Forum Base Militar Web Magazine

Bem-vindo: Qui Out 24, 2019 3:14 am

Todos os horários são




Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página 1, 2, 3  Próximo
Autor Mensagem
 Título: Camuflagem na FAB
MensagemEnviado: Ter Fev 02, 2010 3:55 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Ago 21, 2009 6:03 pm
Mensagens: 1324
Tópico destinado ao debate sobre este que , em minha opinião, é um assunto que merece muito mais atenção do que vem recebendo até agora. Padrões de camuflagens (tanto das aeronaves quanto dos uniformes das tropas) são um fator que pode influenciar o desempenho em combate e implicam em vantagens que extrapolam o setor tático ou coisas de gênero concreto: elas criam e muitas vezes expressam características ideológicas da força armada que as utiliza.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Esquemas de camuflagem em aeronaves da FAB
MensagemEnviado: Ter Fev 02, 2010 4:20 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Ago 21, 2009 6:03 pm
Mensagens: 1324
Superioridade Aérea:
Imagem


Imagem


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Esquemas de camuflagem em aeronaves da FAB
MensagemEnviado: Ter Fev 02, 2010 10:36 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Jul 24, 2009 2:12 pm
Mensagens: 2411
Localização: Brasília
Eu gosto muito da camuflagem digital.
Mas qualquer pintura feita em caças, eu acho que deve priorizar a confusão do adversário em combate visual, e se confundir com o céu.
Não me parece que camuflar com a cor do terreno faça muito sentido. Me corrijam.
O avião no solo não se confunde com a pista.
No ar, o avião em nível mais baixo é denunciado pelo movimento.
Sei lá. Só estou pensando aqui. Faz sentido isso?

_________________
"As leis que proibem o porte de armas... desarmam somente aqueles que não estão nem dispostos nem determinados a cometer crimes." - Cesare Beccaria


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Esquemas de camuflagem em aeronaves da FAB
MensagemEnviado: Ter Fev 02, 2010 11:59 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Ter Abr 29, 2008 10:20 pm
Mensagens: 1496
Coloca mais fotos! Lembro de uma camuflagem utilizadas pelos F-16 dos EAU toda digital, bala! Adoro as digitais ouas de superioridade aérea qe os gringos usam! Esse do Chile também é bala! se fizéssemos um padrão de cores usados atualmente pela FAB com viés digital? Como ficaria?

C.

M. Souza

_________________
Brasil, o País da Desfaçatez e dos Hipócritas!


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Esquemas de camuflagem em aeronaves da FAB
MensagemEnviado: Qua Fev 03, 2010 12:58 am 
Offline
Intermediário
Intermediário
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qua Ago 19, 2009 3:44 am
Mensagens: 194
Esse novo padrão verde/cinza da FAB é o mais bonito que ela já teve. Mas tem que cuidar, qualquer camuflagem desbotada fica feia. Também gostei da camo digital dos ST do Equador.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Esquemas de camuflagem em aeronaves da FAB
MensagemEnviado: Qua Fev 03, 2010 1:04 am 
Offline
Intermediário
Intermediário
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qua Ago 19, 2009 3:44 am
Mensagens: 194
Arlsan escreveu:
Eu gosto muito da camuflagem digital.
Mas qualquer pintura feita em caças, eu acho que deve priorizar a confusão do adversário em combate visual, e se confundir com o céu.
Não me parece que camuflar com a cor do terreno faça muito sentido. Me corrijam.
O avião no solo não se confunde com a pista.
No ar, o avião em nível mais baixo é denunciado pelo movimento.
Sei lá. Só estou pensando aqui. Faz sentido isso?






Camuflagens com a cor do terreno são adequadas à aeronaves que tem perfil operacional de vôos a baixa altitude. Um bom exemplo é o nosso 1/6 GAv que usa uma pintura cinza nos Learjet ,que fazem fotoreconhecimento à grande altitude, e os Bandeirantes que usam camuflagem em 3 tons e fazem recon à baixa altitude.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Esquemas de camuflagem em aeronaves da FAB
MensagemEnviado: Qua Fev 03, 2010 12:58 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Ago 21, 2009 6:03 pm
Mensagens: 1324
Imagem

Imagem

Imagem


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Esquemas de camuflagem em aeronaves da FAB
MensagemEnviado: Qua Fev 03, 2010 1:00 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Ago 21, 2009 6:03 pm
Mensagens: 1324
Montagens que achei interessante:




Imagem

Imagem

Imagem


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Esquemas de camuflagem em aeronaves da FAB
MensagemEnviado: Qua Fev 03, 2010 2:03 pm 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Qui Jul 10, 2008 9:42 am
Mensagens: 1509
Localização: SANTA MARIA - RS
Fleming escreveu:
Montagens que achei interessante:




Imagem



A foto do A-1B 5654 não é montagem.Este foi o esquema inicial/experimental da nova camuflagem, que depois evoluiu com algumas modificações e hoje é usada nos próprios A-1, F-5M, A-29, etc...

Abraço.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Esquemas de camuflagem em aeronaves da FAB
MensagemEnviado: Qua Fev 03, 2010 2:08 pm 
Offline
Intermediário
Intermediário
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qua Ago 19, 2009 3:44 am
Mensagens: 194
Fleming escreveu:
Montagens que achei interessante:




Imagem

Imagem

Imagem




Muito boa essa do F-16, dá pra confundir mesmo com o terreno. Ela lembra o uniforme dos Marines.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Esquemas de camuflagem em aeronaves da FAB
MensagemEnviado: Qua Fev 03, 2010 2:59 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Out 13, 2008 1:12 pm
Mensagens: 885
Localização: Florianópolis
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Este Grumman EA-6B Prowler é bem invocado.

Imagem
Imagem

_________________
"RTF"


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Esquemas de camuflagem em aeronaves da FAB
MensagemEnviado: Qua Fev 03, 2010 3:06 pm 
Offline
Intermediário
Intermediário
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Abr 06, 2008 3:39 am
Mensagens: 280
Me lembra muito o Atari... :lol:
Mas é bem bacana, além de ser diferente das famigeradas camuflagens que se repetem há mais de 40 anos por aí.
Tava na hora de algo criativo aparecer por aí.

No caso da FAB, prefiro as camuflagens Low-Vis.

Abçs
JohnnyD2


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Esquemas de camuflagem em aeronaves da FAB
MensagemEnviado: Qua Fev 03, 2010 3:20 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Visitar website do usuário  Perfil

Registrado em: Qui Out 02, 2008 9:21 am
Mensagens: 1244
Localização: Porto Alegre-RS
Acho bacana esse padrão Pixelado de camuflagens...

Ficaria legal no padrão low vis atual da FAB.

_________________
JEDICENTER - Seu Centro de Informações Star Wars.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Esquemas de camuflagem em aeronaves da FAB
MensagemEnviado: Qua Fev 03, 2010 4:03 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Ago 21, 2009 6:03 pm
Mensagens: 1324
FLANKER escreveu:
Fleming escreveu:
Montagens que achei interessante:




Imagem



A foto do A-1B 5654 não é montagem.Este foi o esquema inicial/experimental da nova camuflagem, que depois evoluiu com algumas modificações e hoje é usada nos próprios A-1, F-5M, A-29, etc...

Abraço.


Não sou especialista em edição de imagens, mas juro que acreditei ser autêntica. O site que a encontrei dizia ser montagem.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Esquemas de camuflagem em aeronaves da FAB
MensagemEnviado: Qua Fev 03, 2010 7:41 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Out 13, 2008 1:12 pm
Mensagens: 885
Localização: Florianópolis
Para quem quer saber mais sobre camuflagem: ou (Assinatura Visual)

Citação:
Uma forma simples e barata de diminuir visibilidade de uma aeronave no espectro visual é o uso de camuflagem. A camuflagem já existe na natureza como cor branca do urso polar, listas e pintas de felinos ou mudança de cor do camaleão. A camuflagem é o disfarce produzido pelo ocultamento do contorno, com manchas de várias cores.

O espectro cromático tem apenas sete cores, mas a camuflagem engloba uma grande quantidade de matizes. As pinturas devem ser foscas, que quebram a silhueta do aparelho impedindo a determinação de seu contorno. A pintura fosca é ideal mas mancha e arranhões deterioram a pintura facilmente. Os arranhões e deterioração dão aparência de "ferro velho". Usa-se também o semifosco que preserva a aparência do aparelho.

A idéia básica atrás dos padrões de camuflagem é quebrar a forma da aeronave contra o fundo. Um problema é a divisão entre camuflagem da parte superior e a inferior da aeronave quando inclina e a parte superior ou inferior contrasta com o fundo. A camuflagem verde superior e azul claro foi usada na RAF nos anos 40 e 50 em aeronaves táticas. A idéia básica da camuflagem é diminuir o contraste quando vista contra o fundo e assume que a aeronave não irá manobrar agressivamente a não ser na fase final após o ataque. A parte superior devia proteger contra interceptadores voando alto e olhando para baixo. Também protege aeronave estacionada.

Os F-105G Weasel no Vietnã tinham camuflagem inicial de dois tons de verde e terra na parte superior, e cinza claro na parte inferior. A aeronave ficava branca quando virava a baixa altitude. Depois a camuflagem verde foi aplicada nas superfícies inferiores e o problemas desapareceu. Os F-4G e A-10, que voam a baixa altitude, usavam camuflagem cinza. A camuflagem diferente não é considerada boa quando a aeronave tem que manobrar contra o fundo.

As aeronaves ficam a maior parte do tempo no solo. É conveniente camuflar também a base. Durante a Segunda Guerra Mundial, foram testados bases com pistas falsas, hangar na forma de prédios, tudo sem formas e disposição simétrica, arvores em cima dos telhados e sem pista de taxi direta. Depois passaram a ser tratados com proteção IR para dar assinatura igual a terra e splinkers para resfriar hangares.

O próximo passo é o uso de esquemas de vários tonalidades. O objetivo é confundir os olhos ou sensor ótico criando varias bordas falsas e suprimindo as reais, fazendo a imagem ser menos reconhecível como aeronave, mesmo sendo grande e com contraste suficiente para ser detectada. Áreas de tom único não podem ser muito grandes, e tons nas bandas adjacentes devem diferir em menos de 10%.

Imagem
O F-22A Raptor tem esquema de camuflagem cinza irregular com padrões mais escuros de cinza nas asas e cauda. Uma característica é que a cor é brilhante e não fosca. Isto pode sugerir o uso de algum sistema de camuflagem ativa.

A camuflagem de superioridade aérea é a única que tem consenso de ser da cor cinza. Uma aeronave a baixa ou média altitude tende a ser um ponto preto contra o céu. Para evitar isso, a aeronave tende a usar cor cinza médio. O cinza, quando combinado com fosco tende a assegurar uma baixa assinatura visual ou uma redução de 30% na visibilidade.

Na camuflagem de superioridade aérea algumas áreas da aeronave refletem mais do que as outras e alguns pontos ficam mais escuros e tem sombras diferenciadoras. Mais de uma tonalidade de cinza é usada para iluminar as partes escuras e um tom mais escuro para diminuir a luminosidade nas áreas mais claras, sem quebrar o contorno. Essa técnica é chamada de contrasombreado.

Uma carlinga falsa pode ser pintada na parte inferior da fuselagem dianteira e atrapalha facilmente um piloto adversário de saber a direção de vôo do avião com carliga falsa. Tons em zigue-zague de cinza ou cinza e azul são eficientes e podem ser acrescentados na região inferior as marcas da cauda, canopy, entrada de ar, emblemas da fuselagem e contornos de mísseis.

O cinza claro é considerado mais difícil de detectar que cores mais escuras e melhor a assinatura IR. Uma aeronave P-3 fica até 50 graus centígrados mais quente quando exposto ao sol. O cinza claro diminui em 10 graus a temperatura interna. Por isto é usado como padrão de aeronaves patrulha.

As aeronaves de ataque solo e de penetração de longo alcance tem que ter cores que igualam a paisagem terrestre que sobrevoam quando estão voando baixo para reduzir a chance de serem vistos pelo inimigo. O terreno pode ser floresta, montanha e deserto. As aeronaves que geralmente voam a grande altitude também usam o cinza de superioridade aérea. O vôo a grande altitude é desejável pois consome menos combustível e permite atingir velocidades maiores como o uso de supercruzeiro. O vôo a baixa altitude dobra o consumo de combustível mas é usado em algumas ocasiões como técnica de mascaramento do terreno para fugir de alguns radares.

As cores navais variam de cinza claro até azul escuro e o verde também pode ser usado. Os JU-88 alemães usavam um sistema de linhas tortuosas de azul claro chamado espelho das ondas. Nas Malvinas foi percebido que a parte superior deve ser pelo menos cinza-naval extra escuro para não comprometer aeronaves voando baixo. Os A-4 Argentinos tinham cor cinza-gaivota e eram facilmente notados. Os Tornados da Marinha Alemã também usam um sistema de camuflagem cinza mais escuro.

Imagem
Uma aeronave voando baixo pode ser difícil de detectar, mas a sombra escura se movendo é relativamente fácil de detectar.

Imagem
Caças F-4E Phantom II da Força Aérea Israelense. A foto mostra várias aeronaves que são difíceis de serem detectadas a primeira vista devido a camuflagem.

Imagem
A camuflagem de uma aeronave de ataque deve fundir com o fundo onde deve operar.

TÁTICAS

A melhor maneira de se conseguir furtividade no espectro visual é voar a noite. Voar a noite é o mínimo necessário para evitar as defesas mais leves como artilharia antiaérea guiada visualmente e mísseis portáteis guiados por calor e apontados manualmente. Porém está opção nem sempre é possível ou taticamente desejável.

O B-2 foi pintado de cinza escuro pois não foi projetado com padrão tático de voar a noite pois durante a Guerra Fria foi projetado para bombardear a URSS e a rota mais direta era o circulo polar ártico com sol durante 24 horas por dia. A cor escura é devido a altitude de cruzeiro de mais de 17 mil metros. A aeronave tem sensores que determinam a luminosidade externa para determinar qual a altitude ideal que melhor combina com a cor externa da superfície. Caças de superioridade aérea como o F-22A tem que voar a qualquer hora do dia.

O AC-130 só ataca a noite em cenários de baixa intensidade. Já no Vietnã foi notado que tinha perdas altas voando de dia ou quando o inimigo tinha defesas guiadas por radar. Dependendo da ameaça podia escolher a arma para ficar distante. Tinha opção de usar a Minigun calibre 7,62mm, canhão 20-25mm, depois 40mm e até chegar no canhão de 105mm. No Golfo em 1991, um AC-130 apoiava as tropas americanas na batalha de Kafji quando o E-3 AWACS ordenou que voltasse para base pois o sol estava nascendo. O piloto disse que iria continuar e foi derrubado 30 segundos depois por um míssil SA-7.

A melhor cor para voar a noite é a cor cinza e não o preto como é instintivamente aceito. A cor preta é uma cor de alta visibilidade e é usada em algumas aeronaves como os treinadores RAF. Os A-10 derrubados durante a Guerra do Golfo em 1991 constituíram 25% das perdas totais. Foram 20 aeronaves atingidas, mas nenhum a noite. A cor verde escura ajudava a camuflar a aeronave a noite.

Já na Segunda Guerra Mundial os alemães descobriram que o negro das aeronaves pintadas nesta cor era mais escuro que o escuro da noite. Por isso seus caças noturnos eram pintados com camuflagem verde com tons marrons que também facilitava a camuflagem no solo. Os bombardeiros noturnos pintados de preto eram de fácil detecção com luzes de busca.

Um dos primeiros bombardeiros invisíveis pode ser considerado o hidroavião PBY-5 Catalina. Pintados de preto e equipados com radar, os "Black Cats" passaram a buscar e atacar navios japoneses no Pacífico que levavam suprimentos paras as guarnições japonesas espalhadas na região. As missões começaram no meio de 1942 e duraram até o fim da guerra. Houve muitas perdas no inicio mas eram bem efetivos. Levava duas toneladas de bombas.

A inadequação da cor preta para uso noturno é melhor entendida com o uso de óculos de visão noturno (OVN ou NVG), ou intensificadores de luz residual. O uso de camuflagem escura da face destoa bem da paisagem por não refletir luz nenhuma e os soldados podem ser facilmente detectados.

Imagem
A camuflagem do primeiro protótipo do F-117 era cinza de superioridade aérea mas acabou sendo pintado de preto e por isso evita voar próximo a nuvens, abaixo ou acima para não mostrar a silhueta contra as nuvens. Essa cor só é invisível se não houver luar ou se o céu estiver coberto por nuvens. Durante a Guerra do Golfo, os pilotos de F-15 as vezes viam a silhueta do F-117 pois a lua servia como iluminador de fundo.

Apesar de ágil, o F-117 não tem armas para se defender de outros caças. Isto não importa a noite quando não há combate aproximado. De dia a cor escura é muito fácil de ver. Os pilotos só treinam para atacar a noite, só voam uma missão por dia. Um problema é que a noite também esconde o alvo.

Não se sabe ao certo o motivo do F-117 ser pintado de negro ao invés de cinza. Um engenheiro citou que um comandante achava que um piloto de caça não voaria uma aeronave pintada de cor pastel. Outra fonte disse que um oficial general não acreditava que o F-117 poderia sobreviver de dia e queria garantir que ninguém tentaria usa-lo.

O preto é uma das cores menos furtivas para o vôo de dia e as aeronaves de treinamento da RAF e da USAF tem cores pretas para diminuir o risco de colisão por ser a pintura mais visível. Preto também não é o melhor a noite, pois existe alguma luz vindo da lua e pode dar contraste com fundo de nuvem clara ou até o céu.

O F-117 testou camuflagem cinza em 1993 e depois uma textura cinza chamada Senior Spud. Em 2004 foi novamente iniciado testes com uso de pintura cinza para ver se podia opera de dia junto com outras aeronaves. Para o Have Blue, a Lockheed estudou uma graduação de cinza, mais claro no fundo e escuro no topo.

Outro cuidado a ser tomando durante o vôo noturno é diminuir ao máximo a luz produzida pelos instrumentos do painel refletido. As luzes de formação são obviamente desligadas. Um problema é o vôo em formação durante a noite. Os B-1 em vôo noturno usam o radar apontado para o ala que voam mais a frente. As vezes ligam as luzes por alguns instantes para ficarem bem visíveis nos NVG e pelo menos na volta para casa.

O planejamento de missão também deve considerar as nuvens, locais de formação de trilhas de condensação, a posição do sol no local do ataque para cegar sensores IR e EO, a sombra em relação ao céu e paisagem e se possível as possíveis direções do reflexo do sol na cabine e fuselagem.

Os caças atuais usam cobertura anti-reflexo nos canopi para diminuir o reflexo de luz, principalmente do sol. O F-117 voa em altitude média na maior parte do tempo para melhorar sua capacidade de furtividade e aquisição de alvo. É nessa altitude que o gelo e as nuvens causam maior problema.

Para evitar as trilhas de condensação (contrail) é necessário voar acima da altitude de formação e é possível usar material nos gases do motor para quebrar as partículas de água em partículas finas e diminuir ou eliminar o contrail. Um dos produtos usados é o acido cloro fluor sulfônico. O B-2 usa um radar laser (LIDAR) chamado "Pilot Alert System" para detectar o contrail mudar de altitude.

Imagem
As trilhas de condensação fazem a aeronave ficar visível a centenas de km de distância.


Imagem
O reflexo do sol no cockpit também é diminuído com cobertura anti-reflexo. A aeronave está com o PC ligado e com a assinatura IR comprometida.

A fumaça do motor é outra fonte que pode denunciar a presença de uma aeronave. O motor J-79 do F-4 produz muita fumaça e os piloto americanos no Vietnã tinham que usar um motor com o pós-combustor ligado e outro sem potencia para diminuir a fumaça. Reduzir a fumaça é possível aumentando a eficiência da câmera de combustão.

O tamanho físico de uma aeronave também influencia na assinatura visual. Num dogfight, um caça menor leva vantagem pois um caça grande como o F-15 pode ser visível a 15 km e um pequeno como o F-5 a partir de 4km na parte frontal. Na Segunda Guerra Mundial as aeronaves em formatura cerrada numerosa podiam ser visíveis a 80km de distância, mas não isoladamente. O mesmo se aplica em relação às defesas antiaéreas.

Diminuir tamanho nem sempre é possível e tem limitações. O B-2 tem uma silhueta lateral do mesmo tamanho do F-15 por não usar superfícies de controle verticais e é considerado difícil de ser visto. Visto de baixo tem o mesma área de um Boeing 747.

_________________
"RTF"


Voltar ao topo
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página 1, 2, 3  Próximo

Todos os horários são


Quem está online


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
cron
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group  
Design By Poker Bandits  
Traduzido por: Suporte phpBB Brasil