Forum Base Militar Web Magazine

Bem-vindo: Qua Nov 20, 2019 10:10 pm

Todos os horários são




Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 13  Próximo
Autor Mensagem
 Título: Revitalização dos M113
MensagemEnviado: Sex Fev 22, 2008 11:51 pm 
Offline
Recente
Recente
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qua Ago 15, 2007 2:31 pm
Mensagens: 77
Salve, pessoal!

Para quem não leu, tem uma notícia interessante no DefesaNet: http://www.defesanet.com.br/afv1/m113.htm

Pergunto a quem entende: o M113 ainda tem espaço no EB? Vale a pena essa reforma?

A título de comentário, Israel reformou M113, com blindagem gaiola e talz (tenho que achar o link da notícia, assim que achar, ponho aqui).

Abraços!

Mário

_________________
Quis custodiet ipsos custodes?


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Revitalização dos M113
MensagemEnviado: Qui Jun 19, 2008 9:51 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Notícias da Eurosatory sobre a repotencialização dos M-113 do EB:

Modernização dos M-113 brasileiros

A visita seguinte foi dedicada aos interesses do Exército Brasileiro, mais especificamente quanto à repotencialização dos blindados M-113, em estágio final de seleção do ganhador.

À Caterpilar foi perguntado se algum de seus motores teria sido escolhido por alguma das empresas participantes da licitação brasileira. Geoff Coram, gerente de negócios, informou que o motor Caterpilar C7, em conjunto com a transmissão CX28 foi escolhido pela BAE Systems (uma das cinco finalistas). Este motor abrange uma faixa de 190 CV à 350 CV, tendo sido eleita a versão de 300 CV. Ainda segundo ele, o C7 está sendo utilizado na versão repotencializada dos M-113 noruegueses.

Já a FFG recusou-se a dizer qual o tipo de motorização que ofereceram, esclarecendo apenas que foram feitas cinco ofertas ao Exército Brasileiro ( uma, considerada ideal e quatro outras opções). A FFG é a responsável pela modernização dos M-113 da Dinamarca e da Austrália. Nesses dois trabalhos, o motor que usam é um powerpack preparado pela MTU com motor Mercedes V6 ( OM 301, conjugado com a transmissão ZF LG1000). Se a FFg for a vencedora da concorrência no Brasil, deve atuar em parceria com a Agrale S/A.

Fonte: TecnoDefesa

Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Revitalização dos M113
MensagemEnviado: Sex Jun 20, 2008 12:17 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
Eu optaria pela FFG/Agrale !


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Revitalização dos M113
MensagemEnviado: Sex Jun 20, 2008 12:49 pm 
Offline
Intermediário
Intermediário
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Dez 17, 2007 2:26 pm
Mensagens: 158
Localização: Campinas/SP
Wellington Góes escreveu:
Eu optaria pela FFG/Agrale !


Wellington, esse processo é um pouco mais complexo do que parece.

Cada concorrente apresentou um determinado numero de opções de Motor/Transmissão, e essa informação é um segredo de Estado. O pessoal da BAE Systems e da FFG simplesmente se recusou a falar sobre suas propostas ao Bacchi na EUROSATORY. Tanto que as informações sobre a proposta do Motor C7 foram obtidas na Caterpillar.

Baseados nos concorrentes e nos projetos em andamento pelo mundo, acreditamos que as principais propostas serão as seguintes:

_ FFG com motor MTU OM-301 e transmissão ZF LG1000;
_ BAE Systems com o Caterpilar C7 e transmissão CX28;
_ BAE Systems com Detroit Diesel 6V53T e o kit RISE;
_ Medianeira com motor MWM 607 TCA e o Kit Tracttor.

Todos são muito bons, em particular o Kit RISE, que foi o utilizado nos M113A3 do US Army, e posso garantir que os transformou nos melhores M113 do mundo, porem acho muito dificil que a motorização escolhida não seja o MWM 607 TCA ou o MTU OM366 LA, corredo por fora o CUMMINS INTERACT 6, pelo fato destes serem fabricados no Brasil, e tambem por serem as mais baratas. Pela pequena quantidade a ser modernizada (cerca de 3500 veículos), duvido que montem uma linha de produção exclusiva no Brasil.

Motor nacional não é um requisito obrigatório no ROB, mas o histórico das decisões do EB aponta para soluções caseiras, alem disso o projeto M113-T, equipado com motor MWM, apresentou bons resultados.

Dentro de alguns dias sairá a T&D onde contaremos em detalhes a complicada história do programa M113-B, a surpresa do M113-T e as perspectivas para o M113-BR.

Aguarde e confie :D

Só uma ultima observação, a BAE Systems é a dona do projeto do VBTP M113 e familia, pois adquiriu a FMC.


Um forte abraço,
Paulo Bastos

_________________
“O problema do mundo de hoje é que as pessoas inteligentes estão cheias de dúvidas e as idiotas cheias de certezas” – Henry Charles Bukowski jr


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Revitalização dos M113
MensagemEnviado: Sex Jun 20, 2008 4:32 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
Valeu, e vou esperar pra ler a matéria ! :wink:

Quanto a opção pela FFG/Agrale é o fato de poder agregar um produto "MADE IN BRAZIL", ou pelo menos a mão de obra, isso já daria algum expertise à nós !

Acho também que uma combinação do MTU OM366 LA com a transmissão ZF LG1000 poderia ser mais barata, como você mesmo falou o EB procura sempre reduzir seus custos e dar um "certo apoio"(quando não existe aqueles ciuminhos bestas) aos produtos nacionais !

Um abraço !


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Revitalização dos M113
MensagemEnviado: Sex Jun 20, 2008 9:21 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Wellington Góes escreveu:
Valeu, e vou esperar pra ler a matéria ! :wink:

Quanto a opção pela FFG/Agrale é o fato de poder agregar um produto "MADE IN BRAZIL", ou pelo menos a mão de obra, isso já daria algum expertise à nós !

Acho também que uma combinação do MTU OM366 LA com a transmissão ZF LG1000 poderia ser mais barata, como você mesmo falou o EB procura sempre reduzir seus custos e dar um "certo apoio"(quando não existe aqueles ciuminhos bestas) aos produtos nacionais !

Um abraço !


Também lembrando que a Agrale (aqui da minha cidade) já é parceira do EB com os veículos da linha Marruá.
Aproveito para perguntar ao Paulo ou ao Wellington se sabem dizer qual motorização o Ex. Argentino usou nas recentes modernizações de seus M-113, inclusive o mesmo recebeu um lote a poucos dias atráz, vou ver se consigo uma foto.....
Um abraço.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Revitalização dos M113
MensagemEnviado: Sáb Jun 21, 2008 2:57 am 
Offline
Intermediário
Intermediário
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Dez 17, 2007 2:26 pm
Mensagens: 158
Localização: Campinas/SP
Wellington Góes escreveu:
Quanto a opção pela FFG/Agrale é o fato de poder agregar um produto "MADE IN BRAZIL", ou pelo menos a mão de obra, isso já daria algum expertise à nós !

Wellington, sinto decepciona-lo, mas não vejo onde um projeto como esse possa gerar alguma "expertise para nós!".



Baschera escreveu:
... qual motorização o Ex. Argentino usou nas recentes modernizações de seus M-113, inclusive o mesmo recebeu um lote a poucos dias atráz, vou ver se consigo uma foto.....

Baschera, a modernização que o Comando de Arsenales esta fazendo para o EA é mais na parte de recuperação (já que estes veículos foram adquiridos usados) e padronização da frota. Como os M113 argentinos são da versão A2 (como os dos nossos fuzileiros navais) e A3, eles utilizam o excelente motor Detroit Diesel 6V-53, que é um dos melhoes de sua categoria, muito melhor que o MBB, MWM ou Cummins brasileiros, na relação peso/potência.

Abraços,
Paulo Bastos

_________________
“O problema do mundo de hoje é que as pessoas inteligentes estão cheias de dúvidas e as idiotas cheias de certezas” – Henry Charles Bukowski jr


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Revitalização dos M113
MensagemEnviado: Sáb Jun 21, 2008 7:29 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Parabelum escreveu:
Wellington Góes escreveu:
Quanto a opção pela FFG/Agrale é o fato de poder agregar um produto "MADE IN BRAZIL", ou pelo menos a mão de obra, isso já daria algum expertise à nós !

Wellington, sinto decepciona-lo, mas não vejo onde um projeto como esse possa gerar alguma "expertise para nós!".



Baschera escreveu:
... qual motorização o Ex. Argentino usou nas recentes modernizações de seus M-113, inclusive o mesmo recebeu um lote a poucos dias atráz, vou ver se consigo uma foto.....

Baschera, a modernização que o Comando de Arsenales esta fazendo para o EA é mais na parte de recuperação (já que estes veículos foram adquiridos usados) e padronização da frota. Como os M113 argentinos são da versão A2 (como os dos nossos fuzileiros navais) e A3, eles utilizam o excelente motor Detroit Diesel 6V-53, que é um dos melhoes de sua categoria, muito melhor que o MBB, MWM ou Cummins brasileiros, na relação peso/potência.

Abraços,
Paulo Bastos



Valeu Paulo !!!
Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Revitalização dos M113
MensagemEnviado: Seg Jun 23, 2008 4:38 pm 
Offline
Recente
Recente
 Perfil

Registrado em: Dom Fev 11, 2007 6:27 am
Mensagens: 62
Parabelum,

Alguma informação se o M-113Br terá comunalidade com a VBTP-MR 6x6?

Em termos de: Tecnologia de blindagem, material de comunicação, REMAX, equipamentos de visão noturna, etc...

Novidades vindas da Iveco?



abraços]


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Revitalização dos M113
MensagemEnviado: Qua Jun 25, 2008 9:58 pm 
Offline
Intermediário
Intermediário
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Dez 17, 2007 2:26 pm
Mensagens: 158
Localização: Campinas/SP
Citação:
Alguma informação se o M-113Br terá comunalidade com a VBTP-MR 6x6?


Que eu saiba não, pois são dois programas totalmente diferentes.

O Programa VBTP-MR é um desenvolvimento do zero, de acordo com requisitos do EB enquanto o Programa M113-BR é um simples upgrade que visa melhorar o desempenho e, principalmente, a disponibilidade de um blindado antigo.

Abraços,
Paulo Bastos

_________________
“O problema do mundo de hoje é que as pessoas inteligentes estão cheias de dúvidas e as idiotas cheias de certezas” – Henry Charles Bukowski jr


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Revitalização dos M113
MensagemEnviado: Qui Jun 26, 2008 12:31 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
Eu ainda acho que um ressurgimento do Charrua ainda seria válido !


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Revitalização dos M113
MensagemEnviado: Qui Jun 26, 2008 11:38 am 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Qui Jan 04, 2007 2:42 pm
Mensagens: 1794
Matusa escreveu:
Parabelum,

Alguma informação se o M-113Br terá comunalidade com a VBTP-MR 6x6?

Em termos de: Tecnologia de blindagem, material de comunicação, REMAX, equipamentos de visão noturna, etc...

Novidades vindas da Iveco?



abraços]


De jeito nenhum, comunalidade é um palavra russa para nossas FA´s, tanto interna como entre os 03 ramos. Depois eles iam perder a oportunidade de fazer coleções estrangeiras.

[ ]´s

_________________
Nem pulga, nem gigante, o caminho é o equilíbrio, não somos passivos, mas defensivos.
Imagem


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Revitalização dos M113
MensagemEnviado: Qui Jun 26, 2008 3:32 pm 
Offline
Avançado
Avançado
 Perfil

Registrado em: Qui Dez 20, 2007 11:41 am
Mensagens: 466
Amigos

O M113 ainda é considerado pelos paises do primeiro mundo como um equipamento importante, tanto que vários países optaram por fazer uma modernização, e utilizam como equipamento de primeira linha.
Eu, o Paulo Bastos e o Eng.Reginaldo Bacchi preparamos um artigo sobre a trajetória dos M113 no Brasil, sua modernização na década de 80, a remotorização por uma unidade em Santa Maria, até a requisição oficial para a nova modernização.
Analisamos também os tipos de motores existentes no mercado nacional, bem como as opções internacionais. Comentamos também alguns requisitos do EB principalmente sobre a parte mecanica.
Este trabalho será publicado no próximo numero da revista "Tecnologia & Defesa"

O M113 é um equipamento importante no EB, e sua modernização torna-se necessária para poder compatibilizar com os veículos mais modernos do EB( principalmente o Leo1). O M113-B é uma viatura de manutenção simples, compativel com a capacidade logistica das unidades que operam, e após a conclusão da pesquisa para escrever o artigo convenci-me da necessidade de manter este equipamento em operação no EB.

Um abraço
Hélio


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Revitalização dos M113
MensagemEnviado: Qui Jun 26, 2008 9:36 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Wellington Góes escreveu:
Eu ainda acho que um ressurgimento do Charrua ainda seria válido !


X 2.
Já disse isto em outras discussões que mencionaram o nome Charrua.
Até porque, hoje, se poderia modernizar sobremaneira o mesmo.
Todos dizem que devemos contruir equipamentos aqui, ora, será muito difícil ??
Bom, mas concordo que para isto : DEVE-SE TER DEMANDA E RECURSOS.
Ou seja, vontade política.
Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Revitalização dos M113
MensagemEnviado: Sex Jun 27, 2008 10:33 am 
Offline
Avançado
Avançado
 Perfil

Registrado em: Qui Dez 20, 2007 11:41 am
Mensagens: 466
Baschera
Como ja disse o Charrua foi baseado no M59.
O M59 foi recebido pelo EB antes dos M113, mas em quantidade menor e se nao me engano utilizado somente no RRecMec do Rio de Janeiro. O M59 por nao ser aerotransportavel, ser muito maior( cabia um jipe dentro) e mais pesado que o M113 teve uma doutrina diferente do seu sucessor.
Honestamente nao sei se o EB tem interesse em adotar o Charrua pois seria mais um tipo de VBTP, e implicaria numa nova linha de suprimentos.
Nao sei se para o EB, a capacidade de transportar mais fuzileiros seria imprescindivel. Temos que levar em conta que o Charrua em sendo maior e mais pesado que o M113 implicaria em poder transportar somente um por prancha rodoviaria ate o tetro de operacoes ,enquanto o M113 cabem dois por prancha( seu peso eh de 9 ton).
Concordo que o EB poderia pensar num projeto nacional de um novo blindado sobre lagartas mas nao necessariamente o Charrua. A propria Motopecas na epoca(anos 80) chegou a projetar um novo veiculo, de dimensoes menores e mais moderno que o Charrua, mas temendo que o EB se interessasse mais do projeto novo deixando de lado o Charrua, ele nunca foi mostrado ao EB. Este novo veiculo sobre esteiras possuia versao VBTP e com canhao de 20mm. Com o tempo, vendo que apos 10 anos de espera o EB nao fechava o contrato de fabricacao, a Motopecas desistiu de atuar na area belica, a fabrica foi vendida e hoje material belico nao faz mais parte do seu portfolio.

Um abraco
Helio


Voltar ao topo
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 13  Próximo

Todos os horários são


Quem está online

Array


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group  
Design By Poker Bandits  
Traduzido por: Suporte phpBB Brasil