Forum Base Militar Web Magazine

Bem-vindo: Sex Nov 22, 2019 11:06 pm

Todos os horários são




Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página 1, 2, 3, 4  Próximo
Autor Mensagem
 Título: Engesa Urutu e Cascavel no EB
MensagemEnviado: Sáb Fev 20, 2010 5:09 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Urutu vai ganhar nova vida
Veículo militar produzido pela extinta Engesa, e que fez sucesso na década de 80 e 90, ganha novo motor e transmissão automática

Publicado em 17/02/2010 |

Os veículos destinados ao transporte de tropas também são anfíbios

Raio-X
Confira os dados do veículo militar:

- O novo motor utilizado no prótotipo do Urutu gera 230 cv, contra 158 cv do antigo. Um ganho de potência de 72 cv.

- O protótipo alcançou a velocidade máxima de 110 km/h em terrenos livres e se mostrou apto a chegar aos 80 km/h em situação off-road.

- Sua autonomia é de 950 quilômetros. Antes das modificações mecânicas era de 750 quilômetros.

- 226 Urutus e mais de 600 Cascavel devem ser restaurados.


Dado como acabado, já que as unidades existentes há anos estavam estacionadas nos pátios dos batalhões do Exército Brasileiro, o blindado Engesa EE-11 Urutu pode retornar à ativa. O veículo, destinado ao transporte de tropas, também tem como uma das suas principais características o fato de ser anfíbio, mesmo pesando 13 toneladas. Essas qualidades justificaram, em grande parte, sua aceitação pelas forças armadas de vários países da América Latina.

Devido a seus atributos, o Exército Brasileiro optou por reativar os 226 Urutus e mais de 600 Cascavel (blindado de concepção mecânica semelhante à do Urutu) que estão em inatividade. Com motor bastante ultrapassado, uns com câmbio manual e outros com câmbio automático, porém em grande defasagem em relação à tecnologia existente no momento, deverão passar por uma grande reformulação para voltar à atividade. Com essa reforma os veículos militares estarão aptos para operar por, no mínimo, mais 15 anos. Isso é o que garantem as empresas que estão envolvidas no processo de restauração dos blindados, e que fizeram um protótipo para avaliação do exército.

Protótipo

No modelo atualizado o antigo motor Mercedes-Benz OM 352 foi substituído pelo OM 366 LA militarizado, o que proporcionou um grande ganho de potência (de 158 cv para 230 cv) e, consequentemente, mobilidade. A caixa de marchas original Mercedes G3-36 mecânica foi trocada por uma transmissão automática Allison da série 3000, gerenciada eletronicamente, que vem acoplada à caixa de transferência Engesa que foi totalmente revisada. Nos primeiros testes realizados, o protótipo alcançou a velocidade máxima de 110 km/h em terrenos livres e se mostrou apto a chegar aos 80 km/h em situação off-road. Sua autonomia também aumentou significativamente, passando de 750 para 950 quilômetros.

Segundo Glauco Bueno da Silva, gerente geral da Engemotors, empresa pertencente ao Grupo Brasilia Motors, que está procedendo a atualização dos veículos de combate, “um dos motivos da utilização do câmbio automático em todas as unidades do Urutu ou Cascavel fica por conta da geração da maior facilidade de condução. Em um carro de combate, quando em situação de batalha, é muito mais complicado o piloto manter parte da sua atenção dedicada a passar marchas, usar embreagem, escolher a melhor marcha para determinada situação, etc. Com o câmbio automático, o piloto fica liberado dessas atividades adicionais e pode ficar mais atento para as operações de guerra”.

Todos os demais sistemas de funcionamento do protótipo foram revistos, entre eles: freios, eixos cardãs, borrachas de vedação da carroceria, pressurização dos diferenciais, suspensão boomerang e bomba de porão. Os resultados mostram que com as melhorias tecnológicas e mecânicas que foram introduzidas as unidades inativas do Urutu podem ser reativadas e serão muito úteis para o Exército Brasileiro.

http://www.gazetadopovo.com.br/autom...nhar-nova-vida

Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Engesa Urutu e Cascavel no EB
MensagemEnviado: Sáb Fev 20, 2010 6:01 pm 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Qui Ago 20, 2009 10:28 pm
Mensagens: 1522
Nos Cascavel a reforma deveria ser mais profunda, colocando giroscópio mais moderno, computador de tiro para disparo em movimento entre outras mudanças na torre. Além do que para terem maior chance de sobrevivência nos modernos campos de batalha, deveriam ter sua blindagem revitalizada e aumentada com aço balístico atual ou chapas de cerâmica, que tiraria o peso do mesmo e daria "maior" carcaça.

Com relação revitalização dos urutus tem alguma errada com o cronogrâma do novo blindado porque senão, o EB não colocaria eles para a ativa de novo.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Engesa Urutu e Cascavel no EB
MensagemEnviado: Sáb Fev 20, 2010 8:44 pm 
Offline
Recente
Recente
 Perfil

Registrado em: Ter Out 06, 2009 7:25 pm
Mensagens: 37
Abellosi escreveu:
Com relação revitalização dos urutus tem alguma errada com o cronogrâma do novo blindado porque senão, o EB não colocaria eles para a ativa de novo.


Não acredito que tenha alguma coisa errada com o cronograma, mesmo estando dentro do cronograma o programa ainda vai demorar um pouco. A questão é que o exercito precisa continuar treinando e mantendo a operacionalidade.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Engesa Urutu e Cascavel no EB
MensagemEnviado: Dom Fev 21, 2010 6:41 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qua Jul 29, 2009 12:36 pm
Mensagens: 1139
Localização: Cidade de Rio Grande /RS
Três coisas sobre a revitalização do Urutu:

1) a notícia se foca quase que exclusivamente na atualização do Urutu, além dos 226 Urutus e sobre os 600 Cascavéis (blindado de concepção mecânica semelhante à do Urutu) vão ser convertidos para URUTUS??? Espero que não e a parte de torreta e blindagem do Cascavél também sejam alvo de atualizações...

2) um programa assim, logo que definido o pacote, pode ser implementado rapidamente e assim disponibilizar quase de imediato um bom número de veículos para o exército e "tirar a pressão de urgência" do projeto Guarani;

3) Porém com o desempenho deste protótipo do Urutu modernizado com velocidade de 110 Km/h na estrada, com um motor de 230 Hp e 900 Km de alcance, coloca uma certa saia justa no novo Guarani que com suas 5 toneladas a mais posuirá um motor maior de 383 Hp, mas tem como previsão uma velocidade máxima de 105 Km/h e 600 Km de alcance... O Exército pode dar uma bela "apertada" na Iveco...

Mesmo que seja substituído pelo Guarani num futuro próximo, esta versão modernizada do Urutu poderá ser repassada e virar uma opção de doação para outros países pelo governo brasileiro.

_________________
Sea Gripen no A-13 Pernambuco
Aeronave de Combate operacional - 2 Pilotos ou Piloto/WSO - Engine by GE F-414 Enhanced - segundo assento elevado em Super Tucano Style


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Engesa Urutu e Cascavel no EB
MensagemEnviado: Dom Fev 21, 2010 12:08 pm 
Offline
Avançado
Avançado
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Mai 26, 2008 8:59 am
Mensagens: 430
Será que isso indicaria ter o EB ter abandonado a versão de seis rodas do Urutu III?

Não seria preferível ter todas as versões do Urutu III com oito rodas e peso na ordem de 22/25 ton.?

E as versões revitalizadas do cascavel e Urutu ocupariam as funções dos projetados Urutus III de seis rodas? Atuando em funções de menor risco e desgaste!


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Engesa Urutu e Cascavel no EB
MensagemEnviado: Dom Fev 21, 2010 1:40 pm 
Offline
Recente
Recente
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Mar 09, 2009 6:53 pm
Mensagens: 85
Localização: Porto Feliz SP
Acho que esta revitalização é pra segurar mesmo a operacionalidade das unidades do EB pelo país. Esses motores OM 352 são bons ( levando em conta a idade ), mas já devem estar totalmente destruídos pelo uso initerrupto. Também teremos que ter os veículos em boas condições, porque vamos supor que o EB deixe o Haiti daqui 5/6 anos, o Guarani não vai estar pronto e garanto que iremos atrás de outra missão da ONU.

Deve ser por isso que abandonaram o projeto do M113T (BR). Mas gostaria de ver os 2 projetos irem até o final. Motores novos aliviam bastante os oficinas.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Engesa Urutu e Cascavel no EB
MensagemEnviado: Dom Fev 21, 2010 2:24 pm 
Offline
Intermediário
Intermediário
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Nov 03, 2008 3:28 pm
Mensagens: 289
O pessoal ta esquecendo que neste exato momento temos POUQUISSIMOS blindados operacionais, como o colega Gilberto Rezende disse, é para tirar a urgência.
Estamos ainda produzindo o lote piloto para testes do VBTP Guarani, provavelmete só começaremos a produzi-lo em 2012. Até lá precisamos voltar a operar normalmente.

Quanto ao motor do VBTP, é um motor bem moderno e potente, os PIRANHA, como o Stryker com suas 20t tem um caterpillar de 350Cv. Quanto a autonomia, se o URUTU agora pode percorrer 900Km, fica interessante termos algo assim nos novos.

Braziliano, a doutrina do exercito segue este padrão, os veiculos 8x8 serão de reconhecimento. Pelo que saiu até agora, ainda não ha nada sobre a versão 8x8. O lote piloto, e a compra das 2044 unidades, são todas 6x6. Estou torcendo para vir mais umas 1000 unidades 8x8 pelo menos.

_________________
Ter problemas na vida é inevitável, ser derrotado por eles é opcional."
(Roger Crawford)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Engesa Urutu e Cascavel no EB
MensagemEnviado: Dom Fev 21, 2010 7:48 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Fernandoks escreveu:
O pessoal ta esquecendo que neste exato momento temos POUQUISSIMOS blindados operacionais, como o colega Gilberto Rezende disse, é para tirar a urgência.
Estamos ainda produzindo o lote piloto para testes do VBTP Guarani, provavelmete só começaremos a produzi-lo em 2012. Até lá precisamos voltar a operar normalmente.

Quanto ao motor do VBTP, é um motor bem moderno e potente, os PIRANHA, como o Stryker com suas 20t tem um caterpillar de 350Cv. Quanto a autonomia, se o URUTU agora pode percorrer 900Km, fica interessante termos algo assim nos novos.

Braziliano, a doutrina do exercito segue este padrão, os veiculos 8x8 serão de reconhecimento. Pelo que saiu até agora, ainda não ha nada sobre a versão 8x8. O lote piloto, e a compra das 2044 unidades, são todas 6x6. Estou torcendo para vir mais umas 1000 unidades 8x8 pelo menos.



Fernando,

Minha memória anda mal..... não lembro de ter lido que os Guarani serão todos (2044) na versão 6x6. Serão mesmo ??

Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Engesa Urutu e Cascavel no EB
MensagemEnviado: Seg Fev 22, 2010 12:37 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Jul 24, 2009 2:12 pm
Mensagens: 2411
Localização: Brasília
Baschera escreveu:
Fernandoks escreveu:
O pessoal ta esquecendo que neste exato momento temos POUQUISSIMOS blindados operacionais, como o colega Gilberto Rezende disse, é para tirar a urgência.
Estamos ainda produzindo o lote piloto para testes do VBTP Guarani, provavelmete só começaremos a produzi-lo em 2012. Até lá precisamos voltar a operar normalmente.

Quanto ao motor do VBTP, é um motor bem moderno e potente, os PIRANHA, como o Stryker com suas 20t tem um caterpillar de 350Cv. Quanto a autonomia, se o URUTU agora pode percorrer 900Km, fica interessante termos algo assim nos novos.

Braziliano, a doutrina do exercito segue este padrão, os veiculos 8x8 serão de reconhecimento. Pelo que saiu até agora, ainda não ha nada sobre a versão 8x8. O lote piloto, e a compra das 2044 unidades, são todas 6x6. Estou torcendo para vir mais umas 1000 unidades 8x8 pelo menos.



Fernando,

Minha memória anda mal..... não lembro de ter lido que os Guarani serão todos (2044) na versão 6x6. Serão mesmo ??

Sds.


Foi anunciado dessa forma, Baschera.
Nenhuma menção à versões 8x8.

_________________
"As leis que proibem o porte de armas... desarmam somente aqueles que não estão nem dispostos nem determinados a cometer crimes." - Cesare Beccaria


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Engesa Urutu e Cascavel no EB
MensagemEnviado: Seg Fev 22, 2010 2:58 am 
Offline
Intermediário
Intermediário
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Nov 03, 2008 3:28 pm
Mensagens: 289
O EXTRATO DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO que você mesmo postou Baschera, realmente não consta nada referente, só diz VBTP-MR.
Contudo no EXTRATO DE CONVÊNIO que também postou, referente a construção dos protótipos, escontra-se a seguinte frase" Objeto: Avaliação do protótipo e a produção do lote piloto (16 unidades) da viatura blindada transporte de pessoal média de rodas, 6x6 (VBTP-MR). "
Oque leva a crer que a versão VBTP-MR é a 6x6. E o governo não iria soltar que serão 3000 veiculos, e comprar 2044, por pior que sejam na comunicação, diriam "pouco mais de 2000", espero...

_________________
Ter problemas na vida é inevitável, ser derrotado por eles é opcional."
(Roger Crawford)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Engesa Urutu e Cascavel no EB
MensagemEnviado: Seg Fev 22, 2010 8:19 am 
Offline
Avançado
Avançado
 Perfil

Registrado em: Qui Dez 20, 2007 11:41 am
Mensagens: 466
Amigos

A respeito do que foi publicado no jornal "A Gazeta do Povo" de CWB gostaria de tecer os seguintes comentários:
-Salvo engano, o que pude perceber, não se trata de uma modernização , e sim de uma tentativa de remotorização dos EE-11.
- Protótipos assim, (de remotorização) já vimos muitos, como recentemente uma iniciativa particular de um oficial do EB em remotorizar um M113B no BIB de Santa Maria.
-É claro que são iniciativas interessantes, mas daí supor que será feito um programa de upgrade em todos os EE-11 e EE-9 seria necessário um estudo mais profundo.
- Quem fez esta adaptação(Grupo Brazilian Motors) é um tradicional fornecedor de sobressalentes ao EB
- Iniciativas de modernização dos EE-11 e EE-9 já houveram muitos, sendo a mais contundente a realizada pela QT, uma empresa de engenharia chefiada por um veterano dos primordios da industria de blindados do Brasil: o TC Catharino Finato. A QT fez dois protótipos com inumeras melhorias, além de padronizar todas as series diferentes de EE-9 e EE-11 recebidos pelo EB, e contemplava não somente a mecanica mas também o sistema de tiro dos EE-9. É claro que o custo de cada blindado era altíssimo, e o projeto foi arquivado.
- Acredito que iniciativas como a da Brasilia Motors, em remotoriza-los, valeria a pena se não fosse um investimento elvado, pois será investido muito dinheiro no desenvolvimento e fabricação em série dos VBTP-MR da IVECO, que sinceramente comparado com os EE-11 são infimamente mais modernos, a ponto de tornar os Cascaveis e Urutus totalmente obsoletos.
-Quanto a discussão 6X6 ou 8X8 posso apenas adiantar que o tempo dirá se realmente iremos investir num 8X8

Um abraço

Hélio


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Engesa Urutu e Cascavel no EB
MensagemEnviado: Seg Fev 22, 2010 3:13 pm 
Offline
Avançado
Avançado
 Perfil

Registrado em: Seg Out 22, 2007 4:06 pm
Mensagens: 727
Caro Hélio e Bacchi
Uma sugestão para os dois, que tal um livro sobre os veículos Engesa no EB?
At
JM

helio escreveu:
Amigos

A respeito do que foi publicado no jornal "A Gazeta do Povo" de CWB gostaria de tecer os seguintes comentários:
-Salvo engano, o que pude perceber, não se trata de uma modernização , e sim de uma tentativa de remotorização dos EE-11.
- Protótipos assim, (de remotorização) já vimos muitos, como recentemente uma iniciativa particular de um oficial do EB em remotorizar um M113B no BIB de Santa Maria.
-É claro que são iniciativas interessantes, mas daí supor que será feito um programa de upgrade em todos os EE-11 e EE-9 seria necessário um estudo mais profundo.
- Quem fez esta adaptação(Grupo Brazilian Motors) é um tradicional fornecedor de sobressalentes ao EB
- Iniciativas de modernização dos EE-11 e EE-9 já houveram muitos, sendo a mais contundente a realizada pela QT, uma empresa de engenharia chefiada por um veterano dos primordios da industria de blindados do Brasil: o TC Catharino Finato. A QT fez dois protótipos com inumeras melhorias, além de padronizar todas as series diferentes de EE-9 e EE-11 recebidos pelo EB, e contemplava não somente a mecanica mas também o sistema de tiro dos EE-9. É claro que o custo de cada blindado era altíssimo, e o projeto foi arquivado.
- Acredito que iniciativas como a da Brasilia Motors, em remotoriza-los, valeria a pena se não fosse um investimento elvado, pois será investido muito dinheiro no desenvolvimento e fabricação em série dos VBTP-MR da IVECO, que sinceramente comparado com os EE-11 são infimamente mais modernos, a ponto de tornar os Cascaveis e Urutus totalmente obsoletos.
-Quanto a discussão 6X6 ou 8X8 posso apenas adiantar que o tempo dirá se realmente iremos investir num 8X8

Um abraço

Hélio

_________________
Dom Joaquim
Barão de Louveira


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Engesa Urutu e Cascavel no EB
MensagemEnviado: Seg Fev 22, 2010 6:24 pm 
Offline
Avançado
Avançado
 Perfil

Registrado em: Qui Dez 20, 2007 11:41 am
Mensagens: 466
Olá Joaquim
Saiba que já temos um projeto para escrever sobre os blindados da ENGESA.
No devido tempo ele será escrito.

Um abraço

Hélio


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Engesa Urutu e Cascavel no EB
MensagemEnviado: Seg Fev 22, 2010 9:10 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Fernandoks escreveu:
O EXTRATO DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO que você mesmo postou Baschera, realmente não consta nada referente, só diz VBTP-MR.
Contudo no EXTRATO DE CONVÊNIO que também postou, referente a construção dos protótipos, escontra-se a seguinte frase" Objeto: Avaliação do protótipo e a produção do lote piloto (16 unidades) da viatura blindada transporte de pessoal média de rodas, 6x6 (VBTP-MR). "
O que leva a crer que a versão VBTP-MR é a 6x6. E o governo não iria soltar que serão 3000 veiculos, e comprar 2044, por pior que sejam na comunicação, diriam "pouco mais de 2000", espero...


Obrigado pela resposta.

Está, ainda, um pouco obscuro. Creio que o EB deveria esclarecer melhor.
Vamos aguardar.

Quanto à notícia fruto deste tópico, concordo com o Hélio. Creio, que se confirmada, não passa de uma remotorização. Note-se que a reportagem não menciona custos ou valores.

Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Engesa Urutu e Cascavel no EB
MensagemEnviado: Ter Fev 23, 2010 12:04 am 
Offline
Intermediário
Intermediário
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Nov 03, 2008 3:28 pm
Mensagens: 289
Concordo, o mais estranho é que a noticia só saiu na Gazeta, parece que em nenhum outro. Mesmo se tivesse saido, é só uma noticia, nenhum anuncio oficial.

Gostaria de saber a situação dos carros Urutu e Cascavel, quantos estão operacionais.

_________________
Ter problemas na vida é inevitável, ser derrotado por eles é opcional."
(Roger Crawford)


Voltar ao topo
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página 1, 2, 3, 4  Próximo

Todos os horários são


Quem está online


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
cron
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group  
Design By Poker Bandits  
Traduzido por: Suporte phpBB Brasil