Forum Base Militar Web Magazine

Bem-vindo: Sex Nov 22, 2019 10:48 pm

Todos os horários são




Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 22  Próximo
Autor Mensagem
 Título: Astros
MensagemEnviado: Dom Jan 16, 2011 9:15 pm 
Offline
Recente
Recente
 Perfil

Registrado em: Sex Jan 09, 2009 11:57 am
Mensagens: 91
Pesssoal desculpe se já axiste um tópico semelhante a este,procurei e não encontrei.....Bom pelo que eu soube tempos atrs o EB possuia algumas unidades do sistema astros ,mas alguém poderia informar onde estão situadas esssas armas ???quantos possui atualmente???e sua munição ainda é fábricada??/ Para o cenério atual ainda pode ser considerado útil???Obrigado


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Astros
MensagemEnviado: Ter Jan 18, 2011 6:34 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Abr 17, 2009 2:54 pm
Mensagens: 2245
klismann escreveu:
Pesssoal desculpe se já axiste um tópico semelhante a este,procurei e não encontrei.....Bom pelo que eu soube tempos atrs o EB possuia algumas unidades do sistema astros ,mas alguém poderia informar onde estão situadas esssas armas ???quantos possui atualmente???e sua munição ainda é fábricada??/ Para o cenério atual ainda pode ser considerado útil???Obrigado



Sim existe um topico sobre a avibras que fala sobre o assunto...

Citação:


Mas eu posso lhe responder:

1. o Astros ainda é muito util no cenario atual, ainda existem paises que querem ter esse sistema, a malasia recentemente comprou 1 lote e depois comprou mais um, em sua versão mais recente MK5

2. O exercito centralizou os astros do brasil no 6 GAC LMF (6 grupo de Artilharia de Campanha de lançadores multiplos de foguetes - Formosa GO)

3. O Brasil possui tres baterias em formosa (aproximado)

5. A avibras fabrica e vende as munições e está trabalhando em um projeto do AStros 2020.

_________________
"Uma nação que confia em seus direitos, em vez de confiar em seus soldados, engana-se a si mesma e prepara a sua própria queda." (Rui Barbosa)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Astros
MensagemEnviado: Qua Jan 19, 2011 12:03 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qua Abr 02, 2008 5:32 pm
Mensagens: 3526
1. O ASTROS é um moderno sistema de saturação... por muitos anos foi considerado o melhor lança foguetes do mundo...utiliza foguetes com alcance de 9 a 90 km e mísseis com até 300km de alcance;

2. Pode ser aerotransportado pelo C-130;

3. usa chassi de caminhão da MB. Depois do boicote da MB os novos veículos usarão chassi da TATRA.

4. Ficou famoso após ser usado com eficiência pelos iraquianos na guerra Irã x Iraque. A Arábia Saudita foi um país que impressionado com o desempenho do sistema comprou algumas baterias;

5. Durante a guerra do Golfo era uma das armas mais temidas pelos americanos. O ASTROS foi o provável responsável por um ataque contra um acampamento americano que resultou em centenas de baixas;

6. O EB possui 20 lançadores (05 baterias).


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Astros
MensagemEnviado: Qua Fev 02, 2011 7:22 am 
Offline
Intermediário
Intermediário
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Dom Jul 18, 2010 2:27 pm
Mensagens: 238
Li uma reportagem sobre o Astro na Guerra do Golfo: o terror dos Americanos.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Astros
MensagemEnviado: Seg Jul 11, 2011 6:38 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Abr 17, 2009 2:54 pm
Mensagens: 2245
Citação:
11 de Julho, 2011 - 10:40 ( Brasília )
Terrestre

Sistema ASTROS II realiza lançamento de foguete terra-terra
No dia 7 de julho, o Comando Militar do Planalto organizou uma visita ao Campo de Instrução de Formosa, em Goiás, onde o 6º Grupo de Lançadores Múltiplos de Foguetes (6º GLMF) realizou um exercício de adestramento.

Brasília – No dia 7 de julho, o Comando Militar do Planalto organizou uma visita ao Campo de Instrução de Formosa, em Goiás, onde o 6º Grupo de Lançadores Múltiplos de Foguetes (6º GLMF) realizou um exercício de adestramento de lançamento de foguetes do Sistema de Artilharia de Foguetes para Saturação de Área (ASTROS II). Com um alcance entre nove e 90 km de distância, o Sistema tem como diferencial a capacidade de disparar foguetes de diferentes calibres sobre a mesma plataforma.

O Sistema, que continua em desenvolvimento, e todas as pesquisas vêm influenciando a área de foguetes do País e impulsionando novas tecnologias, conforme explicou o Presidente da AVIBRÁS, Sami Hassuane, empresa que desenvolveu o Sistema junto com o Exército Brasileiro.

O sucesso do ASTROS II deve-se ao fato de o equipamento possuir alta mobilidade e proteção blindada; concentração de grande volume de fogo sobre o alvo; capacidade de estar preparado para pronto emprego praticamente o tempo todo, com possibilidade de bater alvos a grande distância, com reduzido tempo de resposta, possuindo três calibres diferentes sobre o mesmo sistema; reduzida tripulação; e a possibilidade de cada veículo ser transportado por avião cargueiro do tipo C-130, conhecido como Hércules. A viatura de comando e controle é um grande diferencial do Sistema, pois tem a capacidade de coordenar todas as etapas de lançamento de um foguete de forma rápida, precisa e eficiente.

O exercício de tiro, que foi acompanhado também por um grupo de parlamentares, fez parte do treinamento anual do 6º Grupo de Lançadores Múltiplos de Foguetes. Durante o adestramento, os deputados e assessores puderam conhecer o trabalho desenvolvido pela Artilharia de Campanha e Defesa Antiaérea do Exército, demonstrando a importância da indústria nacional no desenvolvimento e na produção de material de defesa com tecnologia agregada e, com isso, as possibilidades de exportação e desenvolvimento de mão de obra especializada, além de verificar a preservação ambiental feita pelo Exército em sua área de atuação.

O evento contou com a presença do Comandante Militar do Planalto, General-de-Divisão Araken de Albuquerque, e dos Deputados Federais Ricardo Quirino, Cesar Colnago e Berinho Bantim, acompanhados de consultores e assessores do Congresso Nacional.

Fonte: Exército Brasileiro

http://www.defesanet.com.br/terrestre/n ... erra-terra

_________________
"Uma nação que confia em seus direitos, em vez de confiar em seus soldados, engana-se a si mesma e prepara a sua própria queda." (Rui Barbosa)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Astros
MensagemEnviado: Ter Jul 12, 2011 12:31 pm 
Offline
Avançado
Avançado
 Perfil

Registrado em: Qui Dez 20, 2007 11:41 am
Mensagens: 466
Gostaria de esclarecer que apesar do Astros ser aerotransportável ,possui sérias restrições:

1- Por causa do vão da porta de entrada do C-130, tem que colocar somente o truck do Astros num avião e outro a "caçamba". Consequentemente necessitaria de 2 C-130 por veiculo.
2- Para viagens de longa distancia, são necessarios fazer várias escalas, pois ao voar com peso máximo no compartimento de cargas com tanque vazio, o peso da fuselagem compromete a estrutura das longarinas, correndo o risco da aeronave ter suas asas partidas numa manobra mais brusca. Este problema pode ser sanado no caso do KC-390 ou no airbus 400 pois ambos tem probe para REVO
3- Outro problema está nos pneus dos caminhões, pois são equipados com toroides, limitando seu uso em estradas de asfalto.

Hélio


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Astros
MensagemEnviado: Qui Jul 14, 2011 1:46 am 
Offline
Recente
Recente
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Out 18, 2010 12:57 pm
Mensagens: 39
Localização: Grande Florianópolis - SC
SantaCatarinaBR - Sistema ASTROS II ( AVIBRAS ) realiza lançamento de foguete terra-terra

http://www.youtube.com/watch?v=YO6Rb3K7LnA

_________________
SantaCatarinaBR - Reportegens, vídeos e notícias sobre as Forçs Armadas do Brasil
-
BLOG: http://santacatarinabr.blogspot.com/


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Astros
MensagemEnviado: Sex Jul 22, 2011 6:29 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Imagem
Foto: Ag. Brasil via DefesaNet

Uma demonstração do Exército realizada nesta quinta-feira com o lançamento de foguetes “terra-terra” em seu campo operacional de Formosa (GO) foi usada para sensibilizar o Planalto a adquirir novos equipamentos para as Forças Armadas. Essa ação reforça a capacidade ofensiva do Exército e ajuda a evitar a derrocada de uma companhia brasileira que projeta, desenvolve e fabrica produtos de defesa: a Avibrás.

Capitaneado pelo ministro Nelson Jobim (Defesa), o evento contou com a presença do vice-presidente da República, Michel Temer, que conheceu o atual sistema de artilharia por foguetes do Exército, chamado Astros II, e obteve informações sobre seu sucessor – o Astros 2020 (lê-se vinte vinte).

O Exército quer comprar o novo sistema, que custa R$ 960 milhões. Além disso, Jobim disse que um processo de reestruturação da Avibrás se faz necessário, uma vez que a empresa nacional produz equipamentos de ponta para o mercado. A Avibras já vendeu o equipamento Astro 2020 para a Malásia por 219 milhões de euros .

“Trabalhamos nesse sentido (de comprar o Astro 2020) e vamos recuperar a Avibrás. O processo (de recuperação) está no Ministério da Fazenda e a decisão vai ser tomada em pouco tempo. Vamos dar continuidade a esse acervo tecnológico que não pode ser perdido, que é tecnologia exclusivamente brasileira”, explicou Jobim.

Após assistir ao disparo de sete foguetes, Temer disse que será um advogado dentro do governo para a aquisição do Astros 2020 para o Exército, mas não detalhou como ou quando os recursos vão ser liberados. “Você só pode estar ao lado dos grandes países se tiver instrumentos de defesa também grandiosos (...) Serei advogado desta causa”, disse.

Além do fortalecimento de armas ao Exército, o ministro Jobim promove um esforço para equipar todas as Forças Armadas. No caso da Força Aérea, o projeto principal é a compra de caças para a Aeronáutica, cuja decisão tem sido repetidamente prorrogada. Para a Marinha, o principal investimento tem relação com a criação de um submarino movido a energia nuclear.

Evolução para defesa

De acordo com o general Aderico Mattioli, a aquisição do Astros 2020 seria uma evolução para a defesa brasileira. Ele destacou que o novo sistema é composto por 49 viaturas, sendo 18 lançadores e 18 remuniciadores, além de unidades de controle e reparo.


Para Mattioli, há ainda outro ponto forte no Astros 2020, que é a unidade que faz cálculos e usa mapas digitais para definir a trajetória e alvo dos foguetes. “Ele ainda permite uma maior mobilidade e menor tempo entre o disparo e a dispersão das unidades, evitando, assim, o contra-ataque”, comentou.

De acordo com ele, o investimento de R$ 960 milhões seria feito num prazo de cinco anos. Os equipamentos seriam entregues à medida que fossem produzidos e, paralelamente, seria desenvolvida a tecnologia para a fabricação de um míssil com 300 km de alcance. “Algo que poucos países no mundo possuem”.

O Astros 2020 ainda também possibilitaria ao Exército o uso de mísseis (unidades teleguiadas que podem mudar sua trajetória no ar). Atualmente o Brasil só conta foguetes terra-terra, que além de não mudar de direção ao longo do percurso, alcançam no máximo 90 km de distância.

Exportação

De acordo com o general Mattioli, um dos problemas para a exportação do Astros 2020 é o fato do Exército Brasileiro não possuir o sistema. "Existem nações que querem o produto, mas a primeira pergunta que fazem é: 'seu País tem?'. Enquanto não tiver fica difícil (pensar em vender tecnologia brasileira no exterior)", disse.

Demonstração

Na demonstração desta manhã, sete foguetes "terra-terra" foram disparados. Uma das baterias contou com o modelo mais simples, chamado de SS-30 (Solo-Solo 30), que produz impacto ao atingir o chão. Também foram testados os SS-40 e SS-60. Os dois contam com maior alcance e explodem no ar lançando submunições no solo para novas detonações, produzindo o que os militares chamam de “saturação de área”.

No evento foi possível se observar pontos brancos na área de tiro. Alguns dos militares disseram que os mesmos eram carros e possíveis alvos do exercício. Quando os foguetes foram lançados, contudo, uma região à direta do local foi atingida. O Exército não admitiu erro e disse que os foguetes buscavam "saturar uma área, e não atingir um alvo fixo".

"Sei que havia os pontos brancos, mas não tenho a informação que eram carros. A informação que tenho é que o alvo era a crista da elevação. Se queria acertar a parte mais alta e isso foi feito, saturando uma área. E, no caso de uso real do equipamento, não seriam disparados três tiros, mas 80, ampliando a área de saturação atingida", explicou o coronel Silva Filho.

Fonte: Defesa@net.

Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Astros
MensagemEnviado: Sex Jul 22, 2011 7:16 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Jul 24, 2009 2:12 pm
Mensagens: 2411
Localização: Brasília
O Defesanet especulou que a presença do Michel Temer nessa demonstração pode ser parte de um movimento para levá-lo ao MD.
Será?

_________________
"As leis que proibem o porte de armas... desarmam somente aqueles que não estão nem dispostos nem determinados a cometer crimes." - Cesare Beccaria


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Astros
MensagemEnviado: Sex Jul 22, 2011 10:50 pm 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Qui Ago 20, 2009 10:28 pm
Mensagens: 1522
O Min. N. Jobim quer sai, não concorda com a Presidente em vários assuntos, é aliado político de vários caciques do PSDB e a Comandante em Chefe não gosta dele, se o Themer for para lá dará um outro aspecto a pasta e vários programas podem sair do arquivo. Com o Themer certamente ganhará o Rafale no FX 2, qo que é ruim pela cadeia logística, preço e que o caça é caro pra Xuxu, para ficar num termo ameno.
Mas o prosuper sairá do papel, o braço forte ( que desde que eu servi ouço falar dele) entre outros, caminharão a passos largos por causa do peso do PMDB.
Arlsan escreveu:
O Defesanet especulou que a presença do Michel Temer nessa demonstração pode ser parte de um movimento para levá-lo ao MD.
Será?


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Astros
MensagemEnviado: Sáb Jul 23, 2011 10:15 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Abr 17, 2009 2:54 pm
Mensagens: 2245
Abellosi escreveu:
O Min. N. Jobim quer sai, não concorda com a Presidente em vários assuntos, é aliado político de vários caciques do PSDB e a Comandante em Chefe não gosta dele, se o Themer for para lá dará um outro aspecto a pasta e vários programas podem sair do arquivo. Com o Themer certamente ganhará o Rafale no FX 2, qo que é ruim pela cadeia logística, preço e que o caça é caro pra Xuxu, para ficar num termo ameno.
Mas o prosuper sairá do papel, o braço forte ( que desde que eu servi ouço falar dele) entre outros, caminharão a passos largos por causa do peso do PMDB.
Arlsan escreveu:
O Defesanet especulou que a presença do Michel Temer nessa demonstração pode ser parte de um movimento para levá-lo ao MD.
Será?


concordo em parte com isso o acho que vai ganhar o maior lob, porque os dassault são campeões nisso ...... pois o michel temer so vai aprovar projetos que lhe rendam muito $$$$, ele é assim.... alias o PMDB é o partido do dinheiro, so faz aquilo que lhe lucra e por favor vamos sair da seara politica que isso não vai ter volta.....

_________________
"Uma nação que confia em seus direitos, em vez de confiar em seus soldados, engana-se a si mesma e prepara a sua própria queda." (Rui Barbosa)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Astros
MensagemEnviado: Sáb Jul 23, 2011 11:04 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Abr 17, 2009 2:54 pm
Mensagens: 2245
Citação:
Jobim quer comprar foguetes para armar Exército e salvar Avibrás
Ministro realizou demonstração com foguetes e quer adquirir novo sistema para Defesa

Severino Motta, iG Brasília | 21/07/2011 18:06

Uma demonstração do Exército realizada nesta quinta-feira com o lançamento de foguetes “terra-terra” em seu campo operacional de Formosa (GO) foi usada para sensibilizar o Planalto a adquirir novos equipamentos para as Forças Armadas. Essa ação reforça a capacidade ofensiva do Exército e ajuda a evitar a derrocada de uma companhia brasileira que projeta, desenvolve e fabrica produtos de defesa: a Avibrás.

Capitaneado pelo ministro Nelson Jobim (Defesa), o evento contou com a presença do vice-presidente da República, Michel Temer, que conheceu o atual sistema de artilharia por foguetes do Exército, chamado Astros II, e obteve informações sobre seu sucessor – o Astros 2020 (lê-se vinte vinte).


O Exército quer comprar o novo sistema, que custa R$ 960 milhões. Além disso, Jobim disse que um processo de reestruturação da Avibrás se faz necessário, uma vez que a empresa nacional produz equipamentos de ponta para o mercado. A Avibras já vendeu o equipamento Astro 2020 para a Malásia por 219 milhões de euros .

“Trabalhamos nesse sentido (de comprar o Astro 2020) e vamos recuperar a Avibrás. O processo (de recuperação) está no Ministério da Fazenda e a decisão vai ser tomada em pouco tempo. Vamos dar continuidade a esse acervo tecnológico que não pode ser perdido, que é tecnologia exclusivamente brasileira”, explicou Jobim.

Após assistir ao disparo de sete foguetes, Temer disse que será um advogado dentro do governo para a aquisição do Astros 2020 para o Exército, mas não detalhou como ou quando os recursos vão ser liberados. “Você só pode estar ao lado dos grandes países se tiver instrumentos de defesa também grandiosos (...) Serei advogado desta causa”, disse.

Além do fortalecimento de armas ao Exército, o ministro Jobim promove um esforço para equipar todas as Forças Armadas. No caso da Força Aérea, o projeto principal é a compra de caças para a Aeronáutica, cuja decisão tem sido repetidamente prorrogada. Para a Marinha, o principal investimento tem relação com a criação de um submarino movido a energia nuclear.

Evolução para defesa

De acordo com o general Aderico Mattioli, a aquisição do Astros 2020 seria uma evolução para a defesa brasileira. Ele destacou que o novo sistema é composto por 49 viaturas, sendo 18 lançadores e 18 remuniciadores, além de unidades de controle e reparo.

Leia também
Jobim pede ao Itamaraty estudo sobre fronteiras
Jobim diz que tem que tolerar 'idiotas'
Caças da FAB: A estratégia francesa
Brasil só volta a negociar caças em 2012

Para Mattioli, há ainda outro ponto forte no Astros 2020, que é a unidade que faz cálculos e usa mapas digitais para definir a trajetória e alvo dos foguetes. “Ele ainda permite uma maior mobilidade e menor tempo entre o disparo e a dispersão das unidades, evitando, assim, o contra-ataque”, comentou.

De acordo com ele, o investimento de R$ 960 milhões seria feito num prazo de cinco anos. Os equipamentos seriam entregues à medida que fossem produzidos e, paralelamente, seria desenvolvida a tecnologia para a fabricação de um míssil com 300 km de alcance. “Algo que poucos países no mundo possuem”.

O Astros 2020 ainda também possibilitaria ao Exército o uso de mísseis (unidades teleguiadas que podem mudar sua trajetória no ar). Atualmente o Brasil só conta foguetes terra-terra, que além de não mudar de direção ao longo do percurso, alcançam no máximo 90 km de distância.

Exportação

De acordo com o general Mattioli, um dos problemas para a exportação do Astros 2020 é o fato do Exército Brasileiro não possuir o sistema. "Existem nações que querem o produto, mas a primeira pergunta que fazem é: 'seu País tem?'. Enquanto não tiver fica difícil (pensar em vender tecnologia brasileira no exterior)", disse.

Demonstração

Na demonstração desta manhã, sete foguetes "terra-terra" foram disparados. Uma das baterias contou com o modelo mais simples, chamado de SS-30 (Solo-Solo 30), que produz impacto ao atingir o chão. Também foram testados os SS-40 e SS-60. Os dois contam com maior alcance e explodem no ar lançando submunições no solo para novas detonações, produzindo o que os militares chamam de “saturação de área”.

No evento foi possível se observar pontos brancos na área de tiro. Alguns dos militares disseram que os mesmos eram carros e possíveis alvos do exercício. Quando os foguetes foram lançados, contudo, uma região à direta do local foi atingida. O Exército não admitiu erro e disse que os foguetes buscavam "saturar uma área, e não atingir um alvo fixo".

"Sei que havia os pontos brancos, mas não tenho a informação que eram carros. A informação que tenho é que o alvo era a crista da elevação. Se queria acertar a parte mais alta e isso foi feito, saturando uma área. E, no caso de uso real do equipamento, não seriam disparados três tiros, mas 80, ampliando a área de saturação atingida", explicou o coronel Silva Filho.

Foto: AE

http://ultimosegundo.ig.com.br/politica ... 97700.html


o autor demostra um completo DESCONHECIMENTO do sistema astros...... ele confundiu o ASTROS MK5 com o ASTROS 2020...

O Astros MK5 é a mais nova versão do sistema astros com computadores com tela LCD e utilização de mapas digitais GPS, e orientação inercial, viatura de comando etc....

O ASTROS 2020 seria um sistema capaz de lançar tanto os foquetes do sistema astros quantos MÍSSEIS. o misssil teria o alcance de 300 km. seria o primeiro míssil terra-terra ( SSM) nacional.

O que se cogita é o EB atualizar o astros mk3 (versão que o EB possui) para o padrão mk5 e adquirir o astros 2020

mais uma da '' imprensa especializada'' :(

Abraços

_________________
"Uma nação que confia em seus direitos, em vez de confiar em seus soldados, engana-se a si mesma e prepara a sua própria queda." (Rui Barbosa)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Astros
MensagemEnviado: Sáb Jul 23, 2011 5:48 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Não sei não....a matéria do Defesa@Net que coloquei acima, cita, por diversas vezes, o Astros 2000 como o novo sistema a ser comprado pelo EB.


Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Astros
MensagemEnviado: Sáb Jul 23, 2011 6:22 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Abr 17, 2009 2:54 pm
Mensagens: 2245
Baschera escreveu:
Não sei não....a matéria do Defesa@Net que coloquei acima, cita, por diversas vezes, o Astros 2000 como o novo sistema a ser comprado pelo EB.


Sds.


Sim vai comprar o ASTROS 2020 atualizar o que existe.

_________________
"Uma nação que confia em seus direitos, em vez de confiar em seus soldados, engana-se a si mesma e prepara a sua própria queda." (Rui Barbosa)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Astros
MensagemEnviado: Dom Jul 24, 2011 4:08 am 
Offline
Recente
Recente
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Out 18, 2010 12:57 pm
Mensagens: 39
Localização: Grande Florianópolis - SC
SantaCatarinaBR - Lançamento de foguetes no dia 21/07/2011
VIDEO1: http://www.youtube.com/watch?v=pYbKIim-JXc
VIDEO2: http://www.youtube.com/watch?v=iIcq8HpAcXs

_________________
SantaCatarinaBR - Reportegens, vídeos e notícias sobre as Forçs Armadas do Brasil
-
BLOG: http://santacatarinabr.blogspot.com/


Voltar ao topo
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 22  Próximo

Todos os horários são


Quem está online

Array


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
cron
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group  
Design By Poker Bandits  
Traduzido por: Suporte phpBB Brasil