Forum Base Militar Web Magazine

Bem-vindo: Qui Nov 14, 2019 3:40 am

Todos os horários são




Criar novo tópico Este tópico está trancado. Você não pode responder ou editar mensagens.  [ Array ]  Ir para página Anterior  1 ... 91, 92, 93, 94, 95, 96, 97 ... 136  Próximo
Autor Mensagem
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Qua Nov 07, 2012 9:23 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Visitar website do usuário  Perfil

Registrado em: Ter Nov 06, 2007 6:50 pm
Mensagens: 4256
Localização: Brasil, RJ
Higgins escreveu:
Na década de 80, os soviéticos introduziam o MiG-31 em suas fileiras, com radar PESA e mísseis R-33. Você acredita que um F-15 teria chances com essa combinação?
Muito pouca. A mesma que teria, se enfrentasse um F-14 com Phoenix...

É uma falácia a impressão de que os soviéticos se preocupavam apenas com a "quantidade", deixando de lado a qualidade. Não só o MiG-31 é prova cabal contra este preconceito estúpido, como a Classe Lyrae de submarinos, aqui conhecido como "Classe Alpha", submarinos nucleares compactos, casco em titânio (800 metros de profundidade, como limite) com reatores de núcleo líquido, totalmente automatizados, com tripulação de apenas 21 oficiais...
Sem falar na sua arma orgânica: o torpedo autocavitante...

Voltando ao campo aeronáutico, vamos lembrar: a primeira mira montada no capacete, com mísseis off-boresight (década de 80)...

Pois é...
Não pensavam em qualidade...


Me parece que esta história de quantidade x qualidade é muito mais fruto da propaganda americana do que um estudo real. Era importante manter a opinião pública ocidental tranquilizada com o discurso: "o Pacto de varsóvia tem mais aviões do que nós da OTAN? Ok, é verdade, mas elas nem sem comparam com a nossa tecnologia. Um caça ocidental vale por 10 caças russos..."

Como este tipo de afirmação na época não tinha como ter sua veracidade confirmada, tornou-se quase um senso comum repetida e replicada diversas vezes. É verdade, porém, que o design russo, colaborou bastante para dar esta impressão de um produto rústico e pouco sofisticado.

atenciosamente,

_________________
::Robson Rocha
http://www.comunicarteei.blogspot.com


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Qua Nov 07, 2012 10:52 pm 
Offline
Avançado
Avançado
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sáb Out 06, 2007 4:03 pm
Mensagens: 612
Localização: Brasília
Perfeito, caro Jacinto.

Dá-se que os eslavos tinham uma mentalidade paranoica, esta, forjada com a morte de 30 milhões...
Na Grande Guerra Patriótica, um dos fatores de sobrevivência face aos grandes erros de 1941 (muitos deles anteriores ao ano, como os expurgos absurdos de Stalin), foi a capacidade de reconstrução de exércitos destroçados, e isto se deu por um fator: a previdência de estoque de armamento em "escalões". Funcionava da seguinte forma: cada unidade equipada com novos equipamentos, não tinha o material substituído transformado em sucata, mas sim estocado. Este material obsoleto equiparia de imediato as unidades novas. O volume grande de armas, no caso, obuses, caças, carros de combate e outros, foi por certo um pilar da mentalidade defensiva eslava no passado, e tenho certeza, que ainda permanece.

No mais, perdoe-me se lhe pareci agressivo. Apenas fiz um reparo (ácido, eu reconheço) para algo que julguei recorrente: a má interpretação do conceito eslavo de produção bélica.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Sex Dez 14, 2012 10:55 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Austrália quer mais Super Hornets
14 de dezembro de 2012.


A Austrália enviou uma carta de solicitação (LOR – letter of request) à Agência de Cooperação de Segurança e Defesa dos EUA pedindo informações sobre custos e disponibilidades para uma possível compra de 24 Boeings F/A-18F Super Hornets adicionais.

De acordo com uma declaração conjunta do Ministro da Defesa australiano, Stephen Smith, e o Ministro de Material de Defesa, Jason Clare, a carta de solicitação é a última etapa em um processo de avaliação das opções de capacidade de combate aéreo da Austrália tendo em vista dos atrasos do Lockheed Martin F-35A Joint Strike Fighter e à baixa dos 71 F/A-18A/B Hornets da Real Força Aérea Australiana.

“O envio desta carta de solicitação não confirma que a Austrália irá comprar mais Super Hornets,” diz. “Ela está sendo enviada para que o Governo Australiano possa considerar todas as opções em 2013 com as informações sobre custos e disponibilidades mais recentes.”

O prazo para qualquer decisão indica que esta pode ser deixada para o novo governo, com eleições previstas para 2013.

Em Maio, Smith anunciou que estaria postergando a aquisição inicial dos 12 F-35As iniciais até 2014-2015 para redução de custos, acrescentando que iria lançar um plano de transição para avaliar opções que garantissem que não houvessem lacunas na capacidade de combate aéreo da RAAF.

A Austrália recebeu seus 24 Super Hornets entre Março de 2010 e Outubro de 2011, os quais foram adquiridos pelo governo anterior para cobrir a lacuna entre a baixa da frota de General Dynamics F-111 e a introdução do F-35A.

Em Agosto, Canberra se comprometeu a converter 12 de seus Super Hornets para a configuração de guerra eletrônica EA-18 Growler até o final de 2020.

FONTE: Flightglobal (Tradução e Adaptação Poder Aéreo)

Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Sex Dez 14, 2012 4:09 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Visitar website do usuário  Perfil

Registrado em: Ter Nov 06, 2007 6:50 pm
Mensagens: 4256
Localização: Brasil, RJ
Baschera escreveu:
Austrália quer mais Super Hornets
14 de dezembro de 2012.


A Austrália enviou uma carta de solicitação (LOR – letter of request) à Agência de Cooperação de Segurança e Defesa dos EUA pedindo informações sobre custos e disponibilidades para uma possível compra de 24 Boeings F/A-18F Super Hornets adicionais.

De acordo com uma declaração conjunta do Ministro da Defesa australiano, Stephen Smith, e o Ministro de Material de Defesa, Jason Clare, a carta de solicitação é a última etapa em um processo de avaliação das opções de capacidade de combate aéreo da Austrália tendo em vista dos atrasos do Lockheed Martin F-35A Joint Strike Fighter e à baixa dos 71 F/A-18A/B Hornets da Real Força Aérea Australiana.


A meu ver, uma medida ponderada. Para que descartar o certo (F-18E) para esperar o duvidoso (F-35)?
Depois do Canada, a decisao Australiana aumenta ainda mais a pressão sobre a Lockheed Martin. Vamos ver quanto tempo levara para que os parceiros europeus comecem a reavaliar a compra de F-35 nestes tempos de crise.

Atenciosamente,

_________________
::Robson Rocha
http://www.comunicarteei.blogspot.com


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Dom Dez 30, 2012 10:51 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Jun 14, 2009 11:59 pm
Mensagens: 5835
Citação:
Boeing ‘pousando’ em São José em 2013
29 de dezembro de 2012, em Indústria, Indústria Aeroespacial, indústria aeronáutica, por Guilherme Poggio

Boeing negocia unidade de pesquisa em São José dos Campos

Imagem

Vivian Zwaricz

A ‘gigante’ norte-americana Boeing negocia a instalação de um centro de pesquisas e tecnologia no Parque Tecnológico de São José dos Campos. A medida deve ser concretizada no primeiro semestre de 2013.

As conversas estão sendo mantidas em sigilo. Em entrevista exclusiva a O VALE, Horácio Forjaz, diretor do parque, afirmou que duas grandes empresas virão para a cidade no ano que vem.

Durante evento em 12 de dezembro deste ano, quando assinou dois acordos individuais com o DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial) e o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) –ambos em São José–, Matthew Ganz, vice-presidente e diretor geral da Boeing Research & Technology, disse que pretende começar os trabalhos o quanto antes.

“Queremos iniciar as atividades no Brasil imediatamente. Se possível, já em janeiro”, afirmou ele na época. Questionado sobre a cidade que deve receber o centro de pesquisa no país, Ganz sorriu e disse que a herança tecnológica e aeroespacial de São José é muito importante. “Ainda estamos em fase de negociação.” O discurso é parecido com o do diretor do parque. “Ainda não podemos revelar porque é um processo delicado”, disse Forjaz.

Repercussão.

A possível instalação da Boeing em São José agradou lideranças do setor. “Trará novos conhecimentos na área de tecnologia aeroespacial e também a possibilidade de transferir tecnologia. Não só para São José e região, mas a vinda de uma das três maiores empresas de aviões do mundo será importante para todo o Brasil”, afirmou Agliberto Chagas, gerente do Cecompi (Centro para Competitividade e Inovação do Cone Leste Paulista).

Chagas participou da primeira fase das negociações, quando as partes foram apresentadas. “Sei que as conversas estão avançadas. Um centro da Boeing vai reforçar ainda mais São José na linha de produção e conhecimento aeronáutico”, disse.

Para Almir Fernandes, diretor do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) de São José, mais empregos serão gerados.
“A maior cadeia de fornecimento está na região. A Boeing vai desenvolver e comprar, assim, vai gerar empregos. Será um marco para a cidade. Esperamos que a vinda dela seja o mais rápido possível”, disse.

Estudantes do ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) já foram recrutados pela empresa por meio do programa ‘Ciências sem Fronteiras’, do governo federal, e deverão formar a mão de obra do novo laboratório da empresa.

Memória

No último dia 1º de agosto, a Boeing promoveu um encontro com empresários da região no Parque Tecnológico de São José.
O objetivo era alavancar fornecedores para os projetos que a fabricante está discutindo com empresas brasileiras, principalmente a Embraer, que será responsável pela montagem e desenvolvimento do F-X2, programa da Força Aérea Brasileira para a compra de 36 caças estimado em R$ 10 bilhões. Além da Boeing, concorrem a francesa Dassault, com o caça Rafale, e a sueca Saab, com o avião Gripen NG.
Em junho, a Boeing formalizou parceria com a Embraer para o cargueiro KC-390. Procurada, a Boeing não fala sobre o assunto.

POR DENTRO
Rumores
Fabricante norte-americana de aviões, a Boeing instalar um centro de pesquisa e tecnologia em 2013 no Parque Tecnológico de São José

Interesse
Em abril, estudantes do ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) em São José, já foram recrutados pela empresa por meio do programa ‘Ciências sem Fronteiras’ do governo federal e deverão formar a mão de obra do novo ‘laboratório’ da empresa na região

Repercussão
A possível vinda da Boeing para São José agrada lideranças do setor, já que na região está a maior cadeia de fornecedores aeronáuticos do país

Parceria
Em junho, a Boeing formalizou parceria com a Embraer para o cargueiro KC-390

De olho
Relatório técnico da FAB (Força Aérea Brasileira), divulgado no início de dezembro aponta o caça norte-americano F-18 Super Hornet, produzido pela Boeing, como a melhor opção para modernizar a frota brasileira, foco do programa F-X2, que se arrasta desde 2001. Além do caça americano, concorrem ao contrato do governo brasileiro, estimado em R$ 10 bilhões, o modelo francês Rafale e o sueco Gripen NG

Parque Tecnológico
Espera abrigar pelo menos duas novas grandes empresas em 2013. Medida deve gerar cerca de 50 novos empregos

Linhas de atuação
São cinco: Aeronáutica, Energia,
Água e Saneamento Ambiental,
Saúde e TI (Tecnologia da Informação)

FONTE: O Vale

Leia mais (Read More): Poder Aéreo - Informação e Discussão sobre Aviação Militar e Civil


Considerando que ocorreram acordos com o DCTA e com a Embraer, a adoção de estudantes do programa ciência sem fronteiras, menina dos olhos da Dilma, partindo da premissa que os gringos dificilmente fazem fumaça e muito menos dão ponto sem nó, penso que já exista um acordo nos bastidores entre o Gov Obama e o Gov Dilma sobre o FX-2 ... o que acham?

O fato da Boeing se recusar a comentar o assunto também elimina a possibilidade de ser apenas um lobbye ... se fosse os comentários da Boeing seriam essenciais (quanto mais barulho melhor para o objetivo do lobista) ...

O que acham os amigos?

Sds
Spock

_________________
[] Spock

Os Estados não se defendem exigindo explicações, pedidos de desculpas ou com discursos na ONU.

“Quando encontrar um espadachim, saque da espada: não recite poemas para quem não é poeta”


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Seg Dez 31, 2012 12:24 am 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Qui Ago 20, 2009 10:28 pm
Mensagens: 1522
Eu não apenas acho, como tenho certeza de que não é nada. A Dilma só fechará algum acordo em 2014 e olhe lá.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Seg Dez 31, 2012 12:30 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Jun 14, 2009 11:59 pm
Mensagens: 5835
Abellosi escreveu:
Eu não apenas acho, como tenho certeza de que não é nada. A Dilma só fechará algum acordo em 2014 e olhe lá.


Essa informação tem fontes confidenciais ou é apenas uma opinião pessoal ?

Spock

_________________
[] Spock

Os Estados não se defendem exigindo explicações, pedidos de desculpas ou com discursos na ONU.

“Quando encontrar um espadachim, saque da espada: não recite poemas para quem não é poeta”


Voltar ao topo
 
 Título:
MensagemEnviado: Seg Dez 31, 2012 12:39 am 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Qui Ago 20, 2009 10:28 pm
Mensagens: 1522
Da própria Dilma, em pessoa. Lembra-se do discurso dela em Paris quando ela disse que apenas tomaria alguma decisão quando a crise passasse? Então os indicadores de crescimento do PIB saem apenas em outubro, dai se até dezembro nada for decidido ela não vai poder fazer novas despesas no último ano de eleição dela.
Portanto, no final de 2014 e olhe lá.
Não teremos FX2 em 2013 e nem em 2014.


Voltar ao topo
 
 Título: Re:
MensagemEnviado: Seg Dez 31, 2012 12:54 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Jun 14, 2009 11:59 pm
Mensagens: 5835
Abellosi escreveu:
Da própria Dilma, em pessoa. Lembra-se do discurso dela em Paris quando ela disse que apenas tomaria alguma decisão quando a crise passasse? Então os indicadores de crescimento do PIB saem apenas em outubro, dai se até dezembro nada for decidido ela não vai poder fazer novas despesas no último ano de eleição dela.
Portanto, no final de 2014 e olhe lá.
Não teremos FX2 em 2013 e nem em 2014.


Teu pensamento faz sentido ... porém creio que aquela conversa na França tenha sido para "brecar" o impeto francês, deve ter acontecido uma enorme pressão sobre ela na França ... talvez até mesmo com algum "apoio" do Lula ... somos socialistas, o Lula se comprometeu, precisamos nos unir contra a hegemonia americana ... blá blá, blá ...

Haverá anúncio do LAS no início de 2013 ... se o ST vencer vai ficar difícil não anunciar o FX-2 ... afinal a questão orçamentária somente terá reflexos depois da assinatura do contrato ... e poderá ser votada em regime de exceção ...

Abraço
Spock

_________________
[] Spock

Os Estados não se defendem exigindo explicações, pedidos de desculpas ou com discursos na ONU.

“Quando encontrar um espadachim, saque da espada: não recite poemas para quem não é poeta”


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Re:
MensagemEnviado: Seg Dez 31, 2012 6:55 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 10, 2011 8:18 am
Mensagens: 2298
Spock escreveu:
Abellosi escreveu:
Da própria Dilma, em pessoa. Lembra-se do discurso dela em Paris quando ela disse que apenas tomaria alguma decisão quando a crise passasse? Então os indicadores de crescimento do PIB saem apenas em outubro, dai se até dezembro nada for decidido ela não vai poder fazer novas despesas no último ano de eleição dela.
Portanto, no final de 2014 e olhe lá.
Não teremos FX2 em 2013 e nem em 2014.


Teu pensamento faz sentido ... porém creio que aquela conversa na França tenha sido para "brecar" o impeto francês, deve ter acontecido uma enorme pressão sobre ela na França ... talvez até mesmo com algum "apoio" do Lula ... somos socialistas, o Lula se comprometeu, precisamos nos unir contra a hegemonia americana ... blá blá, blá ...

Haverá anúncio do LAS no início de 2013 ... se o ST vencer vai ficar difícil não anunciar o FX-2 ... afinal a questão orçamentária somente terá reflexos depois da assinatura do contrato ... e poderá ser votada em regime de exceção ...

Abraço
Spock


Regime de Exceção?!?!?! Rs!


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Seg Dez 31, 2012 11:42 am 
Offline
Recente
Recente
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Mar 29, 2007 10:12 pm
Mensagens: 78
Acho muito difícil sair algo a curto/médio prazo, em 2013 vão tentar algo para melhorar a economia e 2014 ano eleitoral... vai ser jogado para próxima gestão a partir de 2015.

A grande verdade, é questão de vontade e seriedade, qualquer que seja o vencedor, os valores serão financiados por anos...compra de caças não dá voto e pode servir de munição para oposição, seja qual for....

Apesar dos programas em andamento, ainda sou cético no que refere-se a várias questões relacionadas a defesa, tem muita coisa a ser feita e pelas indas e vindas do próprio FX. ainda me parece algo claro que assuntos que referentes a defesa continuam não tendo a devida seriedade.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Seg Dez 31, 2012 11:59 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qua Abr 02, 2008 5:32 pm
Mensagens: 3526
Plinio Jr escreveu:
Acho muito difícil sair algo a curto/médio prazo, em 2013 vão tentar algo para melhorar a economia e 2014 ano eleitoral... vai ser jogado para próxima gestão a partir de 2015.

A grande verdade, é questão de vontade e seriedade, qualquer que seja o vencedor, os valores serão financiados por anos...compra de caças não dá voto e pode servir de munição para oposição, seja qual for....

Apesar dos programas em andamento, ainda sou cético no que refere-se a várias questões relacionadas a defesa, tem muita coisa a ser feita e pelas indas e vindas do próprio FX. ainda me parece algo claro que assuntos que referentes a defesa continuam não tendo a devida seriedade.


2013 - empurra com a barriga alegando crise econômica
2014 - copa do mundo e eleições
2015 - novo governo; nova cúpula da FAB; novos intere$$es...novo FX


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Ter Jan 01, 2013 8:07 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 10, 2011 8:18 am
Mensagens: 2298
Plinio Jr escreveu:
Acho muito difícil sair algo a curto/médio prazo, em 2013 vão tentar algo para melhorar a economia e 2014 ano eleitoral... vai ser jogado para próxima gestão a partir de 2015.

A grande verdade, é questão de vontade e seriedade, qualquer que seja o vencedor, os valores serão financiados por anos...compra de caças não dá voto e pode servir de munição para oposição, seja qual for....

Apesar dos programas em andamento, ainda sou cético no que refere-se a várias questões relacionadas a defesa, tem muita coisa a ser feita e pelas indas e vindas do próprio FX. ainda me parece algo claro que assuntos que referentes a defesa continuam não tendo a devida seriedade.


A imprensa brasileira está divulgando a torto e a direita que a economia global precisa de cinco anos para se restabelecer. Portanto, a Presidente não vê viabilidade em finalizar definitivamente o F-X2. Enquanto isso, vejamos:

Citação:
A presidente Dilma Rousseff sancionou a lei que estabelece o reajuste, escalonado, para o salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) ao longo dos próximos três anos. A elevação do subsídio aos ministros da Corte eleva, consequentemente, o teto de remuneração do serviço público.

A lei, aprovada pelo Senado Federal no último dia 18, foi sancionada sem vetos. A partir desta terça-feira, 1, o salário dos ministros do STF será de R$ 28.059,29. O valor será elevado para R$ 29.462,25 a partir de 1º de janeiro de 2014 e chegará a R$ 30.935,36 no início de 2015. Isso representa um aumento escalonado de 15,7% no salário dos ministros.

A presidente também sancionou a lei que estabelece o reajuste do salário do Procurador-geral da República. Os valores são os mesmos definidos para os ministros do Supremo.

As duas leis, que foram publicadas na edição desta segunda-feira, 31, do Diário Oficial da União, estabelecem que a partir de 2016 o valor mensal dos salários dos ministros do STF e do Procurador-geral da República será definido por lei de iniciativa do STF e da Procuradoria-Geral, seguindo os parâmetros fixados nas respectivas previsões orçamentárias.


http://www.estadao.com.br/noticias/naci ... 9269,0.htm


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Ter Jan 01, 2013 10:22 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Vão acabar fazendo como a Espanha..... que, se for verdade, abre um sério precedente.... para países que não se sentem ameaçados....

Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Super Hornet News parte 2
MensagemEnviado: Ter Jan 01, 2013 10:57 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 10, 2011 8:18 am
Mensagens: 2298
Baschera escreveu:
Vão acabar fazendo como a Espanha..... que, se for verdade, abre um sério precedente.... para países que não se sentem ameaçados....

Sds.


Espanha é Espanha. Europa é Europa. Brasil é... Bom! Deixa para lá!


Voltar ao topo
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Este tópico está trancado. Você não pode responder ou editar mensagens.  [ Array ]  Ir para página Anterior  1 ... 91, 92, 93, 94, 95, 96, 97 ... 136  Próximo

Todos os horários são


Quem está online


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
cron
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group  
Design By Poker Bandits  
Traduzido por: Suporte phpBB Brasil