Forum Base Militar Web Magazine

Bem-vindo: Qua Nov 20, 2019 9:52 pm

Todos os horários são




Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página Anterior  1 ... 7, 8, 9, 10, 11, 12  Próximo
Autor Mensagem
 Título: Re: Um novo MBT ara o exército Brasileiro
MensagemEnviado: Ter Jan 28, 2014 5:42 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qua Dez 11, 2013 10:29 pm
Mensagens: 1885
Localização: Hell de Janeiro
O problema é, além dos Leopard 1, qual outro blindado se adequaria ao suposto problema de rodagem em estradas e transporte ferroviário no Brasil?

Por mim o EB ia logo de Merkava IV e ponto final. :twisted:


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Um novo MBT para o exército Brasileiro
MensagemEnviado: Ter Jan 28, 2014 6:18 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qua Abr 02, 2008 5:32 pm
Mensagens: 3526
Quem sabe uma versão tupiniquim do Tipo 10.

Imagem

http://en.wikipedia.org/wiki/Type_10


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Um novo MBT para o exército Brasileiro
MensagemEnviado: Qua Jan 29, 2014 1:12 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Jan 01, 2010 9:52 pm
Mensagens: 9235
Falando em MBT a Holanda afinal conseguiu se livrar de 100 dos seus encalhados, não está fácil vender.

Finlandia adquiere 100 tanques KMW Leopard 2A6 a Holanda

Imagemmaquina-de-combate

[Maquina de Combate <> 20Ene2014-03] El Ministerio de Defensa de Finlandia ha confirmado que durante la visita a Holanda del primer ministro finlandés, Carl Haglund, que se realiza este 20 de enero, se llevará a cabo la firma del contrato para la compra-venta de 100 tanques rectores de combate Leopard 2A6 actualmente en el inventario del Ejército de Holanda.
El contrato ha sido valorizado en 199.9 millones de euros.
La ministra de Defensa holandesa, Jeanine Hennis-Plasschaert encabezará la recepción a su contraparte finlandesa. Ambas partes conversarán además sobre temas de la agenda bilateral en el sector Defensa.
Los 100 Leopard 2A6 usados serán entregados entre los años 2015 y 2019. Se estima que los tanques estarán en servicio hasta la década de 2030.
El gobierno de Holanda se encuentra inmerso en un profundo esquema de reestructuración de sus Fuerzas Armadas, parte del cual involucra la venta de importantes sistemas de armas, entre ellos cazas F-16, tanques Leopard 2 (de por medio una interesante oferta al Ejército del Perú) y rumores no oficiales indican que las ventas aún no concluyen.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Um novo MBT para o exército Brasileiro
MensagemEnviado: Sex Jan 31, 2014 12:16 pm 
Offline
Avançado
Avançado
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Ter Jul 07, 2009 10:35 pm
Mensagens: 630
Estes KMW Leopard 2A6 não nós serviriam ?

[ ]´s


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Um novo MBT para o exército Brasileiro
MensagemEnviado: Sex Jan 31, 2014 7:26 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qua Dez 11, 2013 10:29 pm
Mensagens: 1885
Localização: Hell de Janeiro
Ricardo Pinto escreveu:
Estes KMW Leopard 2A6 não nós serviriam ?

[ ]´s


Pelo que leio nossas estradas e ferrovias tem sérias restrições para o seu transporte por longas distâncias.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Um novo MBT para o exército Brasileiro
MensagemEnviado: Sex Jan 31, 2014 9:35 pm 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Qui Ago 20, 2009 10:28 pm
Mensagens: 1522
Danzig, vc acha que um caminhão Bitrem é muito mais leve??
Danzig escreveu:
Ricardo Pinto escreveu:
Estes KMW Leopard 2A6 não nós serviriam ?

[ ]´s


Pelo que leio nossas estradas e ferrovias tem sérias restrições para o seu transporte por longas distâncias.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Um novo MBT para o exército Brasileiro
MensagemEnviado: Sex Jan 31, 2014 9:45 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qua Dez 11, 2013 10:29 pm
Mensagens: 1885
Localização: Hell de Janeiro
Abellosi escreveu:
Danzig, vc acha que um caminhão Bitrem é muito mais leve??
Danzig escreveu:
Ricardo Pinto escreveu:
Estes KMW Leopard 2A6 não nós serviriam ?

[ ]´s


Pelo que leio nossas estradas e ferrovias tem sérias restrições para o seu transporte por longas distâncias.


Eu disse que isso foi o que eu li, inclusive no FBM, diversas vezes, se isso é verdade ou não, eu não detenho condições técnicas de afirmar. :wink:

Como disse anteriormente, por mim, o EB iria de Merkava IV, mais pesado inclusive do que o Leo 2A6.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Um novo MBT para o exército Brasileiro
MensagemEnviado: Sex Jan 31, 2014 11:23 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qua Abr 02, 2008 5:32 pm
Mensagens: 3526
Citação:
MOBILIDADE

A despeito de todas as medidas de proteção, o fator que garantirá à VBC maior capacidade de sobrevivência é a sua mobilidade, ou seja, a capacidade de ultrapassar obstáculos, realizar manobras rápidas e atingir maiores velocidades em terreno desfavorável.

O Leopard 1 A5 é dotado de um motor de 830hp, que lhe confere uma relação peso/potência de 20hp/ton, lhe permitindo atingir velocidades de 45Km/h em terreno desfavorável e até 65Km/h em estradas.

O Leopard 2 A4 possui um motor de 1500hp, que proporciona uma relação peso/potência de 27hp/ton, lhe permitindo atingir velocidades de 55Km/h em terreno desfavorável e até 72 Km/h em estradas, velocidades estas significativamente maiores que do nosso exemplar.

Além disso, apesar de mais pesado, o Leopard 2 A4 possui uma reduzida pressão sobre o solo, 0,85Kg/cm2, menor do que o Leopard 1 A5, que é de 0,86 Kg/cm2, o que favorece a maneabilidade, em especial nas operações em terreno pouco firme. Em contra partida, a necessidade de empregar as estradas e pontes existentes é um dos óbices do 2 A4, que pesa 55,1ton contra as 42,4ton do 1 A5. No aspecto mobilidade, o 2 A4 possui vantagem devido a sua maior relação peso/potência e menor pressão sobre o solo, porém, seu peso maior acarreta em sérios problemas de trafegabilidade, principalmente em estradas não pavimentadas e pontes.


http://www.defesanet.com.br/leo/noticia ... mparativa/


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Um novo MBT para o exército Brasileiro
MensagemEnviado: Sáb Fev 08, 2014 7:42 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Dez 04, 2008 3:46 pm
Mensagens: 1119
rdx escreveu:
Citação:
MOBILIDADE

A despeito de todas as medidas de proteção, o fator que garantirá à VBC maior capacidade de sobrevivência é a sua mobilidade, ou seja, a capacidade de ultrapassar obstáculos, realizar manobras rápidas e atingir maiores velocidades em terreno desfavorável.

O Leopard 1 A5 é dotado de um motor de 830hp, que lhe confere uma relação peso/potência de 20hp/ton, lhe permitindo atingir velocidades de 45Km/h em terreno desfavorável e até 65Km/h em estradas.

O Leopard 2 A4 possui um motor de 1500hp, que proporciona uma relação peso/potência de 27hp/ton, lhe permitindo atingir velocidades de 55Km/h em terreno desfavorável e até 72 Km/h em estradas, velocidades estas significativamente maiores que do nosso exemplar.

Além disso, apesar de mais pesado, o Leopard 2 A4 possui uma reduzida pressão sobre o solo, 0,85Kg/cm2, menor do que o Leopard 1 A5, que é de 0,86 Kg/cm2, o que favorece a maneabilidade, em especial nas operações em terreno pouco firme. Em contra partida, a necessidade de empregar as estradas e pontes existentes é um dos óbices do 2 A4, que pesa 55,1ton contra as 42,4ton do 1 A5. No aspecto mobilidade, o 2 A4 possui vantagem devido a sua maior relação peso/potência e menor pressão sobre o solo, porém, seu peso maior acarreta em sérios problemas de trafegabilidade, principalmente em estradas não pavimentadas e pontes.


http://www.defesanet.com.br/leo/noticia ... mparativa/



Prezado RDX vc disse tudo, ademais nossas estradas assistem todos os dias caminhôes com até 100 Toneladas deslizando e muitas vezes ficando sem freios...o dia que colocarem as balanças pra funcionar em nossas estradas veremos o que acontece ...tenho pacientes que possuem uma das maiores transportadoras aqui do RS ...essa história de 30 Tons em caminhões é PIADA.

E claro a relação da pressão por cm 2 e das lagartas é uma história que foi debatida nos tempos da batalha de Kursk com o grande T34, Panteras e Tigers...

Infelizmewnte por problemas de CAIXA compramos o que deu pra comprar...senão tenho certeza que teríamos Leopard 2 A6 aqui nos pampas!!! Como não deu outro temos os briosos Leopards 1 A5 recondicionados ao padrão BR. E eles foram em sua época os tais...agora nem tanto!


Mauro


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Um novo MBT para o exército Brasileiro
MensagemEnviado: Sáb Fev 08, 2014 11:26 pm 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Qui Ago 20, 2009 10:28 pm
Mensagens: 1522
Ufaaaaaa, Dr. Mauro o senhor é médico mesmo ...? Apenas com dados empíricos e disponíveis a todos nós mortais matou a charada! Acho que o doutor é o Snowden!!!! Akakakakakaka
Mauro escreveu:
rdx escreveu:
Citação:
MOBILIDADE

A despeito de todas as medidas de proteção, o fator que garantirá à VBC maior capacidade de sobrevivência é a sua mobilidade, ou seja, a capacidade de ultrapassar obstáculos, realizar manobras rápidas e atingir maiores velocidades em terreno desfavorável.

O Leopard 1 A5 é dotado de um motor de 830hp, que lhe confere uma relação peso/potência de 20hp/ton, lhe permitindo atingir velocidades de 45Km/h em terreno desfavorável e até 65Km/h em estradas.

O Leopard 2 A4 possui um motor de 1500hp, que proporciona uma relação peso/potência de 27hp/ton, lhe permitindo atingir velocidades de 55Km/h em terreno desfavorável e até 72 Km/h em estradas, velocidades estas significativamente maiores que do nosso exemplar.

Além disso, apesar de mais pesado, o Leopard 2 A4 possui uma reduzida pressão sobre o solo, 0,85Kg/cm2, menor do que o Leopard 1 A5, que é de 0,86 Kg/cm2, o que favorece a maneabilidade, em especial nas operações em terreno pouco firme. Em contra partida, a necessidade de empregar as estradas e pontes existentes é um dos óbices do 2 A4, que pesa 55,1ton contra as 42,4ton do 1 A5. No aspecto mobilidade, o 2 A4 possui vantagem devido a sua maior relação peso/potência e menor pressão sobre o solo, porém, seu peso maior acarreta em sérios problemas de trafegabilidade, principalmente em estradas não pavimentadas e pontes.


http://www.defesanet.com.br/leo/noticia ... mparativa/



Prezado RDX vc disse tudo, ademais nossas estradas assistem todos os dias caminhôes com até 100 Toneladas deslizando e muitas vezes ficando sem freios...o dia que colocarem as balanças pra funcionar em nossas estradas veremos o que acontece ...tenho pacientes que possuem uma das maiores transportadoras aqui do RS ...essa história de 30 Tons em caminhões é PIADA.

E claro a relação da pressão por cm 2 e das lagartas é uma história que foi debatida nos tempos da batalha de Kursk com o grande T34, Panteras e Tigers...

Infelizmewnte por problemas de CAIXA compramos o que deu pra comprar...senão tenho certeza que teríamos Leopard 2 A6 aqui nos pampas!!! Como não deu outro temos os briosos Leopards 1 A5 recondicionados ao padrão BR. E eles foram em sua época os tais...agora nem tanto!


Mauro


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Um novo MBT para o exército Brasileiro
MensagemEnviado: Qui Fev 20, 2014 5:49 pm 
Offline
Recente
Recente
 Perfil

Registrado em: Qui Fev 13, 2014 1:05 pm
Mensagens: 36
Citação:
MBT Brasil- O futuro Carro de Combate do Exército Brasileiro

Muito em breve o Exército Brasileiro dará início aos estudos e trabalhos de desenvolvimento do seu futuro carro de combate principal.

Na nossa visão o Exército Brasileiro deverá lançar-se em programa muito parecido com o bem sucedido IVECO Guarani, que deu ao exército a família de VBTP que substituirá os Cascavéis e Urutus de fabricação nacional.

Acreditamos que neste modelo de cooperação o Exército Brasileiro via CTEX, avaliará diversos veículos e ao final apresentará os seus requisitos, partindo assim para um veículo totalmente novo porém baseado num carro de combate já existente aos moldes do que ocorreu no programa Guarani. Como dito esta é uma opinião do editor E.M.Pinto.

Diante disto e atendendo a uma série de pedidos dos nossos leitores, o Plano Brasil em colaboração com o trilogia Campo de Batalha iniciará uma série de reportagens e análises dos principais carros de combate hoje existentes, serão apresentados aqueles que julgamos serem os principais candidatos a substituição da arma blindada do exército Brasileiro que deve sofrer modificações na próxima década.

As reportagens serão curtas e visam apresentar os principais aspectos e peculiaridades dos mais recentes projetos de MBT hoje existentes. Deixamos para o público em geral as discussões a cerca dos modelos ideais,a s melhores máquinas, vantagens e desvantagens dos projetos.

Na série de reportagens serão apresentados o s veículos:
KMW LEOPARD 2 A7
URALVAGONZAVOD T-90MS
GENERAL DYNAMICS LAND SYSTEMS M1 A2 ABRAMS
IVECO ARIETE C1
ISRAEL MILITARY INDUSTRIES – IMI MERKAVA IV
HYUNDAI ROTEM K2 BLACK PANTHER
BAE SYSTEMS CHALLENGER 2

Plano Brasil

http://noticia-final.blogspot.com/2014/ ... te-do.html


Alguém sabe se seria verídico? Se sim, possui alguma informação adicional?

_________________
Lucca


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Um novo MBT para o exército Brasileiro
MensagemEnviado: Qui Fev 20, 2014 7:01 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qua Dez 11, 2013 10:29 pm
Mensagens: 1885
Localização: Hell de Janeiro
Lucca escreveu:
Citação:
MBT Brasil- O futuro Carro de Combate do Exército Brasileiro

Muito em breve o Exército Brasileiro dará início aos estudos e trabalhos de desenvolvimento do seu futuro carro de combate principal.

Na nossa visão o Exército Brasileiro deverá lançar-se em programa muito parecido com o bem sucedido IVECO Guarani, que deu ao exército a família de VBTP que substituirá os Cascavéis e Urutus de fabricação nacional.

Acreditamos que neste modelo de cooperação o Exército Brasileiro via CTEX, avaliará diversos veículos e ao final apresentará os seus requisitos, partindo assim para um veículo totalmente novo porém baseado num carro de combate já existente aos moldes do que ocorreu no programa Guarani. Como dito esta é uma opinião do editor E.M.Pinto.

Diante disto e atendendo a uma série de pedidos dos nossos leitores, o Plano Brasil em colaboração com o trilogia Campo de Batalha iniciará uma série de reportagens e análises dos principais carros de combate hoje existentes, serão apresentados aqueles que julgamos serem os principais candidatos a substituição da arma blindada do exército Brasileiro que deve sofrer modificações na próxima década.

As reportagens serão curtas e visam apresentar os principais aspectos e peculiaridades dos mais recentes projetos de MBT hoje existentes. Deixamos para o público em geral as discussões a cerca dos modelos ideais,a s melhores máquinas, vantagens e desvantagens dos projetos.

Na série de reportagens serão apresentados o s veículos:
KMW LEOPARD 2 A7
URALVAGONZAVOD T-90MS
GENERAL DYNAMICS LAND SYSTEMS M1 A2 ABRAMS
IVECO ARIETE C1
ISRAEL MILITARY INDUSTRIES – IMI MERKAVA IV
HYUNDAI ROTEM K2 BLACK PANTHER
BAE SYSTEMS CHALLENGER 2

Plano Brasil

http://noticia-final.blogspot.com/2014/ ... te-do.html


Alguém sabe se seria verídico? Se sim, possui alguma informação adicional?


Muita gente fala sobre as capacidades e características do Abrams e do Leopard, mas para mim o Merkava é um MBT fora de série, assim como o seu peso (a grande desvantagem dele).


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Um novo MBT para o exército Brasileiro
MensagemEnviado: Sex Fev 21, 2014 1:34 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sáb Mar 29, 2008 10:52 pm
Mensagens: 947
Localização: Dallas TX
Danzig escreveu:
Lucca escreveu:
Citação:
MBT Brasil- O futuro Carro de Combate do Exército Brasileiro

Muito em breve o Exército Brasileiro dará início aos estudos e trabalhos de desenvolvimento do seu futuro carro de combate principal.

Na nossa visão o Exército Brasileiro deverá lançar-se em programa muito parecido com o bem sucedido IVECO Guarani, que deu ao exército a família de VBTP que substituirá os Cascavéis e Urutus de fabricação nacional.

Acreditamos que neste modelo de cooperação o Exército Brasileiro via CTEX, avaliará diversos veículos e ao final apresentará os seus requisitos, partindo assim para um veículo totalmente novo porém baseado num carro de combate já existente aos moldes do que ocorreu no programa Guarani. Como dito esta é uma opinião do editor E.M.Pinto.

Diante disto e atendendo a uma série de pedidos dos nossos leitores, o Plano Brasil em colaboração com o trilogia Campo de Batalha iniciará uma série de reportagens e análises dos principais carros de combate hoje existentes, serão apresentados aqueles que julgamos serem os principais candidatos a substituição da arma blindada do exército Brasileiro que deve sofrer modificações na próxima década.

As reportagens serão curtas e visam apresentar os principais aspectos e peculiaridades dos mais recentes projetos de MBT hoje existentes. Deixamos para o público em geral as discussões a cerca dos modelos ideais,a s melhores máquinas, vantagens e desvantagens dos projetos.

Na série de reportagens serão apresentados o s veículos:
KMW LEOPARD 2 A7
URALVAGONZAVOD T-90MS
GENERAL DYNAMICS LAND SYSTEMS M1 A2 ABRAMS
IVECO ARIETE C1
ISRAEL MILITARY INDUSTRIES – IMI MERKAVA IV
HYUNDAI ROTEM K2 BLACK PANTHER
BAE SYSTEMS CHALLENGER 2

Plano Brasil

http://noticia-final.blogspot.com/2014/ ... te-do.html


Alguém sabe se seria verídico? Se sim, possui alguma informação adicional?


Muita gente fala sobre as capacidades e características do Abrams e do Leopard, mas para mim o Merkava é um MBT fora de série, assim como o seu peso (a grande desvantagem dele).


Pra mim outra vantagem do Merkava eh que existe um IFV que utiliza o mesmo chassis (o Namer). Seria uma bela dupla!

Imagem


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Um novo MBT para o exército Brasileiro
MensagemEnviado: Sex Fev 21, 2014 2:44 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Fev 18, 2010 6:44 pm
Mensagens: 958
DESCULPEM POLA RESPOSTA ATRASADA , MAS ESTAVA FORA E NÃO PUDE POSTAR.

Gostaria de saber em que data cronológica essa geração perdeu seus CULHÕES .
Essa geração não tem coragem de ousar , acreditar em si mesmo , no país e em seus patriotas .
Visam só a ótica de mercado para pensarem em desenvolver alguma coisa, mesmo olhando pela ótica deles vemos que não faz sentido.
Se fosse assim países como JAPÃO ; ÍNDIA ; CHINA etc.. não estariam desenvolvendo seus próprios MBT,s.
Que saudade sinto da ótica militar dos anos 70/80 ( DO ALFINETE AO FOGUETE ).
Partindo novamente da ótica mercadológica , se fosse dessa forma não teríamos desenvolvido os TUCANOS ; SUPER TUCANO ; MAR-01 ; KC-390 todos esses , projetos nacionais e que hoje são exemplos de exportação ; gerando grandes dividendos ao país e seus fabricantes .
Ai aparece alguém dizendo que " CHEGA DE ENCHER OS BOLSOS DE NOSSO EMPRESÁRIOS DE DINHEIRO ".
E que é melhor adquirir um projeto estrangeiro já pronto ( LEO 2 ), aproveitando a chegada do fabricante ao sul do país .
Respondendo a esse cidadão , então será melhor encher os bolsos dos estrangeiros de dinheiro ???
Em caso de crise , durante as necessidades de nossas FAA,s , o mesmo se retira do país ai nos defenderemos como ???
Com jipes SUV,s ????
Quanto a demanda de fabricação vamos fazer uma conta simples ; é de conhecimento geral que o EB possui 150 LEO,s 1A & 90 á 100 M60A3TTS .
Também se sabe que essa quantidade é pouca, e que há a necessidade de se arma o CFN com MBT,s .
Oras se agirmos como nos Estados Unidos ( ONDE SE COMPRA SEMPRE A MAIS DO QUE PRECISA ; SENDO AS UNIDADES SOBRESSALENTES UTILIZADAS PARA SUBSTITUIÇÃO DE UNIDADES OPERATIVA QUEBRADAS E REPOSIÇÃO DE PEÇAS ), o EB teria que adquiri 300 unidades ( NO MÍNIMO E SEM CONTAR AS UNIDADES RESERVAS QUE SÃO E MESMA QUANTIDADE ) , desse novo MBT nacional , isso sem contar as 150 unidades ( MÍNIMO ) do CFN.
Só ai meus caros , já se justificaria o investimento em desenvolvimento de um MBT nacional baseado nos conhecimentos dos projetos OSÓRIO & TAMOIO III .
Agora retornando a minha pergunta inicial , acho que essa geração perdeu seus culhões quando chegaram os AIPOD,s ;MP3,s etc...
Mas ainda tenho fé que surja alguém de coragem e aposte em um projeto de MBT nacional ( OU EM ASSOCIAÇÃO COM OS BRIC,S OU SUL AMERICANOS ).
Imagino esse MBT dotado do radar nacional SENTIR-M20 da Bradar; dotado de IFF para rastrear e identificar veículos ; blindados ; mbt,s ; tropas inimigas .
Esse MBT nacional se pareceria em muito com o MBT Sueco .

RADAR SENTIR-M20
Imagem

MBT SUECO
Imagem
Imagem


Voltar ao topo
 
 Título: Re: Um novo MBT para o exército Brasileiro
MensagemEnviado: Sex Fev 21, 2014 9:53 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qua Dez 11, 2013 10:29 pm
Mensagens: 1885
Localização: Hell de Janeiro
Caro Foxtrot

Será que compensaria ao EB e as empresas envolvidas em um hipotético contrato de desenvolvimento de um MBT brasileiro investir tanto $$$ para um produto que venderia cerca de 400 unidades no mercado interno e que no mercado externo entraria em um nicho inchado de possibilidades diversas? A situação seria bem distinta do que ocorre com o Guarani, cujo mercado interno "paga" o projeto e do KC-390 que entra em um mercado onde, atualmente, só existe o C-130 de concorrente.

Se for apenas para atender ao EB creio que mas valha a pena a fabricação de um modelo importado por aqui e a implantação da capacidade de alguma outra empresa fabricar sobressalentes para a manutenção do mesmo do que reinventar a roda em um momento de "aperto no cinto" no qual vivem as contas públicas brasileiras.


Voltar ao topo
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página Anterior  1 ... 7, 8, 9, 10, 11, 12  Próximo

Todos os horários são


Quem está online


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group  
Design By Poker Bandits  
Traduzido por: Suporte phpBB Brasil