Forum Base Militar Web Magazine

Bem-vindo: Sex Nov 22, 2019 10:34 pm

Todos os horários são




Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página Anterior  1 ... 4, 5, 6, 7, 8
Autor Mensagem
 Título: Re: Tropas no Haiti
MensagemEnviado: Qui Set 02, 2010 2:15 pm 
Offline
Avançado
Avançado
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Jan 24, 2010 6:29 pm
Mensagens: 419
Steen escreveu:
Ó céus! Quem será esse terrorista?!!? Ó profundo preconceito que assola nossas almas! Ó dúvida! Ó divagações...

Achei que quem levava gente assim
Imagem

A ter que viver assim
Imagem

merecia ser chamado de cosia pior. Realmente, terrorista é efeumismo...


Peço desculpas pelo atraso mas somente agora eu percebi o nexo, se bem que esta tua imagem diz respeito a África, e estávamos falando de terroristas médio orientais... mas o senhor não gosta de crianças armadas, diz que quem dà a arma a crianças indefesas deve ser chamado que terrorista, ou até mais, sou de acordo com o senhor pois acho que as crianças não devem ter apego por armas, mas por brinquedos, e então eu acho que chamar de terrorista é pouco;E é por isso que trago uma imagens que demonstram que este terrorismo contra a infância esta entrando até dentro da casa das pessoas......:

E depois o senhor me diz qual paìs em guerra na història da humanidade nunca usou menores em guerra, Os Yankees durante algumas fases da guerra chegaram a mandar cadetes menores de 18 anos em guerra, e hoje tem a "reserva do Futuro" que esta na primeira foto... estes terroristas Yankees viu, ficam usando crianças armadas...

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Tropas no Haiti
MensagemEnviado: Sex Set 03, 2010 6:18 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Ter Abr 29, 2008 8:14 pm
Mensagens: 3387
Localização: Rio
Acho que quem coloca armas nas mãos de crianças é lunático, como todas essas fotos.

Quem coloca crianças para lutar de verdade então, monstros da pior espécie.

Sejam americanos, israelenses, árabes, africanos, haitianos, colombianos, etc...

Agora, tenho discernimento pra saber que nem todo árabe é terrorista e nem todo americano é lunático... preto no branco. Sem maiores divagações.

_________________
S T E E N

-- http://www.peremptorio.com.br --


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Tropas no Haiti
MensagemEnviado: Sex Set 03, 2010 7:11 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sáb Mar 29, 2008 10:52 pm
Mensagens: 947
Localização: Dallas TX
Steen escreveu:
Acho que quem coloca armas nas mãos de crianças é lunático, como todas essas fotos.

Quem coloca crianças para lutar de verdade então, monstros da pior espécie.

Sejam americanos, israelenses, árabes, africanos, haitianos, colombianos, etc...

Agora, tenho discernimento pra saber que nem todo árabe é terrorista e nem todo americano é lunático... preto no branco. Sem maiores divagações.


Levando um pouco adiante, nao acho certo comparar uma situacao aonde criancas aprendem a atirar com os pais em um stand de tiro, em ambiente controlado e em um "programa familia" com a situacao onde se droga o pequeno e ensina-o e obriga-o a matar, estuprar, aleijar e outras coisas deploraveis.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Tropas no Haiti
MensagemEnviado: Sex Set 03, 2010 7:18 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Ter Abr 29, 2008 8:14 pm
Mensagens: 3387
Localização: Rio
Concordo que não são exatamente a mesma coisa (até pelo "consentimento" envolvido em um e o combate real no outro caso).... mas tenho como opinião particular que arma não é coisa de criança e ponto final.

_________________
S T E E N

-- http://www.peremptorio.com.br --


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Tropas no Haiti
MensagemEnviado: Sex Set 03, 2010 10:57 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Mas que horror estas fotos......

Vou ter que censurar o tópico aqui em casa.... meu pequeno de 5 anos não entenderia !!

Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Tropas no Haiti
MensagemEnviado: Dom Set 05, 2010 2:10 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sáb Mar 29, 2008 10:52 pm
Mensagens: 947
Localização: Dallas TX
Steen escreveu:
Concordo que não são exatamente a mesma coisa (até pelo "consentimento" envolvido em um e o combate real no outro caso).... mas tenho como opinião particular que arma não é coisa de criança e ponto final.


concordo plenamente :wink:


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Tropas no Haiti
MensagemEnviado: Qua Set 08, 2010 9:25 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Nov 24, 2008 6:43 pm
Mensagens: 813
moonwalker escreveu:
Steen escreveu:
Concordo que não são exatamente a mesma coisa (até pelo "consentimento" envolvido em um e o combate real no outro caso).... mas tenho como opinião particular que arma não é coisa de criança e ponto final.


concordo plenamente :wink:

x 2
tfa
lapa

_________________
Saudações Socialistas


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Tropas no Haiti
MensagemEnviado: Seg Out 22, 2012 4:55 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Visitar website do usuário  Perfil

Registrado em: Sáb Jun 13, 2009 10:48 pm
Mensagens: 1032
Localização: PARNAMIRIM - RN
O Novo Jornal escreveu:
NATAL VIRA HAITI PARA MAIS DE 600 MILITARES DE TODO O PAÍS

Por duas semanas, Natal é o Haiti para 652 militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica dos 27 estados brasileiros que integarão o 17º contingente a ser enviado ao país caribenho a fim de renovar as tropas da missão de paz. Os militares brasileiros ajudam a reconstruir a região atingida por sucessivas catástrofes naturais como o terremoto de janeiro de 2010. Paisagem de Natal virou cenário para simulações de guerra, socorro e enfrentamentos.

Imagem
Foto: Argemiro Lima / NJ

Fonte: NOVO JORNAL - Ed 915 de 21 out 2012/Capa.

_________________
Imagem

FOTOS LIVRES PARA TODO TIPO DE USO: Faça download em www.fotoslivres.com


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Tropas no Haiti
MensagemEnviado: Seg Out 22, 2012 7:46 pm 
Offline
Avançado
Avançado
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Mai 26, 2008 8:59 am
Mensagens: 430
moonwalker escreveu:
Steen escreveu:
Acho que quem coloca armas nas mãos de crianças é lunático, como todas essas fotos.

Quem coloca crianças para lutar de verdade então, monstros da pior espécie.

Sejam americanos, israelenses, árabes, africanos, haitianos, colombianos, etc...

Agora, tenho discernimento pra saber que nem todo árabe é terrorista e nem todo americano é lunático... preto no branco. Sem maiores divagações.


Levando um pouco adiante, nao acho certo comparar uma situacao aonde criancas aprendem a atirar com os pais em um stand de tiro, em ambiente controlado e em um "programa familia" com a situacao onde se droga o pequeno e ensina-o e obriga-o a matar, estuprar, aleijar e outras coisas deploraveis.


Cutucando onça com vara curta:

Imagem
http://www.brinquedosraros.com.br/pdetail.php?id=733

No link a seguir: http://pt.wikipedia.org/wiki/A_lei_do_pudor, tem uma história envolvendo um pensador francês, ao que parece o "queridinho" das mesmas psicólogas brasileiras que se acham capazes de definir quem pode ter uma arma individual, e que foram as responsáveis pela proibição da espingardinha acima. E naturalmente já recuperaram o "champinha", tanto que, se não me engano, existe uma ação do conselho estadual de psicologia - seção SP, que "cobra" o seu retorno à liberdade.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Tropas no Haiti
MensagemEnviado: Sex Out 26, 2012 6:55 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Visitar website do usuário  Perfil

Registrado em: Sáb Jun 13, 2009 10:48 pm
Mensagens: 1032
Localização: PARNAMIRIM - RN
Lamento não ter tido tempo para realizar a cobertura da presença do 1º Batalhão de Infantaria de Força de Paz em Natal. Porém uma boa matéria foi feita e está disponível abaixo:
O site Forças Terrestres escreveu:
BRABATT 1/17 treina em Natal para missão no Haiti
26 de outubro de 2012, em Ajuda Humanitária, BRABATT, Exército Brasileiro, Força de Paz da ONU, ONU, por Joker

Imagem
Ícaro Luiz Gomes

Na tarde de 19 de outubro, o ForTe/Forças de Defesa esteve presente no 16º Batalhão de Infantaria Motorizada – Batalhão Itapiru- (16ºBIMtz) para acompanhar os preparativos do 1º Batalhão de Infantaria de Forças de Paz (BRABATT 1/17).

Minustah

A MINUSTAH é a Missão da ONU para a Estabilização do Haiti, autorizada pelo Conselho de Segurança da ONU pela resolução 1542 de 2004. Dado um histórico de conturbadas reviravoltas políticas e tensões internas, no referido ano uma crise interna de grandes proporções eclodiu, culminando com a deposição do presidente Aristide a época, e uma crise humanitária subsequente. Essa conjuntura foi analisada como comprometedora da segurança da região e da paz internacional, pois poderia abrir precedentes a outros golpes de estado pelo Caribe e América Central.

Desde a resolução 1529, também do Conselho de Segurança e também de 2004, uma Força Multinacional já se fazia presente no Haiti atuando na tentativa de resguardar os direitos humanos, contribuir na restauração da ordem e proteção de ONGs e Organismos Internacionais, mas a escalada da crise resultou na resolução 1542 e consequente criação da MINUSTAH. A MINUSTAH apresenta um componente civil e outro militar, o Brasil dados o longo histórico em bem sucedidas participações em missões da ONU e a política internacional foi selecionado para comandar o componente militar da MINUSTAH. O primeiro Force Commander da MINUSTAH foi o Gen. Augusto Heleno Ribeiro Pereira.

Imagem

Ao longo da missão diversas ações e projetos resultaram na melhoria da segurança, fortalecimento das instituições governamentais e no desenvolvimento do país. Avanços esses que serviram de exemplo a problemas brasileiros tais como as UPP nas comunidades carentes do Rio de Janeiro. No entanto, as diversas catástrofes naturais que assolaram/assolam, culminando em 2010 com um terremoto de 7 graus de magnitude, o Haiti destruíram todos os avanços alcançados e fizeram a missão regredir.

Na MINUSTAH o Brasil além de Force Commander possui o maior efetivo, composto por dois Batalhões de Infantaria de Forças de Paz (BRABATT 1 e 2) e uma Companhia de Engenharia de Força de Paz (BRAENGCOY). Cada contingente reveza-se a cada 6 meses. Subordinado ao BRABATT 1 encontra-se ainda um Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais e mais recentemente um Pelotão da FAB, contingentes militares de outros países Sul-Americanos também encontram-se subordinados, exemplo: Paraguaios, Bolivianos e Peruanos. Militares Peruanos e Bolivianos se revezam a cada contingente.

Imagem

BRABATT 1/17

O 1º Batalhão de Infantaria de Forças de Paz, do 17º contingente, é composto por cerca de 800 militares, todos voluntários, e de todo Brasil, dos quais 200 são oriundos de Organizações Militares em Natal. Ainda compõem o BRABATT 1/17, um oficial do Peru no Estado-Maior Especial, um GptOpFuzNav com 240 militares, um pelotão da FAB e um pelotão do Paraguai, com cerca de 30 militares. Para esse contingente foi escolhida a cidade de Natal-RN para a realização do Exercício de Força de Paz e concentração das tropas para o envio ao Haiti.

O Exercício de Força de Paz é a última fase do treinamento para o contingente, fase essa onde os conhecimentos teóricos e práticos adquiridos durante os cursos e treinamentos preparatórios a missão de paz são postos em prática e avaliados ante população não-combatente e de condições socioeconômicas mais similares quanto possível ao do cenário haitiano.

Nessa fase, os possíveis cenários a serem encontrados no Haiti são treinados em nível de Batalhão, esses cenários não se reduzem aos aspectos estritamente militares (distinção difícil de se realizar na atualidade), as atividades de ACiSo, ou na linguagem da ONU, CIMIC também são treinadas junto a população carente.

Natal-RN sedia o exercício realizado pelo BRABATT 1/17, as razões para escolha de Natal foram o clima tropical que lembra o Haitiano, cerca de 25% do contingente encontrar-se servindo em unidades de Natal e um rodízio realizado pelo MD entre as unidades das diversas regiões brasileiras para que o maior número quanto possível possam ter contato com um ambiente operacional real. Outros contingentes tiveram a participação de militares aquartelados em Natal, inclusive em outras Missões de Paz que o Brasil tomou parte , como o 7ºBECmb na UNAVEM III.

Imagem

O Exercício de Forças de Paz do BRABATT 1/17 foi realizando do período de 15 à 26 de outubro. Durante o referido período diversos treinamentos e exercícios foram realizados por toda cidade, especialmente em regiões carentes e próximas ao 16ºBIMtz.

Entre os principais treinamentos realizados encontram-se o de segurança de eleições; patrulhas à pé, motorizada e mecanizada -diuturnas – a ultima modalidade com apoio do 16RCMec; Pontos Fortes e checkpoints; e combate em ambiente urbano. Ações de Combate a Acidentes Naturais e de Cooperação Civil e Militar tiveram uma ênfase no treinamento, sendo as mesmas realizadas junto as comunidades carentes de Natal e Região Metropolitana.

Dado período eleitoral Haitiano ocorrer durante a atuação do referido contingente no Haiti, as ações de GLO foram treinadas exaustivamente, houve um treinamento dedicado ao uso de agentes não-letais tais como: gás lacrimogênio, spray de pimenta e carabina 12 com balas de borracha.

Imagem

A proporcionalidade de resposta a ameça é um dos princípios das restritas regras de engajamento que envolvem as missões de paz, para tanto, o uso de agentes não-letais é enfático. Tonfas, Cacetes elétricos, Gás Lacrimogênio, spray de pimenta e munição de borracha fazem parte do cotidiano de treinamento e operacional do BRABATT 1.

Outra ferramenta menos visivel, mas de resultado tão significante quanto, são a inteligencia emocional (para alguns autores da psicologia, biologia e sociologia) e as instruções socioculturais as quais o contingente é submetido. Conhecimento elementares do Francês, Inglês e principalmente do Créole são necessários da maior parte do contingente, inclusive todo ele sendo capaz de executar o hino haitiano em créole.

Nem sempre os meios não-letais surtem efeito esperado, dessa forma o uso de armamento letal é necessário; o armamento letal empregado para legitima defesa é o fuzil Imbel M964A1 e a pistola Imbel 9mm para o EB e os Fuzileiros Navais utilizam os fuzis Colt M16A2 e M4.

As CIMIC/ACiSo também foram efetuadas com destaque ao quadro de saúde e apoio a saúde envolvido. Composto por Médicos, Dentistas, Psicologo, Fisioterapeuta e profissionais da Enfermagem, quatro mulheres fazem parte desse quadro. Três médicas e uma dentista, das médicas duas são da MB e apoiarão diretamente os FuzNav.

A esfera da espiritualidade não foi descartada, no presente contingente encontram-se um capelão evangélico e BRABATT 1/17 irá um capelão católico. O contato com os familiares é indispensável e sua obrigatoriedade é regulada pela ONU, para tanto os contingentes dispõem de telefonia via satélite, internet Wifi de alta-velocidade e serviço postal/correios. Ressalva-se apenas a divulgação de informações que possam comprometer a segurança e o sucesso de operações e da missão em si.

Uma vez a cada contingente um navio da MB realiza apoio logístico em prol do contingente envolvido na MINUSTAH, para o 17º CONTBRAS, o navio partirá do Rio de Janeiro no dia 29 de outubro com previsão de chegar ao Haiti no dia 19 de novembro. Os principais suprimentos levados serão Equipamentos pesados, sobressalentes e alguns víveres. A FAB também realiza uma série de voos regulares para o apoio logístico de cada contingente, suprindo especialmente munições, transporte de víveres e pessoal.

Imagem

O Exercício chamou bastante atenção da mídia local que produziu diversas reportagens no rádio, televisão e jornais. A Comunicação Social teve seu trabalho aumentado, mas também serviu de treinamento para o que haverá no Haiti. Foi simulada inclusive uma coletiva de imprensa com estudantes de comunicação social e relações internacionais de uma instituição de ensino superior da cidade.

Imagem

Agradecimentos ao Cel. Rogério Franco Rozas, Comandante do BRABATT 1/17, ao G10 do BRABATT1/17 nas pessoas do CC Collaço e do Sgt Barros.


_________________
Imagem

FOTOS LIVRES PARA TODO TIPO DE USO: Faça download em www.fotoslivres.com


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Tropas no Haiti
MensagemEnviado: Sáb Fev 21, 2015 11:56 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Visitar website do usuário  Perfil

Registrado em: Sáb Jun 13, 2009 10:48 pm
Mensagens: 1032
Localização: PARNAMIRIM - RN
POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SERÁ A RESPONSÁVEL PELO TREINAMENTO DO NOVO CONTINGENTE DO EXÉRCITO BRASILEIRO A IR PARA O HAITI

A Polícia Militar do RN, em seu site oficial, escreveu:
Comando Geral da PM recebe visita de oficiais do Exército Brasileiro
PM/ASSECOM10 fev 2015 18:09


PM/ASSECOM
Imagem

Na manhã desta terça-feira, 10, o Comandante Geral da Polícia Militar, Cel PM Ângelo Mário de Azevedo Dantas, recebeu a visita do TC EB Lincoln, Comandante do 22º Contingente da Companhia de Engenharia de Força de Paz Haiti; e também do Major EB Luciano Flávio, Oficial de Operações da missão.

A visita dos oficiais do Exército Brasileiro se deu com o objetivo de firmar uma parceria com a Polícia Militar. Esta, instituição inserida no contexto de violência urbana e detentora de vasto conhecimento técnico policial, será a responsável pela preparação dos militares que serão enviados àquele país[/u]. Dentre muitas instruções pertinentes ao contexto em que estarão inseridos os militares no Haiti, podemos citar, por exemplo, a instrução de patrulha e guerrilha urbana, condução efetiva de presos, entre outras que serão ministradas pela Polícia Militar.

O Exército Brasileiro enviará aproximadamente 177 militares para a missão de Paz no Haiti. Já o período de preparação ocorrerá durante o mês de abril do corrente ano.

Fonte: Assessoria de Comunicações da PMRN
Em: http://www.pm.rn.gov.br/Conteudo.asp?TR ... =NOT%CDCIA


_________________
Imagem

FOTOS LIVRES PARA TODO TIPO DE USO: Faça download em www.fotoslivres.com


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Tropas no Haiti
MensagemEnviado: Seg Ago 31, 2015 1:16 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Abr 27, 2007 1:00 pm
Mensagens: 1626
Localização: São José dos Campos - SP
Morreu outro comandante da força no Haiti o.o

Um dos anteriores não havia se suicidado?

O que acontece?


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Tropas no Haiti
MensagemEnviado: Seg Ago 31, 2015 11:38 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Tikuna escreveu:
Morreu outro comandante da força no Haiti o.o

Um dos anteriores não havia se suicidado?

O que acontece?


Verdade... mas não há nada de igual nos dois casos.

Infelizmente o Force Commander da Minustah no Haiti, Gen. Jaborandy faleceu, aos apenas 57 anos, em consequência de um mau súbito durante um voo de Miami para Manaus.

http://www.forte.jor.br/2015/08/31/nota ... dy-junior/

Sds.


Voltar ao topo
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página Anterior  1 ... 4, 5, 6, 7, 8

Todos os horários são


Quem está online


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group  
Design By Poker Bandits  
Traduzido por: Suporte phpBB Brasil