunda-feira (25). A CMID também aprovou quatro Produtos de Defesa (PRODE) e 18 Produtos Estratégicos de Defesa (PED).

Com o resultado dessa reunião, realizada no Ministério da Defesa, a base industrial do setor totaliza agora 67 EEDs, 14 EDs, 34 PRODEs e 330 PEDs, que contam com benefícios previstos na Lei 12.598/12, como regime especial de tributação.

As novas Empresas Estratégicas são a Aerotron, de Itajubá (MG), a EPA, de Curitiba, a Fulguris, de Guarulhos (SP), e a Santiago e Cintra Consultoria, de São Paulo. Já as Empresas de Defesa são a Airship do Brasil, de São Carlos (SP), e a Technicae, de Brasília.

Ainda foram classificados produtos da Agrale, IACIT, Omnisys e Orbital, durante a reunião presidida pelo secretário-geral do Ministério da Defesa, Joaquim Silva e Luna. O secretário-executivo da CMID, brigadeiro do ar José Augusto Crepaldi, disse que a Comissão é “o fórum do mais alto nível na condução política setorial”.

Entre os novos produtos classificados estão um aeróstato, serviços de treinamento para simuladores de voo, softwares para aplicações metereológicas no tráfego aéreo, radares e baterias. Para a secretária de Produtos de Defesa, Perpétua Almeida, o fórum é um avanço: “O desafio agora é buscar novos mecanismos de incentivo e financiamento da base industrial”.

De acordo com o diretor do Departamento de Catalogação e Promoção Comercial do MD, vice-almirante Antonio Carlos Soares Guerreiro, a expectativa é que o volume de exportações de equipamentos de emprego militar autorizados possa chegar a US$ 1,5 bihão este ano, em decorrência dos esforços que estão sendo realizados para fomentar a indústria nacional. No ano passado, este valor chegou a US$ 1,042 bilhão. O acumulado de janeiro a abril deste ano já ultrapassa US$ 570 milhões.

A reunião da CMID contou com participação de representantes das Forças Armadas (Marinha, Exército e Aeronáutica), das federações de indústrias, dos Ministérios da Relações Exteriores, Indústria e Comércio, Planejamento e bancos públicos. A próxima reunião da CMID está prevista para o dia 3 de agosto, na qual serão feitas novas classificações de produtos e credenciamento de empresas.

Ivan Plavetz

http://tecnodefesa.com.br/comissao-incl ... de-defesa/


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Indústria de Defesa Nacional
MensagemEnviado: Sex Mai 27, 2016 8:02 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Nov 01, 2009 1:14 am
Mensagens: 836
Localização: São Paulo / Warren, MI
Alguém se habilita a arriscar qual seria esta empresa misteriosa?

Citação:
Ceará pode ter fábrica de veículos militares
Empresa pode montar unidade em área próxima ao Porto de Pecém


MÁRIO CURCIO, AB


A Secretaria do Desenvolvimento Econômico do Ceará negocia com investidores norte-americanos a instalação de uma fábrica de veículos militares blindados na nova Zona de Processamento de Exportação (ZPE), próxima ao Porto de Pecém. O investimento previsto é de US$ 200 milhões.

Representantes da empresa visitaram recentemente os possíveis terrenos para a construção da planta: “Apresentamos a ZPE para os investidores. Eles levarão aos acionistas nossas propostas de incentivo. Devem voltar ao Estado dentro de três meses”, afirma a secretária do desenvolvimento econômico, Nicolle Barbosa, que não revelou o nome da companhia.

A empresa terá capacidade instalada para fabricar 30 unidades por mês. Os veículos a ser montados no Ceará têm alto valor agregado e custo aproximado de US$ 3 milhões. A expectativa é que a fábrica gere 300 empregos. A maior parte dos postos será preenchida por engenheiros.

http://www.automotivebusiness.com.br/noticia/24014/ceara-pode-ter-fabrica-de-veiculos-militares

_________________
Todos os cogumelos são comestíveis. Alguns, apenas uma vez.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Indústria de Defesa Nacional
MensagemEnviado: Qui Out 06, 2016 2:02 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
E ai gente, vamos retomar as atividades?!?!

Imagem

5 de outubro de 2016 at 14:25

4ª Mostra BID: MAN Latin America marcando presença

Posted by Ghost

Imagem

http://www.planobrazil.com/4a-mostra-bi ... -presenca/


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Indústria de Defesa Nacional
MensagemEnviado: Qui Out 06, 2016 2:03 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
Imagem

Fundação Ezute apresenta soluções na área de defesa durante a 4ª Mostra BID Brasil

PUBLICADO EM: 29/09/2016

Imagem

http://portaldefesa.com/fundacao-ezute- ... id-brasil/


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Indústria de Defesa Nacional
MensagemEnviado: Sáb Nov 05, 2016 8:13 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Visitar website do usuário  Perfil

Registrado em: Ter Nov 06, 2007 6:50 pm
Mensagens: 4256
Localização: Brasil, RJ
Parece coisa boa, mas não é. Na prática a AEL e a Helibrás estão pressionando o atual governo para flexibilizar (leia-se afrouxar) a definição de Empresa Estratégica de Defesa para que elas que tem maioria de capital estrangeiro possam se enquadrar. Segue a notícia do Defesanet:

Citação:
EXCLUSIVO – Flavio Basílio: Brasil Proporá Golden Share para Empresas Estrangeiras
Governo proporá flexibilizar a entrada de empresas estrangeiras de defesa desde que aceitem a Golden Share.

Nelson Düring
Editor-chefe DefesaNet

O Secretário de Produto de Defesa (SEPROD), Dr Flávio Basílio, declarou à DefesaNet que uma nova legislação está sendo proposta para as indústrias de Defesa. Ao que se chama de Base Industrial de Defesa, por legislação que a ampara deveria ser constituída por empresas brasileiras.

A principal inovação será a permissão de que indústrias estrangeiras participem do mercado nacional e possam competir nas licitações do Ministério da Defesa.

A regulamentação que tenta proteger as empresas nacionais está no Decreto nº 12.598, de 21 de março de 2012, criando as Empresas Estratégicas de Defesa (EED) e os Produtos Estratégicos de Defesa (PED). As Empresa Estratégica de Defesa - EED - são todas pessoas jurídicas credenciadas pelo Ministério da Defesa.

A Comissão Mista da Indústria de Defesa - CMID, instituída pelo Decreto n 7.970, de 28 de março de 2013, tem como competência propor ao Ministro de Estado da Defesa o credenciamento de Empresa de Defesa - ED como Empresa Estratégica de Defesa – EED.

As empresas EED deveriam ter a maioria do capital em poder de brasileiros. Esta situação sempre foi um contestada por empresas como: AEL Sistemas, filial da israelense ELBIT, RockwellCollins, filial de empresa americana de mesmo nome e especialmente da HELIBRAS, subsidiária do Grupo Europeu Airbus Helicopters.

O Secretário da SEPROD, Dr Flávio Basílio informou a DefesaNet que está na nova legislação que está contida nos Documentos da Estratégia Nacional de Defesa (END, Livro Branco e Política de Defesa consta uma maior flexibilização para as indústria de defesa com capital estrangeiro.

As atuais Empresas de Defesa operando no Brasil, e outras futuras que venham a operar no país poderão participar e talvez ter o mesmo Regime Especial Tributário para a Indústria de Defesa (RETID), das empresas EED atuais.

Segundo o Secretário Flávio Basílio isto será possível caso as empresas aceitem uma Golden Share do Governo Federal. Isto não implica participação no capital desta empresas.

O termo “Golden Share” surge quando por algum motivo, a maioria das vezes por condições estratégica da empresa, algumas decisões devem ser comunicadas ao Governo federal e ter a aprovação deste para a sua implantação.

No Brasil a empresa que tem o regime de Golden Share é a EMBRAER, que em alguns assuntos tem de consultar o Governo antes de implantar as ações pretendidas.

No dia 30 de Setembro os Governos do Brasil e dos Estados Unidos, no evento Defense Industry Day (DID), assinaram uma Letter of Intent (LoI), para estimular as negociações bilaterias de defesa e os investimentos entre os dois paises.

Notícia publicada na semana passada, 25 de Outubro, e que teve bastante repercussão, omitiu esta importante informação sobe as Golden Share.

Fonte: http://www.defesanet.com.br/bid/noticia ... rangeiras/

_________________
::Robson Rocha
http://www.comunicarteei.blogspot.com


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Indústria de Defesa Nacional
MensagemEnviado: Seg Nov 07, 2016 10:20 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
É o que dá trazer gente "do mercado", mas não entende de assuntos de defesa/militares, para comandar esta secretaria. O Jugman, para não se indispor com os militares, também está "abrindo as pernas" para algumas "exigências" da caserna. Voltamos ao período pré MD, aonde cada força fazia o que bem entender e como bem entender, sem contar a deteriorização da indústria nacional de defesa.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Indústria de Defesa Nacional
MensagemEnviado: Sáb Nov 12, 2016 2:11 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
Imagem

10 de novembro de 2016

Governador oficializa instalação de empresa bélica dos Emirados Árabes em Goiás

Imagem

http://www.planobrazil.com/governador-o ... -em-goias/


Voltar ao topo
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página Anterior  1 ... 38, 39, 40, 41, 42

Todos os horários são


Quem está online

Array


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group  
Design By Poker Bandits  
Traduzido por: Suporte phpBB Brasil