Forum Base Militar Web Magazine

Bem-vindo: Sex Nov 22, 2019 11:41 pm

Todos os horários são




Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 16  Próximo
Autor Mensagem
 Título: Obuses do Exército Brasileiro
MensagemEnviado: Qua Jul 29, 2009 1:34 pm 
Offline
Avançado
Avançado
 Perfil

Registrado em: Seg Out 22, 2007 4:06 pm
Mensagens: 727
Senhores

Valeria apena modernizar os M101 e Oto Melara 56 com os tubos do L118? Esta modernização, segundo a imprensa especializada traria um maior alcance (até 19000m com munição assistida).
E os M114 AR? Com a modernização e tubos de 39 calibres ele poderia bater alvos a 30000 metros.
Ao meu ver, esta modernizações seriam muito válidas, pois teríamos obuses ainda eficazes por custos infímos perto de peças novas.
Aguardo comentários.
At
JM

_________________
Dom Joaquim
Barão de Louveira


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Obuses do Expército brasileiro
MensagemEnviado: Qua Jul 29, 2009 5:19 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Abr 17, 2009 2:54 pm
Mensagens: 2245
bem, acompanho este forum a algum tempo, e nunca dei uma contribuiçao apareceu a oportunidade... acho que talvez nao seja viavel pelo grau de deteriorização das peças existentes no EB...talvez se devesse comprar alguns obuseiros 105, ou melhor diria fabricar no pais fazendo uma compra considerável com a fabricação da munição no brasil(produção sob licença com trans tecnologica)...meu papite seria o m119 (light gun americanizado) americano ou, o giat francês.
Para os 155 talvez a mesma formula dai talvez os m777. sugestões?

_________________
"Uma nação que confia em seus direitos, em vez de confiar em seus soldados, engana-se a si mesma e prepara a sua própria queda." (Rui Barbosa)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Obuses do Expército brasileiro
MensagemEnviado: Qua Jul 29, 2009 8:51 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qua Abr 02, 2008 5:32 pm
Mensagens: 3526
Os M101, M108 e M114 são peças de museu! Eu compraria mais algumas baterias de M109 e ASTROS para substituir essa lixarada! Os Light Gun podem ser substituidos pelo M777 e os M56 pelos versáteis morteiros 120mm. A propósito, as peças de cal. 105mm estão em vias de extinção.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Obuses do Expército brasileiro
MensagemEnviado: Qua Jul 29, 2009 10:33 pm 
Offline
Intermediário
Intermediário
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Ter Nov 18, 2008 1:57 pm
Mensagens: 263
Localização: Espírito Santo
O Exercito não tem um plano de modernização também? O Braço Forte? lá não estão previstos os equipamentos que o exercito pretende manter ou trocar, atualizar? Acho que o Exército precisa de equipamentos mais modernos.

_________________
Saudações,
Luciano.

_________________________
There's a sign on the wall, but she wants to be sure
"Cause you know sometimes words have two meanings"


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Obuses do Expército brasileiro
MensagemEnviado: Qui Jul 30, 2009 1:28 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Abr 17, 2009 2:54 pm
Mensagens: 2245
rdx escreveu:
Os M101, M108 e M114 são peças de museu! Eu compraria mais algumas baterias de M109 e ASTROS para substituir essa lixarada! Os Light Gun podem ser substituidos pelo M777 e os M56 pelos versáteis morteiros 120mm. A propósito, as peças de cal. 105mm estão em vias de extinção.


m101,m114,m108 são peças de museu! Porém não se poder substituir toda a artilharia de tubo por peças de ASTROS pois tem toda uma cadeia logistica que você teria que criar e as peças de obuseiros auto rebocadas são mais simples de operar e manter
O Light Gun não pode ser substituido pelo m777 são calibres distintos e missões distintas também.
Obuseiros não podem ser substituidos por morteiros. visto que morteiros so executam o tiro vertical (tiro com elevações altas que estão mais sujeitos a ação do ar logo imprecisão) e o obuseiro o atira com diversas elevações. Além disso é mais facil a detecçao por radar de contrabateria por ser maior o trajeto da granada.
O calibre 105 está em processo de extinção nos EUA, mas as unidades leves continuam e continuarão com o 105mm.

_________________
"Uma nação que confia em seus direitos, em vez de confiar em seus soldados, engana-se a si mesma e prepara a sua própria queda." (Rui Barbosa)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Obuses do Expército brasileiro
MensagemEnviado: Qui Jul 30, 2009 5:21 pm 
Offline
Intermediário
Intermediário
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Nov 03, 2008 3:28 pm
Mensagens: 289
Sistema Astros tem um trabalho bem diferente dos obuseiros. Uma reforma é complicado, mas poderia ser estudada, prescisa ter custo benefício muito bom.
O ideal seria um Mix de rebocados como M777 ou similar, e um autopropulsado como os da DENEL, ou até mesmo um sistema como o CAESAR.

Não, o Braço forte somente faz menção a AAA (anti-aérea).
Oque se comenta é a compra de mais M109 que serão substituidos nos EUA.

_________________
Ter problemas na vida é inevitável, ser derrotado por eles é opcional."
(Roger Crawford)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Obuses do Expército brasileiro
MensagemEnviado: Qui Jul 30, 2009 7:04 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qua Abr 02, 2008 5:32 pm
Mensagens: 3526
ART escreveu:
rdx escreveu:
Os M101, M108 e M114 são peças de museu! Eu compraria mais algumas baterias de M109 e ASTROS para substituir essa lixarada! Os Light Gun podem ser substituidos pelo M777 e os M56 pelos versáteis morteiros 120mm. A propósito, as peças de cal. 105mm estão em vias de extinção.


m101,m114,m108 são peças de museu! Porém não se poder substituir toda a artilharia de tubo por peças de ASTROS pois tem toda uma cadeia logistica que você teria que criar e as peças de obuseiros auto rebocadas são mais simples de operar e manter
O Light Gun não pode ser substituido pelo m777 são calibres distintos e missões distintas também.
Obuseiros não podem ser substituidos por morteiros. visto que morteiros so executam o tiro vertical (tiro com elevações altas que estão mais sujeitos a ação do ar logo imprecisão) e o obuseiro o atira com diversas elevações. Além disso é mais facil a detecçao por radar de contrabateria por ser maior o trajeto da granada. O calibre 105 está em processo de extinção nos EUA, mas as unidades leves continuam e continuarão com o 105mm.



Não disse que o ASTROS deveria substituir todas as peças. Quanto as peças rebocadas e calibre 105mm, eles estão obsoletos. As peças rebocadas são alvos fáceis e os caminhões de transporte possuem pouca mobilidade. Já o calibre 105mm, sempre foi fraco. Ninguém encontrará peças rebocadas e/ou de 105mm em Israel! A única peça rebocada que deve sobreviver no mercado é o M777, que aliás deve substituir grande parte dos Light Gun. Quanto ao morteiro 120mm, ele é mais eficiente em regiões de selva, além de ser mais leve e mais barato. Aliás, o M56 é outra peça de museu.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Obuses do Expército brasileiro
MensagemEnviado: Sex Jul 31, 2009 6:21 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Abr 17, 2009 2:54 pm
Mensagens: 2245
rdx escreveu:
ART escreveu:
rdx escreveu:
Os M101, M108 e M114 são peças de museu! Eu compraria mais algumas baterias de M109 e ASTROS para substituir essa lixarada! Os Light Gun podem ser substituidos pelo M777 e os M56 pelos versáteis morteiros 120mm. A propósito, as peças de cal. 105mm estão em vias de extinção.


m101,m114,m108 são peças de museu! Porém não se poder substituir toda a artilharia de tubo por peças de ASTROS pois tem toda uma cadeia logistica que você teria que criar e as peças de obuseiros auto rebocadas são mais simples de operar e manter
O Light Gun não pode ser substituido pelo m777 são calibres distintos e missões distintas também.
Obuseiros não podem ser substituidos por morteiros. visto que morteiros so executam o tiro vertical (tiro com elevações altas que estão mais sujeitos a ação do ar logo imprecisão) e o obuseiro o atira com diversas elevações. Além disso é mais facil a detecçao por radar de contrabateria por ser maior o trajeto da granada. O calibre 105 está em processo de extinção nos EUA, mas as unidades leves continuam e continuarão com o 105mm.



Não disse que o ASTROS deveria substituir todas as peças. Quanto as peças rebocadas e calibre 105mm, eles estão obsoletos. As peças rebocadas são alvos fáceis e os caminhões de transporte possuem pouca mobilidade. Já o calibre 105mm, sempre foi fraco. Ninguém encontrará peças rebocadas e/ou de 105mm em Israel! A única peça rebocada que deve sobreviver no mercado é o M777, que aliás deve substituir grande parte dos Light Gun. Quanto ao morteiro 120mm, ele é mais eficiente em regiões de selva, além de ser mais leve e mais barato. Aliás, o M56 é outra peça de museu.


Eles estâo obsoletos nos EUA e Israel, porém em outras nações eles continuarão pelos simples motivo de ser mais facil operação e mais barato para simples comparação uma granada de 105mm custa entre R$ 400 a 500, de 155mm R$ 1.000 a 10.000 e um foquete de astros está entre R$ 100.000 a 200.000. Se já não se atira tanto de 105mm quanto deveria imagine de 155 ou Astros? Quanto ao Light gun nos EUA eles continuam operando com as unidades leves. o M56 é im obuseiro muito versátil e é um projeto da década de 60/70, não conheço um obuseiro sem ser ele que consegue ser levado de voadeira (=um bote) pelos rios da amazônia são velhos mas cumprem bem a missão. O morteiro 120mm equipa as unidades de selva, leve e pqdt do EB sendo um meio eficiente e a munição deste sendo custos proximos a do 105mm (um pouco mais barato), pórem como disse um morteiro não substitui um obuseiro.

_________________
"Uma nação que confia em seus direitos, em vez de confiar em seus soldados, engana-se a si mesma e prepara a sua própria queda." (Rui Barbosa)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Obuses do Expército brasileiro
MensagemEnviado: Sáb Ago 01, 2009 12:07 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Abr 17, 2009 2:54 pm
Mensagens: 2245
Concordo que deveriamos ter mais unidades de sistema Astros e deveríamos partir para o desenvolvimento dos Astros TM ou um upgrade deste sistema.
Uma outra informação é que as granadas de 155mm não são fabricadas no brasil são importadas...e as de light gun são produzidas somente pela marinha. São fabricadas no brasil as granadas de 105mm dos M101, M56 e M108 e Morteiro 120mm pela imbel.
O Brasil deveria produzir localmente o obuseiro e sua munição para com o tempo adquirir o conhecimento e poder produzir um made in brasil.

_________________
"Uma nação que confia em seus direitos, em vez de confiar em seus soldados, engana-se a si mesma e prepara a sua própria queda." (Rui Barbosa)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Obuses do Expército brasileiro
MensagemEnviado: Sáb Ago 01, 2009 1:09 pm 
Offline
Avançado
Avançado
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Ago 17, 2008 3:31 pm
Mensagens: 637
Localização: Gotham City
Meus Comentários;

1) O Projeto Braço Forte não menciona específicamente o segmento da Artilharia de Campanha e portanto, não deveremos ter muitas novidades nesta área (até pela falta de orçamento) já que o custo de implementação do Projeto será muito elevado.

2) Nos conflitos contemporâneos a Artilharia de Campanha tradicional tem perdido espaço devido a natureza urbana da maioria deles e os consequentes efeitos colaterais do seu emprego indiscriminado.

3) O que se pode esperar - especulação minha - é a obtenção de mais M109 (disponibilizados no mercado internacional) (o Exercito da Dinamarca está desativando 76 M109A3 equivalentes aos nossos) e/ou a conversão (num Arsenal do EB) dos M108 em M109 já que o chassi é o mesmo, para artilhar todas as Brigadas Mecanizadas, usando recursos do próprio orçamento (sobras de caixa).

4) O mesmo vale para os M56, já que mais alguns poderiam se obtidos com sobras de caixa (como todos os anos acontece) devido a munição ser fabricada aquí.

5) O L118 light gun poderia ser obtido mas o seu alto custo comparativo e sua munição específica de espoletamento elétrico (com problemas de ativação em ambiente de alta umidade) o deixam fora como opção já que não é projeto prioritário.

6) De minha parte, antes de novas armas (M777 etc) investiria recursos em multiplicadores como Radares de Contrabateria, Telêmetros Laser portáteis para Observadores avançados e VANTs para observação e direção de tiro. Mas isso sou eu....

Lembrem-se todos de que é necessário GRANA para obter e manter esses brinquedinhos e o cobertor é curto...

Batman

"So much to do with so little time"


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Obuses do Expército brasileiro
MensagemEnviado: Sáb Ago 01, 2009 3:22 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Abr 17, 2009 2:54 pm
Mensagens: 2245
Batman escreveu:
Meus Comentários;

1) O Projeto Braço Forte não menciona específicamente o segmento da Artilharia de Campanha e portanto, não deveremos ter muitas novidades nesta área (até pela falta de orçamento) já que o custo de implementação do Projeto será muito elevado.

2) Nos conflitos contemporâneos a Artilharia de Campanha tradicional tem perdido espaço devido a natureza urbana da maioria deles e os consequentes efeitos colaterais do seu emprego indiscriminado.

3) O que se pode esperar - especulação minha - é a obtenção de mais M109 (disponibilizados no mercado internacional) (o Exercito da Dinamarca está desativando 76 M109A3 equivalentes aos nossos) e/ou a conversão (num Arsenal do EB) dos M108 em M109 já que o chassi é o mesmo, para artilhar todas as Brigadas Mecanizadas, usando recursos do próprio orçamento (sobras de caixa).

4) O mesmo vale para os M56, já que mais alguns poderiam se obtidos com sobras de caixa (como todos os anos acontece) devido a munição ser fabricada aquí.

5) O L118 light gun poderia ser obtido mas o seu alto custo comparativo e sua munição específica de espoletamento elétrico (com problemas de ativação em ambiente de alta umidade) o deixam fora como opção já que não é projeto prioritário.

6) De minha parte, antes de novas armas (M777 etc) investiria recursos em multiplicadores como Radares de Contrabateria, Telêmetros Laser portáteis para Observadores avançados e VANTs para observação e direção de tiro. Mas isso sou eu....

Lembrem-se todos de que é necessário GRANA para obter e manter esses brinquedinhos e o cobertor é curto...

Batman

"So much to do with so little time"


concordo com quase tudo! mais eu acho que a versão M119 do light gun não é eletrico é normal acionamento com "cordinha''. pórem não é mencionada no projeto braço forte a artilharia de campanha logo continuaremos com a espinha dorsal da artilharia de campanha com os velhos M101 e M114. Mas eu sonho o dia que fabricaremos aqui no brasil um obuseiro "'atual'' sobstituindo os M101 e M114. Porem pode ocorrer na minha opinião a compra dos M198 que irão dar baixa nos EUA substituindo os M114. Porém é pura especulação.

_________________
"Uma nação que confia em seus direitos, em vez de confiar em seus soldados, engana-se a si mesma e prepara a sua própria queda." (Rui Barbosa)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Obuses do Expército brasileiro
MensagemEnviado: Dom Ago 02, 2009 1:14 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qua Abr 02, 2008 5:32 pm
Mensagens: 3526
1. É uma vergonha o Brasil não fabricar a munição 155mm.

2. O Light Gun inglês foi uma compra infeliz. Se não me engano, o M119 dispara a mesma munição do M101, além de ser mais adequado para unidades leves. Seria o substituto perfeito do M56. Hoje, essa aquisição não faz mais sentido.

3. Eu não ficaria surpreso se o EB recebesse M198 e/ou M109 "bagaços" dos EUA.

4. A espinha dorsal da artilharia do EB deveria ser o M109. Diante da impossibilidade de padronizar a artilharia com essas peças, poderíamos criar GACs com 02 baterias AP e 01 REB. Todas com peças 155mm. Eu incluiria ainda 01 bateria de IGLAs para a defesa do GAC.

5. Mais duas ou três unidades com ASTROS e a modernização da atual estaria de bom tamanho.

6. Não vale a pena modernizar o M108 com peças 155mm. Provavelmente fica mais barato comprar o M109 de segunda mão.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Obuses do Expército brasileiro
MensagemEnviado: Dom Ago 02, 2009 9:03 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Abr 17, 2009 2:54 pm
Mensagens: 2245
rdx escreveu:
1. É uma vergonha o Brasil não fabricar a munição 155mm.

2. O Light Gun inglês foi uma compra infeliz. Se não me engano, o M119 dispara a mesma munição do M101, além de ser mais adequado para unidades leves. Seria o substituto perfeito do M56. Hoje, essa aquisição não faz mais sentido.

3. Eu não ficaria surpreso se o EB recebesse M198 e/ou M109 "bagaços" dos EUA.

4. A espinha dorsal da artilharia do EB deveria ser o M109. Diante da impossibilidade de padronizar a artilharia com essas peças, poderíamos criar GACs com 02 baterias AP e 01 REB. Todas com peças 155mm. Eu incluiria ainda 01 bateria de IGLAs para a defesa do GAC.

5. Mais duas ou três unidades com ASTROS e a modernização da atual estaria de bom tamanho.

6. Não vale a pena modernizar o M108 com peças 155mm. Provavelmente fica mais barato comprar o M109 de segunda mão.


1. Concordo em genero numero e grau

2.Justamente por disparar a mesma munição dos M101 o M119 é um bom começo pra o EB, iria atualizar a artilharia 105 começariamos a fabricar localmente as peças(conhecimento) e equipariamos grande parte dos GAC com este material.

3. concordo em genero numero e grau


4. Os M109 não poderiam ser a espinha dorsal da Artilharia visto que nao seria possivel locomove-lo, por seu peso pelo território nacional teria que ter pranchas para leva-lo, (se passase pelas estradas iriam danificar muito) o consumo de combustivel de unidades blindadas é muito elvado. Poderiamos sim aumentar o numero de unidades 155mm. Para a defesa anti-aerea as brigadas utilizam uma bateria anti-aerea que já é responsavel pela defesa anti-aerea do GAC também. E além disso os EUA continuarão com peças rebocadas visto que o M777 é auto rebocado.

5. Concordo em genero numero e grau

6. Concordo em genero numero e grau

e acrescentando além de comprar M109 de ssegunda mão poderiamos comprar também o M198 que está dando baixa nos EUA e partir para a fabricação da munição 155 localmente. ou fabricar localmente com um acordo o M777 e sua munição.

O M777 é um obuseiro Auto-rebocado revolucionário pois utiliza a mesma muniçao 155mm convencional e as especiais tem um peso baixo (feito com ligas de titanio) e tem sua guarnição reduzida este deve ser a espinha dorsal da artilharia a nos EUA

_________________
"Uma nação que confia em seus direitos, em vez de confiar em seus soldados, engana-se a si mesma e prepara a sua própria queda." (Rui Barbosa)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Obuses do Expército brasileiro
MensagemEnviado: Qua Ago 12, 2009 5:27 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Abr 17, 2009 2:54 pm
Mensagens: 2245
de uma olhada no L118 e LG1

http://en.wikipedia.org/wiki/L118_Light_Gun

http://en.wikipedia.org/wiki/LG1

Acho que o brasil deveria aproveitar o bonde francês e fabricar no brasil o lg1 para acabar com as peças de museu no EB

_________________
"Uma nação que confia em seus direitos, em vez de confiar em seus soldados, engana-se a si mesma e prepara a sua própria queda." (Rui Barbosa)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Obuses do Expército brasileiro
MensagemEnviado: Sex Ago 14, 2009 10:08 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qua Abr 02, 2008 5:32 pm
Mensagens: 3526
ART,
1. O LG1 seria uma boa opção para substituir o M56. (art. de selva, aeromóvel e pqdt)
2. Para substituir o M101 e o M114 eu acho que o ideal seria padronizar os GAC com uma peça 155mm. Volto a repetir: Quem possui um M777 não precisa de limitadas peças de cal. 105mm.
3. Também penso que a prioridade do EB no tocante a artilharia, é adquirir, se possível, novas baterias de M109 155mm. O LG1 ou similar, poderia ficar para um segundo momento, embora eu concorde que essa aquisição poderia fazer parte de um "bonde" francês.


Voltar ao topo
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 16  Próximo

Todos os horários são


Quem está online


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group  
Design By Poker Bandits  
Traduzido por: Suporte phpBB Brasil