Forum Base Militar Web Magazine

Bem-vindo: Seg Nov 18, 2019 11:52 pm

Todos os horários são




Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 62  Próximo
Autor Mensagem
 Título: NOTÍCIAS
MensagemEnviado: Qui Jul 25, 2013 6:21 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Jun 14, 2009 11:59 pm
Mensagens: 5835
A ideia desse novo tópico é postar notícias relacionadas a aviação em geral e à Força Aérea Brasileira e demais assuntos envolvidos que podem influenciar no FX-2 ou outro programa da FAB, sem que isso incorra em uma postagem off-tópic.

Considerando que o outro tópico foi fechado por postagens de matérias que já estavam sendo discutidas em um tópico específico, peço a colaboração dos colegas para que postem somente as notícias para discussão que não estejam sendo desenvolvidas em tópicos específicos.

Cordiais Saudações
Spock

_________________
[] Spock

Os Estados não se defendem exigindo explicações, pedidos de desculpas ou com discursos na ONU.

“Quando encontrar um espadachim, saque da espada: não recite poemas para quem não é poeta”


Voltar ao topo
 
 Título: Re: NOTÍCIAS
MensagemEnviado: Qui Jul 25, 2013 6:22 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Jun 14, 2009 11:59 pm
Mensagens: 5835
IAI/ELTA VENCE LICITAÇÃO DA FAB
Empresa fornecerá radares para o controle do tráfego aéreo brasileiro


A A A
A IAI/ELTA Systems, de Israel, venceu licitação promovida pela FAB (Força Aérea Brasileira), que selecionou a empresa para ser sua nova fornecedora de radares de controle de tráfego aéreo. A decisão foi divulgada em comunicado da CABW(Comissão Aeronautica Brasileira em Washington DC), no último dia 9 de julho de 2013. O valor do contrato da ordem de US$ 87 milhões, é menor que a proposta mais cara que foi oferecida e está abaixo do orçamento planejado.

O contrato prevê ainda uma parceria entre a vencedora com as empresas brasileiras Mectron e a IACIT -- ambas de São José dos Campos. O processo licitatório durou 12 meses e contou ainda com a participação da Thales (França) e da Indra (Espanha).

Após avaliar as competências técnicas e a proposta de preço de cada companhia, a FAB optou pela IAI/ELTA por ter sido a proposta com maior pontuação, principalmente no que se refere às especificações técnicas, que atendiam amplamente todos os requisitos solicitados pelo cliente.

Dentre as solicitações da FAB, a empresa deveria apresentar um sistema de radar mais moderno, com histórico de desempenho comprovado e a um preço comercialmente viável. O novo radar que será utilizado pela FAB é o ELM-2084AD, que tem capacidade para detectar e rastrear todos os tipos de alvos aéreos dentro de todo o volume de vigilância nos céus do Brasil. Esse radar já esta em produção em serie, com mais de 50 unidades produzidas e instaladas em diferentes países.

O radar selecionado permite à FAB conduzir simultaneamente, sem comprometer o desempenho ou a detecção de precisão, o gerenciamento efetivo do tráfego aéreo comercial, a vigilância contínua para aeronaves, missões de defesa aérea, controle e vetorização de aviões militares.

Sobre a IAI/ELTA

A IAI/ELTA já participa de projetos com a Marinha brasileira, além da FAB, respectivamente nos projetos A-4 e P-3 e na manutenção de motores para o mercado de aviação civil. Também forneceu veículos aéreos não tripulados para a Polícia Federal.

http://www.defesanet.com.br/fab/noticia ... ao-da-FAB/

_________________
[] Spock

Os Estados não se defendem exigindo explicações, pedidos de desculpas ou com discursos na ONU.

“Quando encontrar um espadachim, saque da espada: não recite poemas para quem não é poeta”


Voltar ao topo
 
 Título: Re: NOTÍCIAS
MensagemEnviado: Qui Jul 25, 2013 9:55 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Jun 14, 2009 11:59 pm
Mensagens: 5835
Sem dinheiro para voar, África do Sul pode vender seus caças Gripen
25 de julho de 2013, em Aviação de Caça, Orçamentos, por Guilherme Poggio

Imagem
Gripen da SAAF - foto Denel

As Forças de Defesa Nacionais da África do Sul (SANDF em inglês) estão considerando a venda dos seus caças Saab Gripen e de helicópteros Agusta A109, pois não há dinheiro para operá-los.

De acordo com um relatório “Beeld”, 18 helicópteros Augusta da SAAF (Força Aérea da África do Sul) estão eventualmente disponíveis, mas não voam.

Devido aos cortes no orçamento militar também não estão sendo utilizados todos os 26 caças Gripen adquiridos em um controverso negócio de armas. O relatório disse que o SANDF estava considerando vender a aeronave devido à falta de dinheiro.

O especialista militar Helmoed-Romer Heitman sugeriu que a SAAF está sofrendo de indecisão do Estado em função das suas expectativas militares. “Uma força aérea sem caças é um pato morto no contexto militar da África. Um exército sem helicópteros e aviões de transporte é um dinossauro em um pântano”, apontou ele em um relatório da IOL.

“Um exército sem helicópteros de transporte tático e ataque é um pato manco. Uma marinha sem helicópteros e aviões de patrulha marítima é cega.”

FONTE: iafrica.com (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

FOTO: Denel

NOTA DO EDITOR: a reportagem fala em “vender os caças” e não na venda de parte deles, mas esta última possibilidade é a que parece mais provável pois, como já foi abordado em matérias anteriores (veja link abaixo), a SAAF estocou apenas parte dos seus caças e outros continuam voando (embora com restrições, pois o contrato de apoio ainda não foi renovado)

VEJA TAMBÉM:

Leia mais (Read More): Poder Aéreo - Informação e Discussão sobre Aviação Militar e Civil

_________________
[] Spock

Os Estados não se defendem exigindo explicações, pedidos de desculpas ou com discursos na ONU.

“Quando encontrar um espadachim, saque da espada: não recite poemas para quem não é poeta”


Voltar ao topo
 
 Título: Re: NOTÍCIAS
MensagemEnviado: Sex Jul 26, 2013 1:44 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Jun 14, 2009 11:59 pm
Mensagens: 5835
Renovação da Aviação de Transporte da Venezuela
25 de julho de 2013, em Foto, por Guilherme Poggio

Imagem
Y-8 da Venezuela em Fortaleza - foto angelo souza

vinheta-exclusivoNosso leitor Angelo Souza, morador de Fortaleza (capital do Ceará) nos mandou a foto acima. Trata-se de um avião de transporte de fabricação chinesa Shaanxi Y-8,matrícula B-632L da Força Aérea Venezuelana (atualmente conhecida como “Aviación Militar Bolivariana Venezolana”).

Na verdade este avião estava acompanhado de outra aeronave do mesmo modelo (o B-631L). Muito provavelmente eles tenham vindo da Europa e fizeram uma escala técnica em Fortaleza antes de seguirem para a Venezuela. Estes mesmos aviões foram vistos no aeroporto da ilha de Malta (Mar Mediterrâneo) no último dia 17 de julho.

As duas aeronaves fazem parte de uma compra de oito aparelhos, anunciada em fins de 2011 (ver link abaixo). Os Y-8 irão reforçar a frota de aeronaves do Grupo 6, baseado na Base Aérea El Libertador (Palo Negro, Aragua). A Venezuela pretende substituir os seus C-130 pelos Y-8. O avião da foto está com uma cobertura branca temporária sobre a pintura camuflada. Após a chegada ao destino, a cobertura será removida.

VEJA TAMBÉM:

Leia mais (Read More): Poder Aéreo - Informação e Discussão sobre Aviação Militar e Civil

__________________________________________________________________________________

Seria uma possibilidade para o KC-390 ?

SDs
Spock

_________________
[] Spock

Os Estados não se defendem exigindo explicações, pedidos de desculpas ou com discursos na ONU.

“Quando encontrar um espadachim, saque da espada: não recite poemas para quem não é poeta”


Voltar ao topo
 
 Título: Re: NOTÍCIAS
MensagemEnviado: Sex Jul 26, 2013 1:52 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Jan 01, 2010 9:52 pm
Mensagens: 9235
Spock escreveu:
Renovação da Aviação de Transporte da Venezuela
25 de julho de 2013, em Foto, por Guilherme Poggio

Imagem
Y-8 da Venezuela em Fortaleza - foto angelo souza

vinheta-exclusivoNosso leitor Angelo Souza, morador de Fortaleza (capital do Ceará) nos mandou a foto acima. Trata-se de um avião de transporte de fabricação chinesa Shaanxi Y-8,matrícula B-632L da Força Aérea Venezuelana (atualmente conhecida como “Aviación Militar Bolivariana Venezolana”).

Na verdade este avião estava acompanhado de outra aeronave do mesmo modelo (o B-631L). Muito provavelmente eles tenham vindo da Europa e fizeram uma escala técnica em Fortaleza antes de seguirem para a Venezuela. Estes mesmos aviões foram vistos no aeroporto da ilha de Malta (Mar Mediterrâneo) no último dia 17 de julho.

As duas aeronaves fazem parte de uma compra de oito aparelhos, anunciada em fins de 2011 (ver link abaixo). Os Y-8 irão reforçar a frota de aeronaves do Grupo 6, baseado na Base Aérea El Libertador (Palo Negro, Aragua). A Venezuela pretende substituir os seus C-130 pelos Y-8. O avião da foto está com uma cobertura branca temporária sobre a pintura camuflada. Após a chegada ao destino, a cobertura será removida.

VEJA TAMBÉM:

Leia mais (Read More): Poder Aéreo - Informação e Discussão sobre Aviação Militar e Civil

__________________________________________________________________________________

Seria uma possibilidade para o KC-390 ?

SDs
Spock

Se eles estão recebendo oito aeronaves zero hora da categoria do KC-390/C-130 de 20.000 kg de payload, não tem chance, mesmo que não tivesse embargo.

Com estas 2 desta semana mais 2 de 2012, ja receberam 4 unidades das 8 para voar uns trinta anos.

Imagemvenezueladefensa


Voltar ao topo
 
 Título: Re: NOTÍCIAS
MensagemEnviado: Sex Jul 26, 2013 1:56 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Jun 14, 2009 11:59 pm
Mensagens: 5835
wstrobel escreveu:
Spock escreveu:
Renovação da Aviação de Transporte da Venezuela
25 de julho de 2013, em Foto, por Guilherme Poggio

Imagem
Y-8 da Venezuela em Fortaleza - foto angelo souza

vinheta-exclusivoNosso leitor Angelo Souza, morador de Fortaleza (capital do Ceará) nos mandou a foto acima. Trata-se de um avião de transporte de fabricação chinesa Shaanxi Y-8,matrícula B-632L da Força Aérea Venezuelana (atualmente conhecida como “Aviación Militar Bolivariana Venezolana”).

Na verdade este avião estava acompanhado de outra aeronave do mesmo modelo (o B-631L). Muito provavelmente eles tenham vindo da Europa e fizeram uma escala técnica em Fortaleza antes de seguirem para a Venezuela. Estes mesmos aviões foram vistos no aeroporto da ilha de Malta (Mar Mediterrâneo) no último dia 17 de julho.

As duas aeronaves fazem parte de uma compra de oito aparelhos, anunciada em fins de 2011 (ver link abaixo). Os Y-8 irão reforçar a frota de aeronaves do Grupo 6, baseado na Base Aérea El Libertador (Palo Negro, Aragua). A Venezuela pretende substituir os seus C-130 pelos Y-8. O avião da foto está com uma cobertura branca temporária sobre a pintura camuflada. Após a chegada ao destino, a cobertura será removida.

VEJA TAMBÉM:

Leia mais (Read More): Poder Aéreo - Informação e Discussão sobre Aviação Militar e Civil

__________________________________________________________________________________

Seria uma possibilidade para o KC-390 ?

SDs
Spock

Se eles estão recebendo oito aeronaves zero hora da categoria do KC-390/C-130 de 20.000 kg de payload, não tem chance, mesmo que não tivesse embargo.

Com estas 2 desta semana mais 2 de 2012, ja receberam 4 unidades das 8 para voar uns trinta anos.

Imagemvenezueladefensa


Me expressei mal, quis dizer: Seria uma possibilidade PERDIDA pELO o KC-390 ?

_________________
[] Spock

Os Estados não se defendem exigindo explicações, pedidos de desculpas ou com discursos na ONU.

“Quando encontrar um espadachim, saque da espada: não recite poemas para quem não é poeta”


Voltar ao topo
 
 Título: Re: NOTÍCIAS
MensagemEnviado: Sex Jul 26, 2013 4:08 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Jan 01, 2010 9:52 pm
Mensagens: 9235
Tem dois problemas:

O KC-390 só vai ter uma única versão com motor e aviônica ocidental, o Y-8 tem duas versões de exportação, com aviônica e motores chineses(Venezuela) livre de embargos e a ocidental com motores canadenses P & W Canada e aviônica Rockwell Collins(Paquistão).

O KC-390 ainda não é nem protótipo e a Venezuela precisava urgente repor os velhos C-130 com manutenção prejudicada. A melhor opção testada e aprovada foi o Y-8 para entrega rápida, dois anos após a encomenda.

Venezuela Y-8F200VV, que é um An-12 Chinês modernizado pela Lockheed nos anos 80.
ImagemAviamil

Paquistão, usa o KJ-200 que é Shaanxi Y-8F600(a versão ocidental) com radar chines AWACS
ImagemDefence-PK


Voltar ao topo
 
 Título: Re: NOTÍCIAS
MensagemEnviado: Sex Jul 26, 2013 9:28 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Visitar website do usuário  Perfil

Registrado em: Ter Nov 06, 2007 6:50 pm
Mensagens: 4256
Localização: Brasil, RJ
Na verdade, creio que desde o início a Embraer já devia considerar a Venezuela como uma carta fora do baralho.
Afinal, ela mesma foi forçada e desistir da venda de AMX e Supertucanos para a Venezuela devido a oposição do governo americano.
Com a quantidade de sistemas de origem norte-americana no KC-390, o riso de a história se repetir é grande. Por isso, a opção por produtos de defesa de origem russa ou chinesa é o caminho mais lógico par a Venezuela.

atenciosamente,

_________________
::Robson Rocha
http://www.comunicarteei.blogspot.com


Voltar ao topo
 
 Título: Re: NOTÍCIAS
MensagemEnviado: Sáb Jul 27, 2013 8:32 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Jun 14, 2009 11:59 pm
Mensagens: 5835
Citação:
MMRCA: pode sobrar para o próximo
26 de julho de 2013, em Noticiário Internacional, por Guilherme Poggio
Questionamentos de parlamentares e eleições na Índia devem retardar a assinatura do contrato final

Imagem
Rafale 1

Há uma notícia desanimadora para o ministro da Defesa francês Jean-Yves Le Drian assim que ele chegar a Nova Delhi para tratar do negócio que envolve a venda de 126 caças 126, o maior acordo militar da Índia.

Dada a situação no Ministério da Defesa, é improvável que o acordo seja finalizado antes do final do mês de setembro. Até lá, época da campanha eleitoral, nenhum burocrata vai querer assinar o acordo [haverá eleições para a Câmara baixa do Parlamento Indiano - Lok Sabha -, cujo mandato atual vence em maio de 2014. Os membros da Lok Sabha elegem o Primeiro Ministro Indiano]. Em tal eventualidade, o acordo é susceptível de ser decidido pelo próximo governo, disseram fontes altamente colocadas.

Duas cartas enviadas por parlamentares para o ministro da Defesa, AK Antony, estão passando no momento por um trabalhoso “pente fino”. A que mais incomoda é a do ex-ministro de Assuntos Externos, Yashwant Sinha, que questiona os critérios de custo do “ciclo de vida” da aeronave. Ele alegou também que dois dos sete critérios mencionados na Política de Compras da Defesa não foram aplicados.

A segunda carta alega que houve manipulação de todo o processo de escolha. A “Responsabilidade patriótica” do parlamentar MV Mysoora Reddy obrigou-o a falar contra a opção de uma empresa que não vendeu um único avião deste tipo a um cliente no exterior.


Antony encaminhou as duas cartas para diferentes grupos especialistas. Enquanto as alegações de Sinha sobre os custos do ciclo de vida estão sendo examinadas por funcionários do governo, está muito difícil refazer os cálculos. A carta de Reddy foi enviada para a unidade que recebeu as propostas avaliadas por todos os cinco competidores. Mas houve mudança na equipe original desde então, e o novo conjunto de funcionários enfrenta a difícil tarefa de fazer os cálculos novamente. É improvável que eles terminem as avaliações antes que a temporada de pesquisas eleitorais comece e os burocratas poderiam hesitar em tomar novas iniciativas.

Enquanto isso a França espera que as autoridades indianas cumpram a promessa de não abrirem a concorrência de caças novamente. O consórcio europeu de quatro nações, que juntamente com os americanos e os russos perderam para os franceses, já se ofereceu para baixar o preço de sua oferta. Mas isto não assusta os franceses, acostumados com os processos no Ministério da Defesa indiano desde o nascimento do País. Além disso, eles têm um monte de projetos pendentes na mão e serão concorrentes de duas grandes propostas.

Uma das escalas do ministro francês será Gwalior que hospeda os caças Mirage sendo atualmente atualizados pela Dassault. A França também celebrou um contrato de pesquisa e desenvolvimento de mísseis de curto alcance, juntando-se, assim à Rússia e Israel, que são os únicos até o momento que participam de projetos de transferência de know-how militar com a Índia.

Um mega projeto para a construção de submarinos franceses também está em andamento em Mumbai, apesar de ter sido atingido por tempo e custos.

Fontes confiáveis ​​disseram que a visita do ministro não tem a intenção de finalizar o contrato e Paris estaria disposta a esperar o tempo que for preciso.

Há outras complexidades, bem como as questões de transferência de tecnologia e questões que estão sendo levantadas sobre o preço por causa da desvalorização da rupia e a decisão do Ministério da Defesa francês em reduzir encomendas da mesma aeronave à Dassault.

“Nunca houve uma concorrência deste tamanho, com tantas complexidades”, disseram as fontes sublinhando que a virtual reabertura da disputa, juntamente com o tempo gasto para discutir outras questões, não seria uma boa notícia, pelo menos para a Dassault, que está enfrentando tempos difíceis em um momento de desaceleração econômica.

FONTE: The Hindu (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

Leia mais (Read More): Poder Aéreo - Informação e Discussão sobre Aviação Militar e Civil


O Grifo de cor diferente remete ao caso do "suborno" de US$ 300 por um oficial indiano exonerado, assim, qual será a postura dos novos avaliadores diante da acusação feita pela Dassault ?

É uma incógnita, o que acham?

Sds
Spock

_________________
[] Spock

Os Estados não se defendem exigindo explicações, pedidos de desculpas ou com discursos na ONU.

“Quando encontrar um espadachim, saque da espada: não recite poemas para quem não é poeta”


Voltar ao topo
 
 Título: Re: NOTÍCIAS
MensagemEnviado: Sáb Jul 27, 2013 10:30 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Ter Jan 18, 2011 4:36 pm
Mensagens: 852
Spock escreveu:
IAI/ELTA VENCE LICITAÇÃO DA FAB
Empresa fornecerá radares para o controle do tráfego aéreo brasileiro


A A A
A IAI/ELTA Systems, de Israel, venceu licitação promovida pela FAB (Força Aérea Brasileira), que selecionou a empresa para ser sua nova fornecedora de radares de controle de tráfego aéreo. A decisão foi divulgada em comunicado da CABW(Comissão Aeronautica Brasileira em Washington DC), no último dia 9 de julho de 2013. O valor do contrato da ordem de US$ 87 milhões, é menor que a proposta mais cara que foi oferecida e está abaixo do orçamento planejado.

O contrato prevê ainda uma parceria entre a vencedora com as empresas brasileiras Mectron e a IACIT -- ambas de São José dos Campos. O processo licitatório durou 12 meses e contou ainda com a participação da Thales (França) e da Indra (Espanha).

Após avaliar as competências técnicas e a proposta de preço de cada companhia, a FAB optou pela IAI/ELTA por ter sido a proposta com maior pontuação, principalmente no que se refere às especificações técnicas, que atendiam amplamente todos os requisitos solicitados pelo cliente.

Dentre as solicitações da FAB, a empresa deveria apresentar um sistema de radar mais moderno, com histórico de desempenho comprovado e a um preço comercialmente viável. O novo radar que será utilizado pela FAB é o ELM-2084AD, que tem capacidade para detectar e rastrear todos os tipos de alvos aéreos dentro de todo o volume de vigilância nos céus do Brasil. Esse radar já esta em produção em serie, com mais de 50 unidades produzidas e instaladas em diferentes países.

O radar selecionado permite à FAB conduzir simultaneamente, sem comprometer o desempenho ou a detecção de precisão, o gerenciamento efetivo do tráfego aéreo comercial, a vigilância contínua para aeronaves, missões de defesa aérea, controle e vetorização de aviões militares.

Sobre a IAI/ELTA

A IAI/ELTA já participa de projetos com a Marinha brasileira, além da FAB, respectivamente nos projetos A-4 e P-3 e na manutenção de motores para o mercado de aviação civil. Também forneceu veículos aéreos não tripulados para a Polícia Federal.

http://www.defesanet.com.br/fab/noticia ... ao-da-FAB/




Alguém sabe para onde é esse radar? E qual a transferencia de tecnologia?


Voltar ao topo
 
 Título: Re: NOTÍCIAS
MensagemEnviado: Dom Jul 28, 2013 10:07 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Ter Jan 18, 2011 4:36 pm
Mensagens: 852
Aqui está a brochura do radar: http://www.iai.co.il/sip_storage/FILES/3/39093.pdf Ele vai ser usado onde? Vai ser usado de maneira móvel? Qual a transferencia de tecnologia será feita?


Voltar ao topo
 
 Título: Re: NOTÍCIAS
MensagemEnviado: Dom Jul 28, 2013 1:10 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Jun 14, 2009 11:59 pm
Mensagens: 5835
Talisman Saber 2013: Super Hornets da RAAF e da USN decolam de terra e mar
28 de julho de 2013, em Aviação de Caça, Aviação Naval, Exercício, Operações Aéreas, Operações Combinadas, Operações Conjuntas, por Fernando "Nunão" De Martini

Imagem
Super Hornets da RAAF decolam de Amberley no Talisman Saber 2013 no Mar de Coral - foto MD Australia

Desde 15 de julho até 5 de agosto, ocorre no norte da Austrália um grande exercício bilateral entre forças militares da Austrália e dos Estados Unidos, o Talisman Saber 2013. O exercício bienal tem a particularidade de envolver, no ar, o mesmo modelo de avião de caça operando na RAAF (Força Aérea Real da Austrália) e USN (Marinha dos EUA), o F/A-18 E/F Super Hornet (operado apenas na versão F na RAAF).

As fotos mostram preparações e decolagens de caças F/A-18 F australianos a partir da Base Aérea de Amberley, no norte da Austrália, e de F/A-18 E norte-americanos a partir do porta-aviões de propulsão nuclear USS George Washington (CVN 73), da Marinha dos EUA, posicionado no Mar de Coral.

Imagem

Imagem
Super Hornet da RAAF prepara-se para decolar de Amberley no Talisman Saber 2013 no Mar de Coral - foto MD Australia
Imagem
Super Hornet da USN decola do CVN 73 no Talisman Saber 2013 no Mar de Coral - foto USN

Segundo o Ministério da Defesa da Austrália, cerca de 28.000 militares australianos e norte-americanos estão tomando parte no exercício de 21 dias, no momento sendo realizado no Mar de Coral e áreas de treinamento militar na parte central e norte de Queensland. Atividades de apoio também ocorrem nas águas do Mar de Timor e de Arafura, assim como em Queensland e no Território Norte do País.

A Marinha dos EUA destacou que o Talisman Saber 2013 visa aprimorar a prontidão e a interoperabilidade da Força de Defesa Australiana (Australian Defense Force – ADF) e as Forças Armadas dos EUA, formando uma Força-Tarefa Combinada e Conjunta.

Imagem
Super Hornet da USN decola do CVN 73 no Talisman Saber 2013 no Mar de Coral - foto 2 USN

FONTES / FOTOS: Marinha dos EUA e Ministério da Defesa da Austrália (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de originais em inglês)

Leia mais (Read More): Poder Aéreo - Informação e Discussão sobre Aviação Militar e Civil

_________________
[] Spock

Os Estados não se defendem exigindo explicações, pedidos de desculpas ou com discursos na ONU.

“Quando encontrar um espadachim, saque da espada: não recite poemas para quem não é poeta”


Array

Voltar ao topo
 
 Título: Re: NOTÍCIAS
MensagemEnviado: Dom Jul 28, 2013 1:19 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Jun 14, 2009 11:59 pm
Mensagens: 5835
Discao escreveu:
Alguém sabe para onde é esse radar? E qual a transferencia de tecnologia?


Onde: deve ser (provavelmente) com abrangência Nacional ... ToT :

Citação:
IAI compra participação em brasileira

A Israel Aerospace Industries (IAI) comprou 40% da brasileira IACIT, que atua nas áreas de controle de tráfego aéreo e marítimo, comunicação, radar meteorológico e tecnologias da informação. O valor do negócio não foi revelado.

As duas empresas acertaram um acordo de cooperação para o desenvolvimento de novas tecnologias. O acordo, segundo o presidente da IAI, Joseph Weiss, será feito através da Elta Systems, subsidiária da companhia.

O executivo disse que a empresa investirá US$ 20 milhões em formação de pessoal, capacitação técnica e produtiva da IACIT. O aporte financeiro virá da empresa Lardosa, outra subsidiária da IAI.

O foco da parceria serão projetos na área de defesa e segurança pública, principalmente o mercado nacional, mas isso não impede a participação no exterior.

Para o presidente da IACIT, Luiz Teixeira, o acordo vai permitir o acesso às tecnologias avançadas desenvolvidas pela israelense, principalmente na área de radares, comunicação e sistemas eletrônicos. "Daremos um grande salto em tecnologia e estaremos mais preparados para competir, tanto no mercado brasileiro quanto internacional", disse.

"A IACIT será o nosso braço tecnológico no Brasil, país que vemos como um de nossos principais mercados no mundo", afirmou Weiss. Considerada a maior indústria aeroespacial e de defesa de Israel, a IAI obteve receita superior a US$ 3,5 bilhões em 2012
http://fusoesaquisicoes.blogspot.com.br ... leira.html

_________________
[] Spock

Os Estados não se defendem exigindo explicações, pedidos de desculpas ou com discursos na ONU.

“Quando encontrar um espadachim, saque da espada: não recite poemas para quem não é poeta”


Voltar ao topo
 
 Título: Re: NOTÍCIAS
MensagemEnviado: Dom Jul 28, 2013 2:56 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
O valor pago foi bem baixo..... segundo matéria do DefenceNews.

Citação:
TAIPEI — Singapore Technologies Engineering (ST Engineering) has procured a 90 percent equity interest in Brazil’s Technicae Projetos e Servicos Automotivos (Technicae).

ST Kinetics paid $465,000 with an additional $1.77 million capital call in proportion to its shares in the company. The July 22 buy was made via a subsidiary of ST Kinetics, Singapore-based Mobility Systems.

Fonte:http://www.defensenews.com/article/20130726/DEFREG03/307260011/Singapore-Kinetics-Buys-Brazilian-Company


Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: NOTÍCIAS
MensagemEnviado: Dom Jul 28, 2013 4:55 pm 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Sáb Fev 10, 2007 1:22 pm
Mensagens: 2113
Então essa compra quer dizer que a IAI vai transferir "tecnologia para uma subsidiária".
Virou moda.


Voltar ao topo
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 62  Próximo

Todos os horários são


Quem está online


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
cron
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group  
Design By Poker Bandits  
Traduzido por: Suporte phpBB Brasil