Forum Base Militar Web Magazine

Bem-vindo: Ter Nov 19, 2019 12:42 am

Todos os horários são




Criar novo tópico Este tópico está trancado. Você não pode responder ou editar mensagens.  [ Array ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 150  Próximo
Autor Mensagem
 Título: HELICÓPTEROS da FAB - Blackhawk, Caracal, Mi-35 e Esquilo
MensagemEnviado: Ter Fev 14, 2012 12:45 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
Amigos, sigamos por aqui os debates.

Até mais!!! :wink:


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB - Blackhawk, Caracal, Mi-35 e Esquil
MensagemEnviado: Ter Fev 14, 2012 2:22 am 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Qua Jan 10, 2007 6:07 pm
Mensagens: 2201
Só um detalhe sobre o desempenho desses Helis x Afeganistão é que a maioria deles tem a capacidade reduzida em função da altitude de Op.

Por exemplo, tem muita missão que normalmente o BH faria, e lá quem faz são os Chinooks/CH-53/Sea King/Eh-101 (que possuem uma grande reserva de potência).

Para aquele tipo de op. um Heli que sempre se comporta muito bem é o Mi-17 e o Puma (não o Super Puma).

Honestamente uma comparação tomando como referência o Afeganistão não cabe no Brasil aonde temos o clima úmido/quente/tropical além do Heli ter que ter uma autonomia considerável para operar na Região Amazônica.

No mais eu honestamente acho que estamos dando um P... salto com essas nossas novas aquisições. A muito tempo eu criticava e muito o projeto do EC-725, mas hoje em dia tenho uma impressão melhor com relação a ele.

[]s
CB_Lima

_________________
Ordem e Progresso :)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB - Blackhawk, Caracal, Mi-35 e Esquil
MensagemEnviado: Ter Fev 14, 2012 6:41 am 
Offline
Avançado
Avançado
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sáb Out 17, 2009 8:22 pm
Mensagens: 384
Localização: Lavras/MG
Sabe, este negócio de um amigo me disse e tal, nunca acaba bem, melhor seria que para cada afirmação se colocasse as fontes,se evitaria essas "kizumbas".



abç.


kid.

_________________
“Entre outros males, estar desarmado significa ser desprezível”
(Maquiavel).
Imagem


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB - Blackhawk, Caracal, Mi-35 e Esquil
MensagemEnviado: Ter Fev 14, 2012 2:03 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Ago 21, 2009 6:03 pm
Mensagens: 1324
Eu odeio essa história de EC-725 por duas coisas:

- Ao invés de o Governo Federal ser sincero e dizer: "Olhem, vamos comprar muitos EC225 para a Petrobrás. Uma solução plausível para o nosso país é produzir localmente essa aeronave. Temos uma subsidiária da empresa que desenvolveu o EC225 aqui no Brasil e ela precisa, para produzir esse heli, de expandir a sua linha de montagem que atualmente só monta pequenos helis, que não é o caso do EC225. Ela só concorda em expandir a linha de montagem se as compras do EC225 forem em um número maior do que o necessário para a Petrobrás. Para aumentarmos o número de aeronaves EC225 vamos comprar 50 helis quase idênticos (uma variante) chamados de EC725. Vamos destiná-los para as Forças Armadas que não solicitaram, mas que devem (para o bem do país) aceitar o helicóptero EC725, uma variante do EC225."

- A Helibrás não é brasileira (76, 52% Eurocopter). Não existe transferencia de tecnologia entre matriz e subsidiária: elas são, de certa forma, a mesma empresa. Dizer que algumas peças serão nacionalizadas é pertinente, pois elas realmente serão. Mas é só isso. Não digam que serão um heli nacionalizado, pois ele não será. Montado no Brasil, sim. Nacional, não!

Dizer que a Helibrás é brasileira não é muito diferente de chamar a OGMA de portuguesa.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB - Blackhawk, Caracal, Mi-35 e Esquil
MensagemEnviado: Ter Fev 14, 2012 6:13 pm 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Qui Jan 04, 2007 2:42 pm
Mensagens: 1794
Fleming escreveu:
Eu odeio essa história de EC-725 por duas coisas:

- Ao invés de o Governo Federal ser sincero e dizer: "Olhem, vamos comprar muitos EC225 para a Petrobrás. Uma solução plausível para o nosso país é produzir localmente essa aeronave. Temos uma subsidiária da empresa que desenvolveu o EC225 aqui no Brasil e ela precisa, para produzir esse heli, de expandir a sua linha de montagem que atualmente só monta pequenos helis, que não é o caso do EC225. Ela só concorda em expandir a linha de montagem se as compras do EC225 forem em um número maior do que o necessário para a Petrobrás. Para aumentarmos o número de aeronaves EC225 vamos comprar 50 helis quase idênticos (uma variante) chamados de EC725. Vamos destiná-los para as Forças Armadas que não solicitaram, mas que devem (para o bem do país) aceitar o helicóptero EC725, uma variante do EC225."

- A Helibrás não é brasileira (76, 52% Eurocopter). Não existe transferencia de tecnologia entre matriz e subsidiária: elas são, de certa forma, a mesma empresa. Dizer que algumas peças serão nacionalizadas é pertinente, pois elas realmente serão. Mas é só isso. Não digam que serão um heli nacionalizado, pois ele não será. Montado no Brasil, sim. Nacional, não!

Dizer que a Helibrás é brasileira não é muito diferente de chamar a OGMA de portuguesa.


Pela legislação brasileira, a Helibrás é brasileira, não é a composição do capital que indica a nacionalidade da empresa para o Brasil, mas sua localização geográfica. Inclusive isso está consagrado em nossa Constituição.

Nossas FA´s precisam de helos de todas as classes, e a FAB, o EB e a MB precisavam de helos, foi assim que surgiu o projeto EC-725, o inicio era um programa para escolher um helo para a FAB.

Como já ficou demonstrado no tópico anterior, a Helibras, como a Embraer, são muito mais montadores de produtos, do que fabricantes. Então a ToT´s não visam a Helibras, mas as empresas fornecedoras dela. É o que estamos vendo agora. O que a Helibras vai receber é o ferramental e a capacidade de projetar helos no país.

[]´s

_________________
Nem pulga, nem gigante, o caminho é o equilíbrio, não somos passivos, mas defensivos.
Imagem


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB - Blackhawk, Caracal, Mi-35 e Esquil
MensagemEnviado: Ter Fev 14, 2012 7:07 pm 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Qua Jan 10, 2007 6:07 pm
Mensagens: 2201
Hmmmm... chamar a Embraer de "montadora de produtos"... sei não PRick.

Na época do Xavante vai lá... mas hoje. Acho que não.

Acho que você está forçando 'um pouco' a barra. :lol:

[]s
CB_Lima

_________________
Ordem e Progresso :)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB - Blackhawk, Caracal, Mi-35 e Esquil
MensagemEnviado: Ter Fev 14, 2012 8:26 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Ago 21, 2009 6:03 pm
Mensagens: 1324
Citação:
Pela legislação brasileira, a Helibrás é brasileira, não é a composição do capital que indica a nacionalidade da empresa para o Brasil, mas sua localização geográfica. Inclusive isso está consagrado em nossa Constituição.


Eu falo sob um ótica prática e técnica.

Observe os nomes que compõem a diretoria da Helibrás:

Eduardo Marson Ferreira
Luiz Eduardo Mauad
Julien Négrel
Laurent Mischler
Marc Chaffanet

*Viu o nome de algum estrangeiro?

Analise a composição acionária, que hoje em dia é muito mais importante que a localização geográfica da empresa:

76.52% Eurocopter
12.45% Governo de Minas Gerais
10.97% Bueninvest
0.05% SACS

Veja a porcentagem de helicópteros que são montados no Brasil, mas que foram projetados no exterior.

100%

Veja a porcentagem de helicópteros que são montados e projetados no Brasil.

0%

Sob uma ótica prática e funcional, a Helibrás é mesmo brasileira? O que restaria da Helibrás se a Eurocopter se retirasse da empresa? Uma coisa eu digo ela continuaria sendo brasileira, mas se ela continuaria produzindo helicópteros... :lol:






Citação:
Nossas FA´s precisam de helos de todas as classes, e a FAB, o EB e a MB precisavam de helos, foi assim que surgiu o projeto EC-725, o inicio era um programa para escolher um helo para a FAB.


É claro que precisa. Para falar a verdade precisa também de helicópteros maiores que o EC725, para operarem de forma complementar. Alguém disse o contrário?

Programas todas as Forças Armadas do mundo tem. O EB tem até um programa para produzir um MBT nacional, isso em um futuro bem distante (frisado nos slides que vi). A MB tem um programa que visa estruturar mais uma esquadra, bem mais ao norte da atual. Agora ter um programa e comprar é diferente. Nenhuma FA do Brasil solicitou a compra do EC725. Isso não significa que o helicóptero é ruim PRick. Mas ele foi sim empurrado!

Citação:
Citação:
Como já ficou demonstrado no tópico anterior, a Helibras, como a Embraer, são muito mais montadores de produtos, do que fabricantes. Então a ToT´s não visam a Helibras, mas as empresas fornecedoras dela. É o que estamos vendo agora. O que a Helibras vai receber é o ferramental e a capacidade de projetar helos no país.


Ficou demonstrado que a Embraer é uma montadora de produtos? Isso é pra lá de impertinente. A Helibrás sim é uma montadora: nunca desenvolveu um helicóptero. Todos foram projetados fora do Brasil. Ao contrários das aeronaves da Embraer que foram projetadas por brasileiros, no Brasil.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB - Blackhawk, Caracal, Mi-35 e Esquil
MensagemEnviado: Ter Fev 14, 2012 8:30 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Fleming escreveu:
Citação:
Pela legislação brasileira, a Helibrás é brasileira, não é a composição do capital que indica a nacionalidade da empresa para o Brasil, mas sua localização geográfica. Inclusive isso está consagrado em nossa Constituição.


Eu falo sob um ótica prática e técnica.

Observe os nomes que compõem a diretoria da Helibrás:

Eduardo Marson Ferreira
Luiz Eduardo Mauad
Julien Négrel
Laurent Mischler
Marc Chaffanet

*Viu o nome de algum estrangeiro?

Analise a composição acionária, que hoje em dia é muito mais importante que a localização geográfica da empresa:

76.52% Eurocopter
12.45% Governo de Minas Gerais
10.97% Bueninvest
0.05% SACS

Veja a porcentagem de helicópteros que são montados no Brasil, mas que foram projetados no exterior.

100%

Veja a porcentagem de helicópteros que são montados e projetados no Brasil.

0%

Sob uma ótica prática e funcional, a Helibrás é mesmo brasileira? O que restaria da Helibrás se a Eurocopter se retirasse da empresa? Uma coisa eu digo ela continuaria sendo brasileira, mas se ela continuaria produzindo helicópteros... :lol:






Citação:
Nossas FA´s precisam de helos de todas as classes, e a FAB, o EB e a MB precisavam de helos, foi assim que surgiu o projeto EC-725, o inicio era um programa para escolher um helo para a FAB.


É claro que precisa. Para falar a verdade precisa também de helicópteros maiores que o EC725, para operarem de forma complementar. Alguém disse o contrário?

Programas todas as Forças Armadas do mundo tem. O EB tem até um programa para produzir um MBT nacional, isso em um futuro bem distante (frisado nos slides que vi). A MB tem um programa que visa estruturar mais uma esquadra, bem mais ao norte da atual. Agora ter um programa e comprar é diferente. Nenhuma FA do Brasil solicitou a compra do EC725. Isso não significa que o helicóptero é ruim PRick. Mas ele foi sim empurrado!

Citação:
Citação:
Como já ficou demonstrado no tópico anterior, a Helibras, como a Embraer, são muito mais montadores de produtos, do que fabricantes. Então a ToT´s não visam a Helibras, mas as empresas fornecedoras dela. É o que estamos vendo agora. O que a Helibras vai receber é o ferramental e a capacidade de projetar helos no país.


Ficou demonstrado que a Embraer é uma montadora de produtos? Isso é pra lá de impertinente. A Helibrás sim é uma montadora: nunca desenvolveu um helicóptero. Todos foram projetados fora do Brasil. Ao contrários das aeronaves da Embraer que foram projetadas por brasileiros, no Brasil.



Caro Fleming.....

Porreta de bom...simples e objetivo este seu post.

Como as vezes me arrogo de citar: "Á César o que é de César".

Parabéns.

Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB - Blackhawk, Caracal, Mi-35 e Esquil
MensagemEnviado: Ter Fev 14, 2012 8:43 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Fleming escreveu:
Eu odeio essa história de EC-725 por duas coisas:

- Ao invés de o Governo Federal ser sincero e dizer: "Olhem, vamos comprar muitos EC225 para a Petrobrás. Uma solução plausível para o nosso país é produzir localmente essa aeronave. Temos uma subsidiária da empresa que desenvolveu o EC225 aqui no Brasil e ela precisa, para produzir esse heli, de expandir a sua linha de montagem que atualmente só [b]monta pequenos helis, que não é o caso do EC225. Ela só concorda em expandir a linha de montagem se as compras do EC225 forem em um número maior do que o necessário para a Petrobrás. Para aumentarmos o número de aeronaves EC225 vamos comprar 50 helis quase idênticos (uma variante) chamados de EC725. Vamos destiná-los para as Forças Armadas que não solicitaram, mas que devem (para o bem do país) aceitar o helicóptero EC725, uma variante do EC225[/b]."

- A Helibrás não é brasileira (76, 52% Eurocopter). Não existe transferencia de tecnologia entre matriz e subsidiária: elas são, de certa forma, a mesma empresa. Dizer que algumas peças serão nacionalizadas é pertinente, pois elas realmente serão. Mas é só isso. Não digam que serão um heli nacionalizado, pois ele não será. Montado no Brasil, sim. Nacional, não!

Dizer que a Helibrás é brasileira não é muito diferente de chamar a OGMA de portuguesa.


Novamente tenho que te parabenizar pelo post.

Olha, eu nunca tinha pensado pelo viés que colocaste e que grifei acima..... é uma coisa simples e acertadamente colocada.

Nestas condições 99% dos críticos do EC-725 concordariam. Seria um proposta honesta, transparente e extremamente prática, ao contrário do "goela abaixo" do EC-725.

O EC-225 é um bom helicoptero na sua classe. No entanto há um porém, na minha opinião, .... o EC-225 é um heli civíl, não militar..... e sofre de alguns dos problemas que citei e que outros colegas em muito aqui já cansaram de escrever.... embora estes problemas advindos de concepção civil e uso militar no EC-225 seriam muito menores do que o escolhido pelo GF.

Reparem que a própria fabricante, em seu site, não deixa muito claro as diferenças entre um e outro produto.

Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB - Blackhawk, Caracal, Mi-35 e Esquil
MensagemEnviado: Ter Fev 14, 2012 8:48 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
kid gumer escreveu:
Sabe, este negócio de um amigo me disse e tal, nunca acaba bem, melhor seria que para cada afirmação se colocasse as fontes,se evitaria essas "kizumbas".



abç.


kid.


Tanto as minhas fontes, assim como suponho as fontes do Wellington, se aqui colocados, os seus nomes e respectivas patentes..... daria, aí sim, uma "kizumba"..... e ao invés de pilotos de helicópteros.... seriam rebaixados para "pilotos de escrivaninha"....

Vá bene....

Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB - Blackhawk, Caracal, Mi-35 e Esquil
MensagemEnviado: Ter Fev 14, 2012 11:35 pm 
Offline
Avançado
Avançado
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sáb Out 17, 2009 8:22 pm
Mensagens: 384
Localização: Lavras/MG
Baschera escreveu:

Tanto as minhas fontes, assim como suponho as fontes do Wellington, se aqui colocados, os seus nomes e respectivas patentes..... daria, aí sim, uma "kizumba"..... e ao invés de pilotos de helicópteros.... seriam rebaixados para "pilotos de escrivaninha"....

Vá bene....

Sds.


O que eu quis dizer com "fontes", foi "afirmativas que podem ser comprovadas". Não estou dizendo que não acredito no que os seus amigos falaram, mas que, como não se pode comprovar, sempre haverá aqueles que duvidem da veracidade da informação.
Digo isto sem o desejo repreendê-lo ou coisas do tipo, apenas no sentido de dar a minha humilde opinião. Por favor, não interprete minhas palavras como uma agressão ou falta de respeito, mas como um "toque" para todos do fórum.


abç.



kid.

_________________
“Entre outros males, estar desarmado significa ser desprezível”
(Maquiavel).
Imagem


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB - Blackhawk, Caracal, Mi-35 e Esquil
MensagemEnviado: Ter Fev 14, 2012 11:57 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
Baschera escreveu:
kid gumer escreveu:
Sabe, este negócio de um amigo me disse e tal, nunca acaba bem, melhor seria que para cada afirmação se colocasse as fontes,se evitaria essas "kizumbas".



abç.


kid.


Tanto as minhas fontes, assim como suponho as fontes do Wellington, se aqui colocados, os seus nomes e respectivas patentes..... daria, aí sim, uma "kizumba"..... e ao invés de pilotos de helicópteros.... seriam rebaixados para "pilotos de escrivaninha"....

Vá bene....

Sds.

Não preciso dizer mais nada.

Até mais!!! :wink:


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB - Blackhawk, Caracal, Mi-35 e Esquil
MensagemEnviado: Qua Fev 15, 2012 12:07 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Jun 14, 2009 11:59 pm
Mensagens: 5835
PRick escreveu:
Fleming escreveu:
Eu odeio essa história de EC-725 por duas coisas:

- Ao invés de o Governo Federal ser sincero e dizer: "Olhem, vamos comprar muitos EC225 para a Petrobrás. Uma solução plausível para o nosso país é produzir localmente essa aeronave. Temos uma subsidiária da empresa que desenvolveu o EC225 aqui no Brasil e ela precisa, para produzir esse heli, de expandir a sua linha de montagem que atualmente só monta pequenos helis, que não é o caso do EC225. Ela só concorda em expandir a linha de montagem se as compras do EC225 forem em um número maior do que o necessário para a Petrobrás. Para aumentarmos o número de aeronaves EC225 vamos comprar 50 helis quase idênticos (uma variante) chamados de EC725. Vamos destiná-los para as Forças Armadas que não solicitaram, mas que devem (para o bem do país) aceitar o helicóptero EC725, uma variante do EC225."

- A Helibrás não é brasileira (76, 52% Eurocopter). Não existe transferencia de tecnologia entre matriz e subsidiária: elas são, de certa forma, a mesma empresa. Dizer que algumas peças serão nacionalizadas é pertinente, pois elas realmente serão. Mas é só isso. Não digam que serão um heli nacionalizado, pois ele não será. Montado no Brasil, sim. Nacional, não!

Dizer que a Helibrás é brasileira não é muito diferente de chamar a OGMA de portuguesa.


Pela legislação brasileira, a Helibrás é brasileira, não é a composição do capital que indica a nacionalidade da empresa para o Brasil, mas sua localização geográfica. Inclusive isso está consagrado em nossa Constituição.

Nossas FA´s precisam de helos de todas as classes, e a FAB, o EB e a MB precisavam de helos, foi assim que surgiu o projeto EC-725, o inicio era um programa para escolher um helo para a FAB.

Como já ficou demonstrado no tópico anterior, a Helibras, como a Embraer, são muito mais montadores de produtos, do que fabricantes. Então a ToT´s não visam a Helibras, mas as empresas fornecedoras dela. É o que estamos vendo agora. O que a Helibras vai receber é o ferramental e a capacidade de projetar helos no país.

[]´s


A Helibrás pode ser brasileira de direito, porém não é de FATO , né Dr. Paulo ?

Bom ... se a Embraer é uma simples montadora de produtos estrangeiros, porque será que o ST desbancou o AT-6 do grande "fabricante" americano Hawker, apoiado pelo mega fabricante LM ??? ... será que a Hawker nem montadora consegue ser ???

Menos Dr ... muito, mais muito menos mesmo !!!

Sds
Spock

_________________
[] Spock

Os Estados não se defendem exigindo explicações, pedidos de desculpas ou com discursos na ONU.

“Quando encontrar um espadachim, saque da espada: não recite poemas para quem não é poeta”


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB - Blackhawk, Caracal, Mi-35 e Esquil
MensagemEnviado: Qua Fev 15, 2012 12:10 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Jun 14, 2009 11:59 pm
Mensagens: 5835
Fleming escreveu:
Eu odeio essa história de EC-725 por duas coisas:

- Ao invés de o Governo Federal ser sincero e dizer: "Olhem, vamos comprar muitos EC225 para a Petrobrás. Uma solução plausível para o nosso país é produzir localmente essa aeronave. Temos uma subsidiária da empresa que desenvolveu o EC225 aqui no Brasil e ela precisa, para produzir esse heli, de expandir a sua linha de montagem que atualmente só monta pequenos helis, que não é o caso do EC225. Ela só concorda em expandir a linha de montagem se as compras do EC225 forem em um número maior do que o necessário para a Petrobrás. Para aumentarmos o número de aeronaves EC225 vamos comprar 50 helis quase idênticos (uma variante) chamados de EC725. Vamos destiná-los para as Forças Armadas que não solicitaram, mas que devem (para o bem do país) aceitar o helicóptero EC725, uma variante do EC225."

- A Helibrás não é brasileira (76, 52% Eurocopter). Não existe transferencia de tecnologia entre matriz e subsidiária: elas são, de certa forma, a mesma empresa. Dizer que algumas peças serão nacionalizadas é pertinente, pois elas realmente serão. Mas é só isso. Não digam que serão um heli nacionalizado, pois ele não será. Montado no Brasil, sim. Nacional, não!

Dizer que a Helibrás é brasileira não é muito diferente de chamar a OGMA de portuguesa.


X2 ... gostei muito de seu post ... concordo plenamente !

Sds
Spock

_________________
[] Spock

Os Estados não se defendem exigindo explicações, pedidos de desculpas ou com discursos na ONU.

“Quando encontrar um espadachim, saque da espada: não recite poemas para quem não é poeta”


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB - Blackhawk, Caracal, Mi-35 e Esquil
MensagemEnviado: Qua Fev 15, 2012 12:20 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
Baschera, o 225 nasceu do 725, o processo foi inverso, além de que a versão “civil” foi pensada para operações off-shore, guardando muito dos componente militares nele, não é atoa que marinha francesa usa o 225 para a função SAR até receber os NH-90. Fora alguns dos equipamentos (RWR, APU, 2° rádio altímetro, guincho lateral hidráulico e elétrico, joystick da porta de carga para voo pairado, suporte para metralhadoras laterais, trilho de armamentos externos, sonda de REVO, tanque extra alijável) o resto é todo militar (conjunto de motores, rotores, sistemas hidráulicos, estrutura da cabine, trem de pouso e grande parte dos aviônicos), por isso que a versão “civil” teria mais reserva de potência que a militar, mas isso não quer dizer que não há reserva suficiente, é como os Black Hawks usados pelas forças auxiliares estadunidenses, que devem ter muito mais reserva de potência que a versão militar C-SAR, ou seja, tem menos equipamento pra levar, faz sentido (by Hammer)?

Até mais!!! :wink:


Voltar ao topo
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Este tópico está trancado. Você não pode responder ou editar mensagens.  [ Array ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 150  Próximo

Todos os horários são


Quem está online


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
cron
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group  
Design By Poker Bandits  
Traduzido por: Suporte phpBB Brasil