Forum Base Militar Web Magazine

Bem-vindo: Qua Nov 20, 2019 9:22 pm

Todos os horários são




Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página Anterior  1 ... 6, 7, 8, 9, 10  Próximo
Autor Mensagem
 Título: Re: Equipamentos desenvolvidos pelo CTEx
MensagemEnviado: Sáb Out 12, 2013 12:34 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Ter Jan 18, 2011 4:36 pm
Mensagens: 852
wstrobel escreveu:
Discao escreveu:
O País deveria cortar drasticamente a verba para o Ctex e o Dcta. Gasta-se proporcionalmente muito em pesquisa e pouco em aquisição de novos armamentos. Exemplo maior de como estamos gastando mal é o Piranha 2, cadê o missil? Gastamos milhões em seu desenvolvimento, agora que é a fase de industrialização, cadê? Nem a Fab compra o missil, nem se fala em exportá-lo.
Com o dinheiro que gastamos no desenvolvimento dele poderíamos ter comprado dezenas de Pithon V, na prática seria melhor.
Pelo mesmo caminho tá indo esse missil anti tanque. Com dinheiro gasto nele teríamos comprado dezenas de canhão Carl Gustav para o EB. Agora que ele está quase pronto cadê as aquisições maciças pelo exército?
Eu não sou contra a pesquisa, mas como é feito no País, é jogar dinheiro fora. Pq se pesquisa mas não se industrializa, nem se compra o produto!

Nacionalização a curto prazo, esqueça.

Só se for transferida tecnologia para futuras aquisições, unidades para serem recebidas daqui a cinco anos.

As primeiras serão russas.



Esse comentário acho que vc queria fazer para o tópico de defesa anti-aérea!


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Equipamentos desenvolvidos pelo CTEx
MensagemEnviado: Sáb Out 12, 2013 12:36 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Ter Jan 18, 2011 4:36 pm
Mensagens: 852
Abellosi escreveu:
Concordo, por isso que chamam o A1 de F32
Discao escreveu:
O País deveria cortar drasticamente a verba para o Ctex e o Dcta. Gasta-se proporcionalmente muito em pesquisa e pouco em aquisição de novos armamentos. Exemplo maior de como estamos gastando mal é o Piranha 2, cadê o missil? Gastamos milhões em seu desenvolvimento, agora que é a fase de industrialização, cadê? Nem a Fab compra o missil, nem se fala em exportá-lo.
Com o dinheiro que gastamos no desenvolvimento dele poderíamos ter comprado dezenas de Pithon V, na prática seria melhor.
Pelo mesmo caminho tá indo esse missil anti tanque. Com dinheiro gasto nele teríamos comprado dezenas de canhão Carl Gustav para o EB. Agora que ele está quase pronto cadê as aquisições maciças pelo exército?
Eu não sou contra a pesquisa, mas como é feito no País, é jogar dinheiro fora. Pq se pesquisa mas não se industrializa, nem se compra o produto!




Pois é não aprenderam com os erros. o A1 foi bom? Sim, mas tinham que ter comprado número semelhante aos Italianos para justificar desenvolver algo do zero.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Equipamentos desenvolvidos pelo CTEx
MensagemEnviado: Sáb Out 12, 2013 1:56 pm 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Sáb Fev 10, 2007 1:22 pm
Mensagens: 2113
Mas necessariamente e obrigatoriamente temos que repetir todos os erros do passado?


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Equipamentos desenvolvidos pelo CTEx
MensagemEnviado: Dom Out 13, 2013 10:20 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Ter Jan 18, 2011 4:36 pm
Mensagens: 852
Caveirão escreveu:
Mas necessariamente e obrigatoriamente temos que repetir todos os erros do passado?



E já não estamos. Olha o Piranha 2 aí! Gastamos milhões em seu desenvolvimento, cade as aquisições?


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Equipamentos desenvolvidos pelo CTEx
MensagemEnviado: Dom Out 13, 2013 1:29 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Discao escreveu:
Caveirão escreveu:
Mas necessariamente e obrigatoriamente temos que repetir todos os erros do passado?



E já não estamos. Olha o Piranha 2 aí! Gastamos milhões em seu desenvolvimento, cade as aquisições?


Não haverão. Usaremos o A-Darter de quinta geração.

O Piranha é de terceira geração...... já era, passou o tempo.

Além do mais, sua cabeça de busca tem problemas.... sua taxa de acerto estimada é baixa.

Este é o Brasil !

Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Equipamentos desenvolvidos pelo CTEx
MensagemEnviado: Dom Out 13, 2013 3:14 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Jan 01, 2010 9:52 pm
Mensagens: 9235
Baschera escreveu:
Discao escreveu:
Caveirão escreveu:
Mas necessariamente e obrigatoriamente temos que repetir todos os erros do passado?



E já não estamos. Olha o Piranha 2 aí! Gastamos milhões em seu desenvolvimento, cade as aquisições?


Não haverão. Usaremos o A-Darter de quinta geração.

O Piranha é de terceira geração...... já era, passou o tempo.

Além do mais, sua cabeça de busca tem problemas.... sua taxa de acerto estimada é baixa.

Este é o Brasil !

Sds.

Mas é assim no mercado de defesa, a maioria das pesquisas não resulta em sucessos comerciais.

Vale como experiência para outros projetos da área. Isso no mundo todo.

Quantos produtos mundo afora não passaram do protótipo.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Equipamentos desenvolvidos pelo CTEx
MensagemEnviado: Dom Out 13, 2013 4:50 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
O MAA Piranha foi cozinhando...cozinhando... passou de um para outro desenvolvedor.... ficou na geladeira dos eternos não investimentos...até que quando ficou pronto... já não servia mais...estava ultrapassado.

É como se hoje, depois de testado, fossemos fabricar o Motorola Tac 200... um celular que vendeu pacas..... lá no passado da sua tecnologia....

Imagem
Imagem/Foto: Wikipedia.org

Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Equipamentos desenvolvidos pelo CTEx
MensagemEnviado: Dom Out 13, 2013 6:05 pm 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Sáb Fev 10, 2007 1:22 pm
Mensagens: 2113
Essa sua opinião se refere ao MAA-1B?


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Equipamentos desenvolvidos pelo CTEx
MensagemEnviado: Seg Out 14, 2013 1:24 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Caveirão escreveu:
Essa sua opinião se refere ao MAA-1B?


Sim.... pois a versão A é pior ainda..... inclusive em termos de aerodinâmica (aletas frontais).

Tem um link abaixo (meio antigo já) que traz um resumo não folclórico e praticamente isento onde se conta esta história.... que, no entanto, permitiu que aprendêssemos que estas tecnologias são fruto de muito estudo e conhecimento.

Se tiver paciência de ler... vai ver a "via-crusis" deste projeto.....

http://freepages.military.rootsweb.ance ... iranha.htm

Importante notar que, mesmo depois de o projeto ter ficado adequado (principalmente em relação aos F-5)..... ainda é um míssil de terceira geração e adequado a aeronaves semelhantes em performance.

Para aeronaves mais "modernas" e tecnologicamente mais desenvolvidas ele não serviria, por isto o projeto em conjunto com a A.do Sul... o A-Darter.

Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Equipamentos desenvolvidos pelo CTEx
MensagemEnviado: Ter Out 15, 2013 10:45 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Ter Jan 18, 2011 4:36 pm
Mensagens: 852
Citação:
Mas é assim no mercado de defesa, a maioria das pesquisas não resulta em sucessos comerciais.

Vale como experiência para outros projetos da área. Isso no mundo todo.

Quantos produtos mundo afora não passaram do protótipo.

[/quote]

A minha crítica é essa. Então pra que gastamos os poucos recursos de defesa em pesquisa? Concentra o que se gasta em pesquisa em aquisições!
Com o dinheiro gasto no desenvolvimento do Piranha-2 quantos Phyton 4 ou 5 teriamos comprado?


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Equipamentos desenvolvidos pelo CTEx
MensagemEnviado: Qua Out 16, 2013 12:11 am 
Offline
Avançado
Avançado
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sáb Out 25, 2008 11:18 pm
Mensagens: 635
Localização: Minas Geraisl
Acho melhor alugarmos nossa defesa, fica baratim, alias, fica de graça. Tem um tanto de gente que adoraria pegar a causa. :roll:

_________________
"'Nunca se justifique. Os amigos não precisam disto e os inimigos não irão acreditar"


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Equipamentos desenvolvidos pelo CTEx
MensagemEnviado: Ter Out 22, 2013 2:09 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Fev 18, 2010 6:44 pm
Mensagens: 958
Jesus cristo !!!
As vezes leio cada ____________ aqui no fórum ; graças a meu bom deus que os que á falam não possuem nenhum poder decisivo nas mãos ( INFELIZMENTE TEMOS POLÍTICOS QUE PARTILHAM DESSA LINHA DE RACIOCÍNIO ).
Até os estrangeiros já viram as vantagens e qualidades de nossos produtos ( EXPORTAÇÃO DO MAR-01 ; MAA1-B , QUE É DERIVADO DE MÍSSIL INGLÊS DOS ANOS 70/80 PARA O PAQUISTÃO ; E POSSIVELMENTE PARA O EMIRADOS ÁRABES
UNIDOS .
EXPORTAÇÃO DOS SISTEMAS SMKB ; FPG-82 ; SUPER TUCANO , ASTROS II MK6 etc.. TODOS DERIVADOS DE PRODUTOS ULTRAPASSADOS.
INTERESSE EXTERNO NOS PRODUTOS : ALAC ; MSS1.2 ; SS40-9G etc.. ) .
Só alguns nacionais que ainda não viram as capacidades de nossa P&D ; industria etc...
Pois os mais modernos sistemas de armas mundo á fora , não são produto de engenharia reversa de tecnologia alienígena ; e sim evolução dos sistemas que se tornaram ultrapassados .
É torcer para que essas pessoas que possuem essa visão míope , nunca possuam em suas mãos poder de decisão ; para não estragar o que já caminha com dificuldades .
Ainda aparece alguns questionando as diferenças tecnológicas entre China e Brasil .
Ao menos lá , eles tem uma visão real das necessidades estratégicas e investem nisso .

EDITADO PELA MODERAÇÃO. Wellington Góes Por favor, modere seu palavreado.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Equipamentos desenvolvidos pelo CTEx
MensagemEnviado: Ter Out 22, 2013 3:03 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Fev 18, 2010 6:44 pm
Mensagens: 958
FORA DO TÓPICO
China desenvolveu novo radar AESA para os caças J-11
Imagem
J-11B Upgraded With AESA Radar
Segundo informações das agências de notícias Taiwanesas a China etsá atualizado a forta de caças J-11B com um novo modelo de radar AESA, que segundo as fontes locais, será provavelmente o mesmo radar AESA que equipa os caças J-15 e J-16.
J-11B With AESA Radar
Imagem
A principal fonte chinesa a reportar sobre o sistema a China State Television (CCTV). O novo radar do J-11B possui cerca de 1.760 módulos T / R, e teria a capacidade de alcance de nada menos que 450 km contra alvos de coeficiente RCS de 01 metro quadrado, a mesma fonte afirma ainda que o radar teria capacidade de detecção de 250 km contra alvos de RCS de aproximadamente 0,1 metros quadrados.
Imagem
Imagens do caça equipado(fotos) com o radar foram divulgadas nas mídias locais, bem como em sites blogs internacionais especializados.

COMENTÁRIOS :
Postei isso aqui , para verem que produtos evoluem ; não sendo obra de alguma conspiração governamental alienígena .
Só com grandes investimentos e contínuos e aquisição de produtos desenvolvidos que produziremos algo IN HOUSE dessa natureza .
Um bom exemplo é o radar nacional SPC-01 ; que já deveria estar recebendo contratos por parte do MD para uma nova e mais potente versão ( SPC-01 BRAVO ou MK2 SE PREFERIREM ) .
Com modernização em suas capacidades ; aumento de alcance e potência ; modos IFF ; SAR ; JAMING ; VARREDURA ELETRÔNICA ; NACIONALIZAÇÃO DOS MÓDULOS DE TRANSMISSÃO etc..
De nada adianta desenvolver alguma coisa se o MD não adquire , como exemplo cito os equipamentos desenvolvidos pelo ctex e que até hoje não possuem contrato de aquisição ( VANT,s HORUS-100 & 200 ; ALAC ; MOVIN ; OLHAR VDN X1 ; CÂMERAS DE VISÃO NOTURNA etc.. ).
Infelizmente algumas das empresas parceiras industriais do ctex , de tanto esperarem por contratos do MD ; tiveram que ceder as pressões das multi estrangeiras e tiveram seu controle transferido para outras nações , junto com todo acervo tecnológico que foi desenvolvido durante anos e com recursos nacionais ( MEU E SEU DINHEIRO ) .
Até quando isso irá acontecer ????


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Equipamentos desenvolvidos pelo CTEx
MensagemEnviado: Ter Out 22, 2013 4:11 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Fev 18, 2010 6:44 pm
Mensagens: 958
para quem acha que as verbas do ctex ; dcta etc..
Devem ser reduzidas ao máximo .


CTEx recebe plataforma de Stewart com 6 Graus de Liberdade
Imagem
No último dia 27 de setembro, em cerimônia realizada na empresa Spectra Tecnologia, o CTEx recebeu a Plataforma de Stewart e o pacote de dados técnicos gerados na sua pesquisa, materializando o final do projeto. A Plataforma de Stewart com 6 Graus de Liberdade é um equipamento que permite reproduzir a dinâmica de um sistema em um espaço limitado fisicamente.

O material produzido pelo CTEx é composto por seis atuadores, montados aos pares, que sustentam uma placa sobre a qual pode ser instalado um corpo que se deseje estudar a dinâmica de movimento. O equipamento colocado sobre essa placa pode ser movido nos seis graus de liberdade possíveis para um corpo rígido. Podem ser reproduzidos, isoladamente ou ao mesmo tempo, os três movimentos lineares x, y, z (lateral, longitudinal e vertical) e as três rotações sobre cada eixo (arfagem, rolamento e guinada).

Esse tipo de plataforma é frequentemente utilizada em simuladores de equipamentos (aeronaves e viaturas) de maneira a permitir a reprodução das sensações de movimento reais com alto grau de fidelidade. O Centro Tecnológico do Exército (CTEx) utilizou esse tipo de equipamento no projeto do Simulador de Voo para Helicóptero Esquilo (SHEFE), que teve sua P&D concluída ao final de 2011.

A plataforma original do SHEFE foi importada da Holanda e os resultados obtidos desde os primeiros momentos do projeto, ainda em 2008, levaram à decisão de se tentar dominar as tecnologias envolvidas nesse subsistema do simulador, que envolvem a integração de atuadores elétricos de alta performance, o desenvolvimento da malha e da eletrônica de controle dos atuadores, assim como do software de controle de todo o sistema.

O projeto, que teve o apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), com um orçamento total de R$ 1.800.000,00, dos quais R$ 1.600.000,00 foram destinados à contratação da empresa Spectra Tecnologia, parceira do CTEx na execução desse e de outros projetos na área de simuladores. Executado em dois anos, conforme o planejamento inicial, contou ainda com a participação da Universidade de São Paulo (USP) – Campus de São Carlos.

Link ( http://www.ctex.eb.br/index.php/7-noticias/104-ctex-recebe-plataforma-de-stewart-com-6-graus-de-liberdade ).

COMENTÁRIOS :
Vale salientar que todo investimento em P&D para defesa ou aeroespacial , resulta em retornos enormes para á economia nacional .
Só para ratificar o que digo , recentemente a Avibrás fechou acordo de 900 milhões em exportação do sistema astros mk6 para a Indonésia .
Anteriormente a mesma empresa já havia exportado algo em torno de 600 milhões do mesmo sistema para aquele país .
Sem falar nas exportações de ( ST- A-29 ; MAR-01 ; GUARANI ; MAA1-B etc... ).


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Equipamentos desenvolvidos pelo CTEx
MensagemEnviado: Ter Out 22, 2013 4:54 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Jan 01, 2010 9:52 pm
Mensagens: 9235
foxtrot escreveu:
para quem acha que as verbas do ctex ; dcta etc..
Devem ser reduzidas ao máximo .


CTEx recebe plataforma de Stewart com 6 Graus de Liberdade
Imagem
No último dia 27 de setembro, em cerimônia realizada na empresa Spectra Tecnologia, o CTEx recebeu a Plataforma de Stewart e o pacote de dados técnicos gerados na sua pesquisa, materializando o final do projeto. A Plataforma de Stewart com 6 Graus de Liberdade é um equipamento que permite reproduzir a dinâmica de um sistema em um espaço limitado fisicamente.

O material produzido pelo CTEx é composto por seis atuadores, montados aos pares, que sustentam uma placa sobre a qual pode ser instalado um corpo que se deseje estudar a dinâmica de movimento. O equipamento colocado sobre essa placa pode ser movido nos seis graus de liberdade possíveis para um corpo rígido. Podem ser reproduzidos, isoladamente ou ao mesmo tempo, os três movimentos lineares x, y, z (lateral, longitudinal e vertical) e as três rotações sobre cada eixo (arfagem, rolamento e guinada).

Esse tipo de plataforma é frequentemente utilizada em simuladores de equipamentos (aeronaves e viaturas) de maneira a permitir a reprodução das sensações de movimento reais com alto grau de fidelidade. O Centro Tecnológico do Exército (CTEx) utilizou esse tipo de equipamento no projeto do Simulador de Voo para Helicóptero Esquilo (SHEFE), que teve sua P&D concluída ao final de 2011.

A plataforma original do SHEFE foi importada da Holanda e os resultados obtidos desde os primeiros momentos do projeto, ainda em 2008, levaram à decisão de se tentar dominar as tecnologias envolvidas nesse subsistema do simulador, que envolvem a integração de atuadores elétricos de alta performance, o desenvolvimento da malha e da eletrônica de controle dos atuadores, assim como do software de controle de todo o sistema.

O projeto, que teve o apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), com um orçamento total de R$ 1.800.000,00, dos quais R$ 1.600.000,00 foram destinados à contratação da empresa Spectra Tecnologia, parceira do CTEx na execução desse e de outros projetos na área de simuladores. Executado em dois anos, conforme o planejamento inicial, contou ainda com a participação da Universidade de São Paulo (USP) – Campus de São Carlos.

Link ( http://www.ctex.eb.br/index.php/7-noticias/104-ctex-recebe-plataforma-de-stewart-com-6-graus-de-liberdade ).

COMENTÁRIOS :
Vale salientar que todo investimento em P&D para defesa ou aeroespacial , resulta em retornos enormes para á economia nacional .
Só para ratificar o que digo , recentemente a Avibrás fechou acordo de 900 milhões em exportação do sistema astros mk6 para a Indonésia .
Anteriormente a mesma empresa já havia exportado algo em torno de 600 milhões do mesmo sistema para aquele país .
Sem falar nas exportações de ( ST- A-29 ; MAR-01 ; GUARANI ; MAA1-B etc... ).

A exportação de Astros para a Indonésia é só uma, que teve alterações e aumentou de preço.

Será que as pesquisas em P&D dão este retorno? Ainda não vi exportações de grande volume, só o futuro dirá se vai haver retorno.

Não basta termos bons produtos, tem que convencer os clientes internacionais a comprar.


Voltar ao topo
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página Anterior  1 ... 6, 7, 8, 9, 10  Próximo

Todos os horários são


Quem está online

Array


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group  
Design By Poker Bandits  
Traduzido por: Suporte phpBB Brasil