Forum Base Militar Web Magazine

Bem-vindo: Sex Nov 15, 2019 3:27 pm

Todos os horários são




Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página Anterior  1 ... 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18  Próximo
Autor Mensagem
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB
MensagemEnviado: Ter Set 01, 2015 2:16 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
FLANKER escreveu:
Wellington,

Com a tua colocação de que nossos H-60 estão equipados como aeronaves civis;

Com tua outra colocação de que os Gripen NG não terão ganho com o WAD;

Tenho que dizer que não há como discutir. Mostra que teu conhecimento acerca dos fatos específicos são insuficientes. Não discuto mais isso por aqui......fica com tuas convicções.....não adianta malhar em ferro frio! :roll:

Desculpe, não resisti. :mrgreen:

Verdade exagerei nas tintas quanto o H-60, mas quanto ao WAD não, pois tem muita gente que pensa como eu. O que vai propiciar, apenas três telas de MFDs, conforme o proposto pela SAAB, seriam suficientes e sem gastar nenhum tostão a mais.

Até mais!!! ;)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB
MensagemEnviado: Ter Set 01, 2015 5:28 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Mai 28, 2009 1:03 pm
Mensagens: 1785
Vou tentar colocar as coisas sem ser ofensivo. Se parecer, não foi esta a intensão. Como não gosto de fatiar textos dos outros, vou escrever o que acho ser importante.
Um MFD é um computador? Sim, se assumirmos que até um relógio digital, com mais de uma página de informações também é. Mas um MFD apenas reúne dados extraídos de outras fontes e os apresenta de forma esquemática e unificada em páginas específicas para cada função. Assim temos uma página que reúne instrumentos de voo e principais indicadores dos motores e transmissão, uma página para navegação e radar, uma página para monitoração de dados dos motores, MGB, TRG, etc e assim vai. O objetivo é facilitar a vida de quem o utiliza. Mas ele apresenta alguma informação que não esteja disponível em outro equipamento? Não. Ele faz a monitoração de parâmetros de voo ou dos motores? Não. Ele atua na switch de comunicações? Não. Poderia listar os equipamentos que fornecem informações para ele, como o conhecido FADEC, mas é muito detalhe e as denominações desses equipamentos mudam de um fabricante para o outro.
Na prática o que o MFD oferece de vantagem ao piloto? Uma put@ facilidade de acesso às informações. Por exemplo, a velocidade a não exceder varia à medida que a aeronave consome combustível, a temperatura externa sobe ou desce, a pressão idem, etc. Para cada situação um novo cálculo era feito antigamente. Hoje o DCU (denominação Sikorsky) faz esse cálculo constantemente e o atualiza no velocímetro do MFD, reposicionando o sinal correspondente na escala de veloc. E muitas outras facilidades. Mas voou-se por quase um século sem isso.
O BR-2, como todo link, serve para troca de dados automatizada entre estações. Um alvo pode ser passado do AEW para o caçador e vice-versa sem que se precise falar sua posição e inserí-la manualmente no display do radar. Mas especificamente o BR-2 tem a vertente, que já falei, de ser um "IFF refinado". E essa vertente não demanda sequer uma tela de apresentação, para a aeornave que quer apenas ser identificada. Precisa de MFD para isso? Não. E por que os Super-Pumas, por exemplo, precisam passar por modernização para isso? Não precisam mais do que trocar seus equipamentos de rádio. A não ser que haja incompatibilidade do sistema elétrico, por exemplo. Mas isso é especulação.
Não há nenhuma intenção da MB em modernizar ou dar baixem seus UH-14 por enquanto. Se a situação econômica apertar, pode até ser, mas isso sou eu quem está especulando.
Depois continuo sobre "plug and play" e modernização de helicópteros.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB
MensagemEnviado: Sex Set 04, 2015 1:14 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
Só para citar as diferenças de painel de duas aeronaves da família Cougar/Caracal da Airbus. Isto foi publicado pelo RDX em Mai 09, 2011 no tópico HELICÓPTEROS da FAB - Blackhawk, Caracal, Mi-35, Pantera.

viewtopic.php?f=3&t=2648&start=1482

Cougar do EB
Imagem

EC-225/725
Imagem


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB
MensagemEnviado: Sex Set 04, 2015 1:16 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
MFD
https://en.wikipedia.org/wiki/Multi-function_display

FMS
https://pt.wikipedia.org/wiki/Flight_Management_System


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB
MensagemEnviado: Qui Set 10, 2015 6:43 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
O 3°/8° recebeu sua primeira aeronave H-36.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB
MensagemEnviado: Qua Set 16, 2015 4:45 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
Imagem

15 de setembro de 2015

Os Black Hawk da FAB treinam ataque com tiro noturno e evasão de tripulantes localizados no solo

Posted by Roberto Lopes

Imagem
Missão à noite: atirador de um Black Hawk equipado com óculos de visão noturna identifica outra aeronave

http://www.planobrazil.com/os-black-haw ... s-no-solo/


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB
MensagemEnviado: Sex Set 25, 2015 10:50 am 
Offline
Sênior
Sênior
 Perfil

Registrado em: Qui Jul 10, 2008 9:42 am
Mensagens: 1509
Localização: SANTA MARIA - RS
Ontem à noite, a imprensa em geral destacou algumas chamas que saíram do motor esquerdo do VH-36 que levou Dilma da Alvorada para o Aeroporto de Brasília. As chamas ocorreram na partida do motor e a FAB disse ser algo normal sem maiores problemas. A imprensa citou como sendo um "H-34 Super Puma", mas percebe-se facilmente ser um H-225M pelo tamanho dos sponsons, muito maiores que dos Super Pumas presidenciais.
Para ser "normal" só com erro do piloto, que abre a válvula de combustível e não dá o start no momento certo, deixando a câmara cheia de gases, e quando dá o,start queima todo o excesso de combustível, gerando as labaredas. Ou foi defeito mesmo.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB
MensagemEnviado: Sex Set 25, 2015 11:16 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Jan 01, 2010 9:52 pm
Mensagens: 9235
FLANKER escreveu:
Ontem à noite, a imprensa em geral destacou algumas chamas que saíram do motor esquerdo do VH-36 que levou Dilma da Alvorada para o Aeroporto de Brasília. As chamas ocorreram na partida do motor e a FAB disse ser algo normal sem maiores problemas. A imprensa citou como sendo um "H-34 Super Puma", mas percebe-se facilmente ser um H-225M pelo tamanho dos sponsons, muito maiores que dos Super Pumas presidenciais.
Para ser "normal" só com erro do piloto, que abre a válvula de combustível e não dá o start no momento certo, deixando a câmara cheia de gases, e quando dá o,start queima todo o excesso de combustível, gerando as labaredas. Ou foi defeito mesmo.

Mas é comum mesmo motores turboélices do tipo usados por aviões e helicópteros terem está chama na partida.

Já tirei muito serviço de Oficial de Dia e tinha que esperar a aeronave ir embora para me ausentar do local.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB
MensagemEnviado: Sex Set 25, 2015 11:16 am 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
FLANKER escreveu:
Ontem à noite, a imprensa em geral destacou algumas chamas que saíram do motor esquerdo do VH-36 que levou Dilma da Alvorada para o Aeroporto de Brasília. As chamas ocorreram na partida do motor e a FAB disse ser algo normal sem maiores problemas. A imprensa citou como sendo um "H-34 Super Puma", mas percebe-se facilmente ser um H-225M pelo tamanho dos sponsons, muito maiores que dos Super Pumas presidenciais.
Para ser "normal" só com erro do piloto, que abre a válvula de combustível e não dá o start no momento certo, deixando a câmara cheia de gases, e quando dá o,start queima todo o excesso de combustível, gerando as labaredas. Ou foi defeito mesmo.


André...

Segundo nosso amigo, Rodrigo B., não foi nada de anormal. Vai abaixo a explicação do fato colocada por ele:

"O evento ocorreu durante uma partida ventilada no motor esq com o direito ja acionado. Ocorreu apenas a queima do combustível residual da câmara de combustão. Durou cerca de 3 seg e não houve indicações no painel de alarmes ou indicadores de temp. Tudo normal! Por ser no período noturno, o contraste da chama mostra-se com maior visibilidade. A anv foi checada e não existem vazamentos ou qualquer outro problema associado ao motor ou ao sistema de combustível."

Sds.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB
MensagemEnviado: Sex Set 25, 2015 12:36 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
O GTE possui dois VH-34 ainda em operação, um tem sponsers grandes, maiores até do que os dos VH-36. E o outro tem pequenos sponsers, apenas para guardar o trem de pouso retrátil, ele é mais parecido com os do HM-3 Cougar do EB (que são fixos).

Outra diferença é o condicionador de ar adaptado na cabine de passgeiros, no H225M (VH-36) isto não existe.

VH-34 com sponsers grandes e condicionador de ar
Imagem

Imagem

VH-34 com sponsers pequenos e condicionador de ar
Imagem

Imagem


VH-36 sem condicionador de ar
Imagem

Imagem

Imagem


Este foi o VH-34 em questão. Reparem a diferença no formato dos sponsers e no condicionador de ar posicionado do lado esquerdo (mesmo lado da labareda).
Imagem

http://g1.globo.com/politica/noticia/20 ... z-fab.html


Até mais!!! ;)


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB
MensagemEnviado: Sex Set 25, 2015 2:14 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Sex Jan 01, 2010 9:52 pm
Mensagens: 9235
Só uma correção,, o VH-36 também tem ar condicionado.
Aqui da para ver, a posição é que muda.

VH-36
Imagempoder aéreo

VH_34
Imagempoder aereo


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB
MensagemEnviado: Sex Set 25, 2015 4:24 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
Sim, é verdade, eu acabei não especificando direito, pois todos os H225M já saem de fábrica com o sistema de ar condicionado integrado/padrão.


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB
MensagemEnviado: Sex Dez 11, 2015 7:49 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
Imagem

Depois de 29 anos e 48 mil horas de voo, helicóptero H-34 faz último voo no RJ
Aeronave do Esquadrão Puma foi empregada em resgate de vítimas de enchentes e também no transporte do Papa Francisco

Publicado: 01/12/2015 11:03h

“Uma missão que me marcou muito foi a enchente em Santa Catarina em 2008, quando todo o Vale do Itajaí estava embaixo d’água. Nós transportamos cerca de cem pessoas por dia durante quase um mês”. O depoimento é do Major Aviador Aislan Brum Cursi, piloto e Chefe da Seção de Operações do Esquadrão Puma (3°/8° GAV). A unidade localizada no Rio de Janeiro (RJ) se despediu na última sexta-feira (27/11) da aeronave em questão: o H-34 Super Puma.

Com capacidade para 27 tripulantes e cerca de quatro toneladas de carga útil, o helicóptero H-34 Super Puma ficou 29 anos em operação nessa unidade aérea, onde cumpriu mais de 48 mil horas de voo em diversas missões. Entre elas, o transporte dos Papas Bento XVI e Francisco, de comitivas presidenciais, de pessoas desabrigadas e a realização de evacuações aeromédicas. Mais recentemente, em novembro, a aeronave ajudou a combater o incêndio na Chapada Diamantina, na Bahia.

“O H-34 é um helicóptero de porte médio, o que possibilita uma capacidade grande Aproximação 1° Ten Av Vidalde transporte de carga e de pessoas. E isso facilita o emprego do helicóptero em um País grande como é o nosso. Isso é um diferencial que a aeronave tem”, destacou o Major Cursi, que possui mais de 2.500 horas de voo no H-34.

Nova aeronave - Agora o 3°/8° GAV vive um momento de mudança. O esquadrão substitui a antiga aeronave pelo helicóptero H-36 Caracal. Mais moderno, o H-36 tem o diferencial de cumprir também à noite as mesmas missões do H-34. O helicóptero possui, ainda, um sistema automático de controle de voo, o que confere mais possibilidades para a aeronave, como facilidade de navegação durante o mau tempo.

Segundo o Comandante do Esquadrão, Tenente-Coronel Eduardo Barrios, a periodicidade de manutenção da nova aeronave é mais espaçada, o que permite maior disponibilidade do H-36 Caracal. “Com isso, o H-36 está mais tempo disponível para atender a nossa sociedade em qualquer momento de calamidade pública ou de um acidente aéreo. Então, nós temos mais capacidade de dar uma maior pronta-resposta”, ressaltou.

Treinamento - Há dois anos, pilotos e mantenedores têm realizado treinamentos para realizar a transição para a nova aeronave. Os exercícios ocorrem em Belém (PA), onde está localizado o Esquadrão Falcão (que também opera o H-36 Caracal), na sede da Helibrás (fabricante da aeronave) - em Itajubá (MG), em Brasília (DF) e também no Rio de Janeiro.

No curso, o Tenente Ramatis Garcia aprendeu a parte teórica e prática do novo helicóptero. “Assim nós temos uma noção maior do que vai acontecer nessa nova fase. E em pouco tempo, todo o esquadrão vai estar operacional para conseguir fazer, por exemplo, uma missão noturna de resgate em alto mar”, destacou.

Veja no vídeo o helicóptero H-34 Super Puma em atuação na Chapada Diamantina e outras missões da FAB:
https://www.youtube.com/watch?v=6h3PWWlBE28

Imagem
Foto: Ten. Vidal/Esquadrão Puma

Imagem
Batismo das tripulações Foto: Ten. Vidal/Esquadrão Puma

Imagem
A frente os H-34 (8736 e 8738) e ao fundo o H-36 Foto: Ten. Vidal/Esquadrão Puma

http://www.fab.mil.br/noticias/mostra/2 ... %20no%20RJ


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB
MensagemEnviado: Sex Dez 11, 2015 7:53 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Seg Jan 08, 2007 5:22 pm
Mensagens: 9197
Localização: Brasília - DF, Brasil
Imagem

FAB receberá versão operacional do H-36 Caracal ainda em 2015

dez 7, 2015

Imagem
A versão operacional do H-36 incorpora sistemas que o habilita para cumprir variado leque de missões incluindo C-SAR (Imagem: Agência Força Aérea)

A Força Aérea Brasileira (FAB) irá receber seu primeiro helicóptero H-36 Caracal da versão operacional ainda em 2015. A entrega foi garantida na última quinta-feira (03) com a assinatura de um termo aditivo ao contrato de aquisição de helicópteros de médio porte firmado com o consórcio Airbus Helicopters/Helibras. O contrato, correspondente ao programa H-XBR, prevê a entrega de 50 unidades para as Forças Armadas.

O H-36 da versão operacional será o primeiro helicóptero da América Latina com sonda para ser reabastecido em pleno voo. Atualmente, essa capacidade está disponível no Brasil apenas para aviões de combate e possibilitará ampliar o raio de ação desse helicóptero em vários tipos de missões, como por exemplo, resgate de pessoas no mar e C-SAR (Combat-SAR).

Imagem
Helibras e COPAC assinam termo aditivo referente ao programa H-XBR (Imagem: Agência Força Aérea)

De acordo com o gerente do projeto na Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC), coronel Valter Borges Malta, as unidades da versão básica, que já são utilizadas pela Forças Armadas, têm obtido avaliações operacionais positivas. “Atende aos pré-requisitos elaborados pelos Estados-Maiores das três Forças”, explicou o militar.

O presidente da Helibras, Eduardo Marson Ferreira, ressaltou a importância do programa para o País. “A assinatura desse termo é uma vitória tanto para nós, que temos como objetivo maior o desenvolvimento das nossas capacidades, da cadeia de fornecedores no País e da indústria aeronáutica, como também para as Forças Armadas”, afirmou.

Os helicópteros da família H225 (designação da fabricante) são montados na sede da Helibras, em Itajubá (MG). Atualmente existem 19 unidades em serviço no Brasil: sete na Marinha do Brasil, cinco no Exército Brasileiro, cinco na FAB e dois servindo a Presidência da República. Os 31 helicópteros restantes serão entregues até 2022. Ainda neste ano, além da unidade operacional para a FAB, outras duas serão entregues para o Exército.

Além da sonda para reabastecimento em voo, a versão operacional da FAB conta com sensores, como o Radar Warning Receiver (RWR), Laser Warning System (LWS) e Missile Approach Warning System (MAWS), capazes de detectar a presença de radares e de mísseis inimigos. Também fazem parte do pacote sistemas de contramedidas eletrônicas, comunicação criptografada, câmera infravermelha, entre outros equipamentos.

Ivan Plavetz

http://tecnodefesa.com.br/fab-recebera- ... a-em-2015/


Voltar ao topo
 
 Título: Re: HELICÓPTEROS da FAB
MensagemEnviado: Sáb Dez 12, 2015 5:07 pm 
Offline
Sênior
Sênior
Avatar do usuário
 Perfil

Registrado em: Qui Nov 29, 2007 9:11 pm
Mensagens: 9903
Localização: Caxias do Sul - RS
Operacional ?????????????

:lol: :lol: :lol: :lol:

Vai ficar num galpão para talvez um dia ser usado....

Sds.


Voltar ao topo
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ Array ]  Ir para página Anterior  1 ... 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18  Próximo

Todos os horários são


Quem está online

Array


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
cron
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group  
Design By Poker Bandits  
Traduzido por: Suporte phpBB Brasil