Forum Base Militar Web Magazine

Bem-vindo: Qui Nov 14, 2019 4:26 am

Todos os horários são




Criar novo tópico Este tópico está trancado. Você não pode responder ou editar mensagens.  [ Array ]  Ir para página Anterior  1 ... 90, 91, 92, 93, 94, 95, 96 ... 136  Próximo
Autor Mensagem
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Seg Out 29, 2012 12:40 am 
Offline
Avançado
Avançado
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sáb Out 17, 2009 8:22 pm
Mensagens: 384
Localização: Lavras/MG
achei a hipótese um pouco simplista. Me lembro que a única vitória confirmada do Iraq contra um caça americano na guerra do golfo foi de um dinossauro Mig-25 (do tamanho de um mamute) contra um F-18 C..... exitem muitas variáveis para mensurar.



kid.

_________________
“Entre outros males, estar desarmado significa ser desprezível”
(Maquiavel).
Imagem


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Seg Out 29, 2012 1:14 pm 
Offline
Avançado
Avançado
 Perfil

Registrado em: Qui Jan 07, 2010 2:11 pm
Mensagens: 639
Localização: Sao Paulo - SP
kid gumer escreveu:
achei a hipótese um pouco simplista. Me lembro que a única vitória confirmada do Iraq contra um caça americano na guerra do golfo foi de um dinossauro Mig-25 (do tamanho de um mamute) contra um F-18 C..... exitem muitas variáveis para mensurar.



kid.


Essa vitória foi confirmada?

Pelo que me lembro, esta vitória teria sido obtida na primeira noite da guerra do golfo (1991) e levou ao desaparecimento (missing in action) de seu piloto Scott Speicher. Li que acharam o corpo dele em 2009, mas havia uma discussão acerca do que havia abatido este f-18. Inicialmente foi atribuído a um SAM, mas um companheiro dele insistia na tese do mig-25. Não sei qual foi a conclusão do caso...


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Seg Out 29, 2012 2:59 pm 
Offline
Avançado
Avançado
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sáb Out 17, 2009 8:22 pm
Mensagens: 384
Localização: Lavras/MG
Jacinto escreveu:
Essa vitória foi confirmada?

Pelo que me lembro, esta vitória teria sido obtida na primeira noite da guerra do golfo (1991) e levou ao desaparecimento (missing in action) de seu piloto Scott Speicher. Li que acharam o corpo dele em 2009, mas havia uma discussão acerca do que havia abatido este f-18. Inicialmente foi atribuído a um SAM, mas um companheiro dele insistia na tese do mig-25. Não sei qual foi a conclusão do caso...


Sim, a vitória já está confirmada para um Mig-25PD, que abateu o avião de Speicher com um míssil R-40. Inclusive o fato foi alvo de matéria na revista "ASAS" ano VII, número 37.



kid.

_________________
“Entre outros males, estar desarmado significa ser desprezível”
(Maquiavel).
Imagem


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Seg Out 29, 2012 3:22 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qua Abr 02, 2008 5:32 pm
Mensagens: 3526
Enxergar e atirar primeiro não é tudo!

Se pilotos de Gripen, Rafale e SH enfrentarem Sukhoi e F-15 é bom que além coragem eles tenham um pouco de sorte para conseguir fugir no caso de um engajamento fracassado.

Estava lendo sobre a guerra do golfo e descobri que um Mig-25 iraquiano tentou interceptar um veloz EF-111 e ainda teve fôlego para fugir da escolta de F-15. Não é a toa que o dinossauro russo Mig-31 ainda está em serviço e que existe um mercado para interceptadores puro-sangue.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Seg Out 29, 2012 8:11 pm 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Qua Jan 10, 2007 6:07 pm
Mensagens: 2201
Spock escreveu:
cb_lima escreveu:
O AESA já está operacional no F-15 da USAF e em Singapura.

Inclusive até na Guarda Aérea Nacional.

Tive o prazer de ver um F-15C do Oregon equipado com esse radar e conversar com os pilotos aqui em McChord.

[]s
CB_Lima


Amigos Lima e Wellington,

Um breve raciocínio !

Pilotos ... dois ases experientes;
TO ... desconhecido de ambos;

Um pilota SH o outro o Eagle ... quem "enxerga" primeiro? ... o SH ... quem atira primeiro? ... o SH ... quem tem maior chance de vitória? ...

Assim ... o Eagle pode voar mais alto, mais rápido, mais armamentos ... mas é provavel que perca ... isso vale também para o Gripen e o Rafale ... claro, dependendo da performance dos novos radares ...

O F-15 é um conceito antigo e isso pode fazer a diferença ...

Abc
Spock

Spock,

Eu entendo, mas eu só não sei de onde você tirou que um SH vai enxergar primeiro e vai atirar primeiro. Além disso o F-15 voa mais alto, mais longe e mais rápido. Ele é bom mesmo...

Desde a invenção do RWR a coisa não é tão simples assim.

Além disso como todo mundo já sabe, o RCS do SH é reduzido desde que ele esteja pelado e sem armamento ou tanque de combustível. Qualquer situação diferente disso o RCS dele vai ser grande, como acontece até com o F-35 levando armamento externo.

Por falar nisso a Air International tem um artigo muito interessante exatamente sobre o F-35 e armamento externos e o quanto isso elimina a 'furtividade'.

Se acontece no F-35... o que dirá no SH.

O conceito do F-15 é bem atual tirando o F-22 / F-35 e o PAK.

[]s
CB_Lima

_________________
Ordem e Progresso :)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Seg Out 29, 2012 9:28 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Mar 20, 2011 5:35 pm
Mensagens: 1122
rdx escreveu:
Enxergar e atirar primeiro não é tudo!

Se pilotos de Gripen, Rafale e SH enfrentarem Sukhoi e F-15 é bom que além coragem eles tenham um pouco de sorte para conseguir fugir no caso de um engajamento fracassado.

Estava lendo sobre a guerra do golfo e descobri que um Mig-25 iraquiano tentou interceptar um veloz EF-111 e ainda teve fôlego para fugir da escolta de F-15. Não é a toa que o dinossauro russo Mig-31 ainda está em serviço e que existe um mercado para interceptadores puro-sangue.

A família MiG 25/31 é ignorância pura! O MiG 25 foi criado pra caçar o XB70 Valkyrie, projeto de bombardeiro supersônico americano que chegava a Mach 3. Seu radar valvulado passava por cima de qualquer contramedida eletrônica e, creio eu, ainda é o jato de combate mais rápido do mundo, e que pode chegar mais alto. Seus únicos defeitos são que ele é beberrão e pesado feito uma baleia.

_________________
“Para saber quem domina o mundo, você deve saber qual grupo não se pode criticar” - Kevin Alfred Strom
"Somente os ingênuos ou ignorantes acham que o Brasil não possui inimigos" - Batman


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Ter Out 30, 2012 12:26 pm 
Offline
Avançado
Avançado
 Perfil

Registrado em: Qui Jan 07, 2010 2:11 pm
Mensagens: 639
Localização: Sao Paulo - SP
Snowmeow escreveu:
rdx escreveu:
Enxergar e atirar primeiro não é tudo!

Se pilotos de Gripen, Rafale e SH enfrentarem Sukhoi e F-15 é bom que além coragem eles tenham um pouco de sorte para conseguir fugir no caso de um engajamento fracassado.

Estava lendo sobre a guerra do golfo e descobri que um Mig-25 iraquiano tentou interceptar um veloz EF-111 e ainda teve fôlego para fugir da escolta de F-15. Não é a toa que o dinossauro russo Mig-31 ainda está em serviço e que existe um mercado para interceptadores puro-sangue.

A família MiG 25/31 é ignorância pura! O MiG 25 foi criado pra caçar o XB70 Valkyrie, projeto de bombardeiro supersônico americano que chegava a Mach 3. Seu radar valvulado passava por cima de qualquer contramedida eletrônica e, creio eu, ainda é o jato de combate mais rápido do mundo, e que pode chegar mais alto. Seus únicos defeitos são que ele é beberrão e pesado feito uma baleia.


O mig-25 (com exceção dos modelos de reconhecimento) demonstra, na verdade, os motivos pelos quais a URSS faliu. Criaram um avião caríssimo de produzir e operar (para os padrões soviéticos), baseado em uma ameaça inexistente (o XB70 jamais se tornou operacional). Fizeram, nos anos 60, um projeto pensando na realidade dos anos 50 (em que as armas nucleares eram despejadas de aviões bombardeiros) e quando se tornou operacional, nos anos 70, já estava fora de contexto porque então o principal vetor das armas nucleares não era mais o bombardeiros estratégicos, mas os misseis intercontinetais.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Ter Out 30, 2012 12:35 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 10, 2011 8:18 am
Mensagens: 2298
Snowmeow escreveu:
rdx escreveu:
Enxergar e atirar primeiro não é tudo!

Se pilotos de Gripen, Rafale e SH enfrentarem Sukhoi e F-15 é bom que além coragem eles tenham um pouco de sorte para conseguir fugir no caso de um engajamento fracassado.

Estava lendo sobre a guerra do golfo e descobri que um Mig-25 iraquiano tentou interceptar um veloz EF-111 e ainda teve fôlego para fugir da escolta de F-15. Não é a toa que o dinossauro russo Mig-31 ainda está em serviço e que existe um mercado para interceptadores puro-sangue.

A família MiG 25/31 é ignorância pura! O MiG 25 foi criado pra caçar o XB70 Valkyrie, projeto de bombardeiro supersônico americano que chegava a Mach 3. Seu radar valvulado passava por cima de qualquer contramedida eletrônica e, creio eu, ainda é o jato de combate mais rápido do mundo, e que pode chegar mais alto. Seus únicos defeitos são que ele é beberrão e pesado feito uma baleia.



É sempre aquele velho e badalado discurso: Seus únicos defeitos são que ele é beberrão e pesado feito uma baleia. Ora, para exercer o tipo de missão do qual foi projeto requer tudo isso, inclusive disposição governamental para tê-lo.

Sem ofensas!


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Ter Out 30, 2012 9:14 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qua Abr 02, 2008 5:32 pm
Mensagens: 3526
A falência da URSS não tem nada a ver com os custos do Mig-25 ou de qualquer outra aeronave. O modelo econômico soviético estava fadado ao fracasso desde o início e a crise do petróleo da década de 70 precipitou o seu colapso.

A respeito da utilidade do Mig-25, ele durante décadas esteve de prontidão para interceptar B-52, F-111, B1 ou qualquer outra aeronave inimiga capaz de utilizar armas nucleares.

A propósito, o seu irmão mais novo Mig-31 está aí para provar que o conceito de interceptador de longo alcance ainda é válido. Afinal, ainda existem B-52 e B-1 em atividade, não é verdade?


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Qua Out 31, 2012 12:46 am 
Offline
Avançado
Avançado
 Perfil

Registrado em: Sex Fev 13, 2009 1:24 pm
Mensagens: 654
Cavaleiro escreveu:
Snowmeow escreveu:
rdx escreveu:
Enxergar e atirar primeiro não é tudo!

Se pilotos de Gripen, Rafale e SH enfrentarem Sukhoi e F-15 é bom que além coragem eles tenham um pouco de sorte para conseguir fugir no caso de um engajamento fracassado.

Estava lendo sobre a guerra do golfo e descobri que um Mig-25 iraquiano tentou interceptar um veloz EF-111 e ainda teve fôlego para fugir da escolta de F-15. Não é a toa que o dinossauro russo Mig-31 ainda está em serviço e que existe um mercado para interceptadores puro-sangue.

A família MiG 25/31 é ignorância pura! O MiG 25 foi criado pra caçar o XB70 Valkyrie, projeto de bombardeiro supersônico americano que chegava a Mach 3. Seu radar valvulado passava por cima de qualquer contramedida eletrônica e, creio eu, ainda é o jato de combate mais rápido do mundo, e que pode chegar mais alto. Seus únicos defeitos são que ele é beberrão e pesado feito uma baleia.



É sempre aquele velho e badalado discurso: Seus únicos defeitos são que ele é beberrão e pesado feito uma baleia. Ora, para exercer o tipo de missão do qual foi projeto requer tudo isso, inclusive disposição governamental para tê-lo.

Sem ofensas!


Concordo. Para ter certas capacidades é necessária a vontade política. E um modelo que resorte em Forças Armadas e não em Forças Desarmadas e Desmuniciadas.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Qua Out 31, 2012 7:00 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 10, 2011 8:18 am
Mensagens: 2298
rdx escreveu:
A falência da URSS não tem nada a ver com os custos do Mig-25 ou de qualquer outra aeronave. O modelo econômico soviético estava fadado ao fracasso desde o início e a crise do petróleo da década de 70 precipitou o seu colapso.

A respeito da utilidade do Mig-25, ele durante décadas esteve de prontidão para interceptar B-52, F-111, B1 ou qualquer outra aeronave inimiga capaz de utilizar armas nucleares.

A propósito, o seu irmão mais novo Mig-31 está aí para provar que o conceito de interceptador de longo alcance ainda é válido. Afinal, ainda existem B-52 e B-1 em atividade, não é verdade?


É mais viável financeiramente manter aviões de interceptação de longa distância a instalar várias unidades aéreas pelo país.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Qua Out 31, 2012 1:45 pm 
Offline
Avançado
Avançado
 Perfil

Registrado em: Qui Jan 07, 2010 2:11 pm
Mensagens: 639
Localização: Sao Paulo - SP
rdx escreveu:
A falência da URSS não tem nada a ver com os custos do Mig-25 ou de qualquer outra aeronave. O modelo econômico soviético estava fadado ao fracasso desde o início e a crise do petróleo da década de 70 precipitou o seu colapso.


Rdx, eu acho que não fui claro.

Óbvio que não foi o mig25 que faliu a URSS, e eu não escrevi nada nem parecido com isso. O que eu escrevi, literalmente, é que ele "demonstra, na verdade, os motivos pelos quais a URSS faliu". . E isso é verdade para quase todos os equipamentos soviéticos da época da guerra fria. Todos os equipamentos soviéticos foram produzidos com base na experiência deles na 2 guerra, na qual, como dizia Stalin, "quantidade é uma qualidade em si mesmo". E por isso produziam milhares deles como se fossem coisas descartáveis, gastando bilhões de dólares nisso. Só que depois de menos de 10 anos de o mig25 estar operacional ele já estava sendo derrubado pelos f15 israelenses. E aí gastaram mais bilhões de dolares para desenvolver o su-27. Só que do outro lado da cerca, desta vez, estavam os EUA que podiam sustentar esta corrida armamentista porque sua economia era muito mais vigorosa. No total, a URSS torrou trilhões de dolares com armas e na década de 80, por exemplo, ainda era obrigada a importar trigo dos EUA. Em suma: o mig foi criado sob a mentalidade de que custo não era importante (por isso ele é beberrão e pesado feito uma baleia) e o resultado todos conhecemos.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Qua Out 31, 2012 2:03 pm 
Offline
Avançado
Avançado
 Perfil

Registrado em: Qui Jan 07, 2010 2:11 pm
Mensagens: 639
Localização: Sao Paulo - SP
Cavaleiro escreveu:
rdx escreveu:
A falência da URSS não tem nada a ver com os custos do Mig-25 ou de qualquer outra aeronave. O modelo econômico soviético estava fadado ao fracasso desde o início e a crise do petróleo da década de 70 precipitou o seu colapso.

A respeito da utilidade do Mig-25, ele durante décadas esteve de prontidão para interceptar B-52, F-111, B1 ou qualquer outra aeronave inimiga capaz de utilizar armas nucleares.

A propósito, o seu irmão mais novo Mig-31 está aí para provar que o conceito de interceptador de longo alcance ainda é válido. Afinal, ainda existem B-52 e B-1 em atividade, não é verdade?


É mais viável financeiramente manter aviões de interceptação de longa distância a instalar várias unidades aéreas pelo país.


Sem dúvidas. O problema é que a URSS fazia os dois: mantinha várias unidades aéreas pelo país e ao mesmo tempo, aviões de interceptação de longa distância. Só na Alemanha Oriental, os soviéticos tinham mais de 30 bases aéreas.

Mas, a rigor, eles não tinham opções senão a de manter várias bases. Afinal, "não se coloca todos os ovos dentro da mesma cesta" como diz a minha avó e o cenário daquela época era o de "guerra total", diferente do que é hoje.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Qua Nov 07, 2012 8:40 pm 
Offline
Avançado
Avançado
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sáb Out 06, 2007 4:03 pm
Mensagens: 612
Localização: Brasília
Jacinto escreveu:
rdx escreveu:
A falência da URSS não tem nada a ver com os custos do Mig-25 ou de qualquer outra aeronave. O modelo econômico soviético estava fadado ao fracasso desde o início e a crise do petróleo da década de 70 precipitou o seu colapso.


Rdx, eu acho que não fui claro.

Óbvio que não foi o mig25 que faliu a URSS, e eu não escrevi nada nem parecido com isso. O que eu escrevi, literalmente, é que ele "demonstra, na verdade, os motivos pelos quais a URSS faliu". . E isso é verdade para quase todos os equipamentos soviéticos da época da guerra fria. Todos os equipamentos soviéticos foram produzidos com base na experiência deles na 2 guerra, na qual, como dizia Stalin, "quantidade é uma qualidade em si mesmo". E por isso produziam milhares deles como se fossem coisas descartáveis, gastando bilhões de dólares nisso. Só que depois de menos de 10 anos de o mig25 estar operacional ele já estava sendo derrubado pelos f15 israelenses. E aí gastaram mais bilhões de dolares para desenvolver o su-27. Só que do outro lado da cerca, desta vez, estavam os EUA que podiam sustentar esta corrida armamentista porque sua economia era muito mais vigorosa. No total, a URSS torrou trilhões de dolares com armas e na década de 80, por exemplo, ainda era obrigada a importar trigo dos EUA. Em suma: o mig foi criado sob a mentalidade de que custo não era importante (por isso ele é beberrão e pesado feito uma baleia) e o resultado todos conhecemos.


Na década de 80, os soviéticos introduziam o MiG-31 em suas fileiras, com radar PESA e mísseis R-33. Você acredita que um F-15 teria chances com essa combinação?
Muito pouca. A mesma que teria, se enfrentasse um F-14 com Phoenix...

É uma falácia a impressão de que os soviéticos se preocupavam apenas com a "quantidade", deixando de lado a qualidade. Não só o MiG-31 é prova cabal contra este preconceito estúpido, como a Classe Lyrae de submarinos, aqui conhecido como "Classe Alpha", submarinos nucleares compactos, casco em titânio (800 metros de profundidade, como limite) com reatores de núcleo líquido, totalmente automatizados, com tripulação de apenas 21 oficiais...
Sem falar na sua arma orgânica: o torpedo autocavitante...

Voltando ao campo aeronáutico, vamos lembrar: a primeira mira montada no capacete, com mísseis off-boresight (década de 80)...

Pois é...
Não pensavam em qualidade...


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Qua Nov 07, 2012 9:17 pm 
Offline
Avançado
Avançado
 Perfil

Registrado em: Qui Jan 07, 2010 2:11 pm
Mensagens: 639
Localização: Sao Paulo - SP
Higgins escreveu:
Jacinto escreveu:
rdx escreveu:
A falência da URSS não tem nada a ver com os custos do Mig-25 ou de qualquer outra aeronave. O modelo econômico soviético estava fadado ao fracasso desde o início e a crise do petróleo da década de 70 precipitou o seu colapso.


Rdx, eu acho que não fui claro.

Óbvio que não foi o mig25 que faliu a URSS, e eu não escrevi nada nem parecido com isso. O que eu escrevi, literalmente, é que ele "demonstra, na verdade, os motivos pelos quais a URSS faliu". . E isso é verdade para quase todos os equipamentos soviéticos da época da guerra fria. Todos os equipamentos soviéticos foram produzidos com base na experiência deles na 2 guerra, na qual, como dizia Stalin, "quantidade é uma qualidade em si mesmo". E por isso produziam milhares deles como se fossem coisas descartáveis, gastando bilhões de dólares nisso. Só que depois de menos de 10 anos de o mig25 estar operacional ele já estava sendo derrubado pelos f15 israelenses. E aí gastaram mais bilhões de dolares para desenvolver o su-27. Só que do outro lado da cerca, desta vez, estavam os EUA que podiam sustentar esta corrida armamentista porque sua economia era muito mais vigorosa. No total, a URSS torrou trilhões de dolares com armas e na década de 80, por exemplo, ainda era obrigada a importar trigo dos EUA. Em suma: o mig foi criado sob a mentalidade de que custo não era importante (por isso ele é beberrão e pesado feito uma baleia) e o resultado todos conhecemos.


Na década de 80, os soviéticos introduziam o MiG-31 em suas fileiras, com radar PESA e mísseis R-33. Você acredita que um F-15 teria chances com essa combinação?
Muito pouca. A mesma que teria, se enfrentasse um F-14 com Phoenix...

É uma falácia a impressão de que os soviéticos se preocupavam apenas com a "quantidade", deixando de lado a qualidade. Não só o MiG-31 é prova cabal contra este preconceito estúpido, como a Classe Lyrae de submarinos, aqui conhecido como "Classe Alpha", submarinos nucleares compactos, casco em titânio (800 metros de profundidade, como limite) com reatores de núcleo líquido, totalmente automatizados, com tripulação de apenas 21 oficiais...
Sem falar na sua arma orgânica: o torpedo autocavitante...

Voltando ao campo aeronáutico, vamos lembrar: a primeira mira montada no capacete, com mísseis off-boresight (década de 80)...

Pois é...
Não pensavam em qualidade...


Higgins

Eu nunca escrevi que os equipamentos soviéticos não tinham qualidade. Aliás, eu te desafio a me mostrar onde eu escrevi que equipamentos soviéticos não prestavam. O que eu escrevi - citei, na verdade - foi uma frase de Stalin que demonstra que a URSS sempre valorizou ter uma quantidade enorme de armamentos. E para você ver que eles levavam isso a sério, é só você comparar a quantidade de armas atômicas que os soviéticos com o que os EUA tinham no mesmo período.

Em 1985, a URSS tinha mais de 40 mil ogivas nucleares e estava aumentando seu estoque. Os EUA tinham 25 mil e estavam diminuindo o seu estoque. Ambos estavam em situação econômica ruim. É claro que é uma quantidade estupida. Vai fazer o que com tantas armas nucleares? O que explica esta discrepância?

A mentalidade soviética de que era necessário ter uma quantia absurda de armas. Esta mentalidade , esgotou sua economia. Então fazia ótimos equipamento, em quantidades absurdas... e acabou derrotada, sem guerra externa, pela estupidez de conceber uma defesa irrealista e apegada ao volume de equipamentos.

Então, não adianta fazer ótimo equipamento e falir a economia de seu país.


Voltar ao topo
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Este tópico está trancado. Você não pode responder ou editar mensagens.  [ Array ]  Ir para página Anterior  1 ... 90, 91, 92, 93, 94, 95, 96 ... 136  Próximo

Todos os horários são


Quem está online


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group  
Design By Poker Bandits  
Traduzido por: Suporte phpBB Brasil