Forum Base Militar Web Magazine

Bem-vindo: Qui Nov 14, 2019 3:40 am

Todos os horários são




Criar novo tópico Este tópico está trancado. Você não pode responder ou editar mensagens.  [ Array ]  Ir para página Anterior  1 ... 85, 86, 87, 88, 89, 90, 91 ... 136  Próximo
Autor Mensagem
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Sex Ago 03, 2012 8:39 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Jan 01, 2010 9:52 pm
Mensagens: 9235
Eu sou totalmente a favor de compras trocadas, eu compro teu produto e vc compra o meu, e não precisa ser material militar, gerando negócios para o país está bom.

Se nós comprarmos avião e eles comprarem um navio mercante, está de bom tamanho, a transferência de tecnologia gera muitas suspeitas, tem um valor difícil de ser avaliado.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Sex Ago 03, 2012 10:30 pm 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Seg Out 15, 2007 9:04 pm
Mensagens: 819
Localização: São José dos Campos - SP
Pois é, Suspeito que o FX-2 virou troca.
O renascimento e recolhimento ultimo junto com o resultado do ST afegão, aumentou mais a minha suspeita.
Vamos ver... Espero apenas que o esforço da nação em busca do domínio dos armamentos não seja em vão.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Sáb Ago 04, 2012 12:26 am 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Sáb Fev 10, 2007 1:22 pm
Mensagens: 2113
Acho que esse papo de ST / SH uma "forçação de barra" do cacete.

Eles compram milhões e nós compramos bilhões.
Eles compram um avião sem nenhuma pretensão ou tecnologias sensíveis, e nós amarramos nossa defesa aérea por 40 anos.

Isso tem cara de parceria Caracú, e agente não está entrando com a cara.

Compre-se por que é bom, porque os off sets idem e etc.
Mas esse papo de ST / SH prá mim é muita viagem.

Mas isso é só a minha opinião.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Seg Ago 06, 2012 12:24 am 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Sáb Nov 15, 2008 7:53 am
Mensagens: 2513
Boeing, Super Hornet Suppliers Present Prospects for Brazilian Industry At Porto Alegre and São José Dos Campos Conferences

(Source: Boeing Co.; issued August 2, 2012)

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, Brazil — Boeing and a dozen of its F/A-18E/F Super Hornet suppliers highlighted opportunities available to Brazilian industry at conferences on July 31 in Porto Alegre and Aug. 1 in São José dos Campos. A wide-ranging industrial participation program is part of Boeing’s Super Hornet offering in Brazil’s F-X2 fighter competition.

“The participation of so many Super Hornet team members in these conferences and the opportunities presented demonstrate the commitment of Boeing and its suppliers to work with Brazilian industry in ways that draw on the strengths of local companies and provide a foundation for long-term growth,” said Susan Colegrove, regional director of International Strategic Partnerships for Boeing Defense, Space & Security.

The prospects presented include:
* Raytheon has identified local manufacture and support opportunities for components in its Advanced Targeting Forward Looking Infrared pod and the APG-79 Active Electronically Scanned Array radar avionics systems.
* Northrop Grumman plans to work with Brazilian aerospace companies on advanced composites activities including production of composite material, composite fabrication tools, assembly tooling and the manufacture of advanced composites parts and major assembly components.
* GE Aviation has outlined opportunities related to the inspection, testing, maintenance and support of engines.


Other Super Hornet suppliers at the conferences included BAE Systems, Eaton, GKN, Harris, Honeywell, Moog, Parker Aerospace, UTC Aerospace Systems and Woodward.

Representatives from the U.S. Embassy in Brazil participated in the São José dos Campos conference, which was attended by nearly 80 companies from the state of São Paulo. The conference was arranged with CECOMPI, the Center for Competitiveness and Innovation for the northeastern region of São Paulo, and ABIMAQ, the Brazilian Association of Machinery and Equipment.

FIERGS, the Federation of Industries of Rio Grande do Sul, was instrumental in coordinating the Porto Alegre conference, which drew representatives from more than 50 companies from the state of Rio Grande do Sul.

A unit of The Boeing Company, Boeing Defense, Space & Security is one of the world’s largest defense, space and security businesses specializing in innovative and capabilities-driven customer solutions, and the world’s largest and most versatile manufacturer of military aircraft. Headquartered in St. Louis, Boeing Defense, Space & Security is a $32 billion business with 61,000 employees worldwide.

-ends-


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Seg Ago 06, 2012 10:35 am 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Qui Jul 10, 2008 9:42 am
Mensagens: 1509
Localização: SANTA MARIA - RS
Caveirão escreveu:
Acho que esse papo de ST / SH uma "forçação de barra" do cacete.

Eles compram milhões e nós compramos bilhões.
Eles compram um avião sem nenhuma pretensão ou tecnologias sensíveis, e nós amarramos nossa defesa aérea por 40 anos.

Isso tem cara de parceria Caracú, e agente não está entrando com a cara.

Compre-se por que é bom, porque os off sets idem e etc.
Mas esse papo de ST / SH prá mim é muita viagem.

Mas isso é só a minha opinião.


Qual a diferença para a proposta do Rafale, principalmente na parceria Caracú?


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Seg Ago 06, 2012 7:14 pm 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Sáb Fev 10, 2007 1:22 pm
Mensagens: 2113
A diferença é que este é o tópico do F-18. :wink: :mrgreen:
Em nenhuma letra eu falei de Rafale, a proposta dos franceses é outra coisa e creio deva ser debatida no tópico específico. :wink:

E SE a proposta francesa também for ruim, isso não quer dizer que tenhamos obrigatoriamente que escolher entre estar com a m... até o nariz ou até o queixo.

Minha opinião, só isso.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Ter Ago 07, 2012 5:41 pm 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Seg Out 15, 2007 9:04 pm
Mensagens: 819
Localização: São José dos Campos - SP
E colocando mais pimenta:

Lembrar do contrato com a Boing para que esta integre armamentos ( americanos ) no ST.
E a aproximação com a israelense integradora FAB, talvez uma forma de integrar nossos armamentos.

Aguardemos, mas antes em relação aos milhões por bilhões, convêm lembrar que se um possível acordo de bastidores incluir o próprio US a relação não é tão perniciosa.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Qua Ago 08, 2012 7:43 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 10, 2011 8:18 am
Mensagens: 2298
Nas feiras nos EUA:

Depois de alguns dias de férias e retornando ao submundo, Brasil, lá no exterior o Super Tucano é conhecimento como “brinquedo de iniciante”, tampouco um inexistente objeto de debate nas feiras militares. Apenas reconhecem o potencial do equipamento, mas nada que surpreenda muito, sob o argumento: enquanto o mundo está pensando numa guerra tecnológica, o submundo ainda quer a velha, rústica, batalha.

Obs.: Mera observação do que vi lá.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Qua Ago 08, 2012 9:52 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Jan 01, 2010 9:52 pm
Mensagens: 9235
Cavaleiro escreveu:
Nas feiras nos EUA:

Depois de alguns dias de férias e retornando ao submundo, Brasil, lá no exterior o Super Tucano é conhecimento como “brinquedo de iniciante”, tampouco um inexistente objeto de debate nas feiras militares. Apenas reconhecem o potencial do equipamento, mas nada que surpreenda muito, sob o argumento: enquanto o mundo está pensando numa guerra tecnológica, o submundo ainda quer a velha, rústica, batalha.

Obs.: Mera observação do que vi lá.

Não errou de tópico?


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Qua Ago 08, 2012 10:21 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 10, 2011 8:18 am
Mensagens: 2298
wstrobel escreveu:
Cavaleiro escreveu:
Nas feiras nos EUA:

Depois de alguns dias de férias e retornando ao submundo, Brasil, lá no exterior o Super Tucano é conhecimento como “brinquedo de iniciante”, tampouco um inexistente objeto de debate nas feiras militares. Apenas reconhecem o potencial do equipamento, mas nada que surpreenda muito, sob o argumento: enquanto o mundo está pensando numa guerra tecnológica, o submundo ainda quer a velha, rústica, batalha.

Obs.: Mera observação do que vi lá.

Não errou de tópico?


Não porque a feira objetivava o SH. E tinha um quadradinho sobre o ST, como o pessoal estava falando sobre a integração de armas no ST, achei interessante postar o que eles falam lá do ST e SH. Eles vêem como uma grande atitude do Brasil em comprar o SH e os EUA o ST... mero comentário.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Qua Ago 08, 2012 12:12 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Jan 01, 2010 9:52 pm
Mensagens: 9235
Cost of 'Growler' Jets Blows Out to $1.7b
08 Agustus 2012 OBS: A conversão de Dólar Australiano para Dolar Americano é praticamente 1 por 1.

The cost to the taxpayer of converting 12 RAAF Super Hornets into $250 million electronic warfare warriors, or ''Growlers'', has increased almost six fold from $300 million to $1.7 billion.

By the time they are expected to come on line around the end of the decade, the planes' jamming pods will be close to their use-by date.

The United States government has had to accelerate its ''next generation jammer'' program to counter problems with its own Growler fleet and the results of that research could be operational by the early 2020s.

Australian critics say Defence wants to spend top dollar for technology that dates back to 1971, was used on F-111s over Baghdad during the first Gulf War, has ''survivability issues'' in a combat environment and that America hopes to replace sooner rather than later.

Although the Australian government will not commit to Growler until next month at the earliest, it has already spent $55 million on the capability which has been strongly championed by members of the ADF senior leadership group.

Of this, $35 million was allocated in February 2009 to hardwire 12 of the 24 Super Hornets ''for but not with'' the Growler package. A further $20 million was allocated by Defence Minister Stephen Smith in March this year to fund ''long lead items''.

Joel Fitzgibbon, the then defence minister, said on February 27, 2009, that Australia's Growler project would ''require an additional investment of around $300 million''.

What he did not say was Australia wasn't planning to buy the ALQ-99 electronic warfare pods, just the systems and hardware to allow them to be fitted on an ''as required'' basis.

''Subsequently the US Defence Security Cooperation Agency advised the US Congress last May 22 of a potential sale of the Growler to Australia at an estimated cost of $1.7 billion,'' a Defence spokesman has explained. ''The initial proposal that underpinned the 2009 cost estimate would have provided a lesser capability than Defence now proposes to acquire''.

The pods would have had to be obtained from the United States Navy whenever Australia wanted them, a source said. The US would have retained absolute control over the RAAF's use of the Growler technology.

To buy the pods for 12 planes outright will cost an additional $1.4 billion, just $100 million short of the 2012-13 Australian budget surplus target.

The ALQ-99 pods have been criticised as unreliable by the US Government Accountability Office which said in 2010 the US Navy had identified ''seven major deficiencies'' and that the Director of Operational Test and Evaluation found the electronic attack suite ''degraded'' the aircraft's radar performance.

''The new plane [the Growler] is carrying aged ALQ-99 jamming pods into a future where they will be woefully inadequate,'' US analyst Loren Thompson says. Fonte: (Canberra Times)

OBS: Depois que comprar a conversa é outra!!!


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Qua Ago 08, 2012 1:11 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Não é este o caso.... o EA-18G (Growler) tem muito em comum, principalmente plataforma, motorização e radar com os F/A-18E/F.... mas desde cabeamentos e principalmente equipamentos de guerra eletrônica o buraco é mais em baixo....

Isto custa muito caro..... fora o trabalho de modificação de uma plataforma para outra.

Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Qua Ago 08, 2012 1:17 pm 
Offline
Avançado
Avançado
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sáb Out 17, 2009 8:22 pm
Mensagens: 384
Localização: Lavras/MG
Cavaleiro escreveu:
wstrobel escreveu:
Cavaleiro escreveu:
Nas feiras nos EUA:

Depois de alguns dias de férias e retornando ao submundo, Brasil, lá no exterior o Super Tucano é conhecimento como “brinquedo de iniciante”, tampouco um inexistente objeto de debate nas feiras militares. Apenas reconhecem o potencial do equipamento, mas nada que surpreenda muito, sob o argumento: enquanto o mundo está pensando numa guerra tecnológica, o submundo ainda quer a velha, rústica, batalha.

Obs.: Mera observação do que vi lá.

Não errou de tópico?


Não porque a feira objetivava o SH. E tinha um quadradinho sobre o ST, como o pessoal estava falando sobre a integração de armas no ST, achei interessante postar o que eles falam lá do ST e SH. Eles vêem como uma grande atitude do Brasil em comprar o SH e os EUA o ST... mero comentário.


Deixa eu ver se entendí........
1. "eles" acham que o ST é um brinquedo de iniciante;
2. tampouco um inexistente objeto de debate nas feiras militares (????????????????????);
3."eles" reconhecem o potencial do equipamento (mesmo achando que é um brinquedo);
4."eles" vêem como uma grande atitude do Brasil em comprar o SH e os EUA o ST (mesmo achando que o ST é um brinquedo);
5. definitivamente o post não tem nada a ver com SH.

Não quero ser chato, mas as vezes o que você posta entra em conflito com suas próprias informações e fica difícil entender "a mensagem". Isso sem falar, que nada que o "submundo" faz, tá bom pra você (ST é brinquedo, C390 vai ser um fracasso, o sub nuc nunca vai sair do papel).......
Por favor, não me leve a mal, mas é o que eu acho.


abç.



kid.

_________________
“Entre outros males, estar desarmado significa ser desprezível”
(Maquiavel).
Imagem


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Qua Ago 08, 2012 1:41 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 10, 2011 8:18 am
Mensagens: 2298
Claro que não vou levar a mal. Coloquei um OBS dizendo que são meras observações do que vi lá. Foi só um comentário, nada de crítica ou elogio.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Qua Ago 08, 2012 3:39 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Jun 14, 2009 11:59 pm
Mensagens: 5835
Cavaleiro escreveu:
wstrobel escreveu:
Cavaleiro escreveu:
Nas feiras nos EUA:

Depois de alguns dias de férias e retornando ao submundo, Brasil, lá no exterior o Super Tucano é conhecimento como “brinquedo de iniciante”, tampouco um inexistente objeto de debate nas feiras militares. Apenas reconhecem o potencial do equipamento, mas nada que surpreenda muito, sob o argumento: enquanto o mundo está pensando numa guerra tecnológica, o submundo ainda quer a velha, rústica, batalha.

Obs.: Mera observação do que vi lá.

Não errou de tópico?


Não porque a feira objetivava o SH. E tinha um quadradinho sobre o ST, como o pessoal estava falando sobre a integração de armas no ST, achei interessante postar o que eles falam lá do ST e SH. Eles vêem como uma grande atitude do Brasil em comprar o SH e os EUA o ST... mero comentário.
kid gumer escreveu:
Deixa eu ver se entendí........
1. "eles" acham que o ST é um brinquedo de iniciante;
2. tampouco um inexistente objeto de debate nas feiras militares (????????????????????);
3."eles" reconhecem o potencial do equipamento (mesmo achando que é um brinquedo);
4."eles" vêem como uma grande atitude do Brasil em comprar o SH e os EUA o ST (mesmo achando que o ST é um brinquedo);
5. definitivamente o post não tem nada a ver com SH.

Não quero ser chato, mas as vezes o que você posta entra em conflito com suas próprias informações e fica difícil entender "a mensagem". Isso sem falar, que nada que o "submundo" faz, tá bom pra você (ST é brinquedo, C390 vai ser um fracasso, o sub nuc nunca vai sair do papel).......
Por favor, não me leve a mal, mas é o que eu acho.
abç.
kid.


Não errou somente o tópico ... errou o País também ... uma Nação é feita de Homens e um Homem que fala mau de sua própria casa ... eternamente debruçado no muro invejando a piscina da casa do vizinho ... jamais alcançará prosperidade ... assim, mude-se para a casa do vizinho e seja feliz ... não fará falta ...

Sds
Spock

_________________
[] Spock

Os Estados não se defendem exigindo explicações, pedidos de desculpas ou com discursos na ONU.

“Quando encontrar um espadachim, saque da espada: não recite poemas para quem não é poeta”


Voltar ao topo
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Este tópico está trancado. Você não pode responder ou editar mensagens.  [ Array ]  Ir para página Anterior  1 ... 85, 86, 87, 88, 89, 90, 91 ... 136  Próximo

Todos os horários são


Quem está online


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
cron
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group  
Design By Poker Bandits  
Traduzido por: Suporte phpBB Brasil